Como vender um produto online? 7 dicas para o seu negócio

E-commerce

13 de setembro de 2022

O empreendedorismo digital tem atraído muitos profissionais em busca de lucratividade. No entanto, não é nada fácil vender um produto — ainda mais no mercado online que está cada vez mais concorrido.

Por isso, é essencial ter bastante planejamento e dedicação para escolher os canais e estratégias de vendas mais adequados para o seu negócio.

Ao longo deste conteúdo, vamos explicar como vender um produto online e compartilhar dicas importantes para você ter sucesso nessa jornada. Pegue o bloco de notas e vamos lá!

Como vender um produto online?

Existem diferentes tipos de canais onde é possível vender um produto na internet. Logo, é fundamental analisar as particularidades de cada um para escolher os mais estratégicos para os seus objetivos.

Conheça as principais possibilidades a seguir!

Loja virtual

Esse é o canal mais convencional para vender online. Trata-se de um e-commerce exclusivo para um varejista expor e vender produtos físicos diretamente para os consumidores.

Na prática, a loja virtual agrupa múltiplas páginas de produtos, sendo que o cliente pode adicionar quantidades variadas de diferentes itens no carrinho e finalizar a compra em um checkout que faz parte da infraestrutura do site.

Nesse modelo, a empresa fica responsável por estruturar o site e a operação do zero, além de investir nas estratégias de marketing e vendas para conquistar visibilidade no mercado e atrair clientes.

Página de vendas

A página de vendas é uma landing page utilizada principalmente para a venda de produtos digitais. Nessa página, é possível utilizar diferentes recursos visuais para expor as soluções de forma atrativa para os consumidores, de forma a levá-los à conversão.

A diferença para a loja virtual é que, para finalizar a compra em uma página de vendas, o cliente é direcionado para um checkout externo e monoproduto, onde ele pode adquirir um produto por vez.

Redes sociais

Além de ajudarem na divulgação das marcas, redes sociais como Instagram, Facebook e WhatsApp também são canais relevantes para vender produtos online.

Recentemente, as plataformas têm até mesmo lançado recursos voltados especificamente para impulsionar as vendas pelas redes sociais. Esse é o caso do Instagram Shopping e das lojas do Facebook.

Essas funcionalidades permitem criar uma vitrine virtual dentro dos aplicativos, direcionando o consumidor para a finalização da compra na loja virtual ou em um link de pagamento, por exemplo.

Marketplace

Os marketplaces são plataformas que oferecem uma infraestrutura pronta para os varejistas comercializarem seus produtos. Em troca, os lojistas geralmente pagam uma comissão pelas vendas realizadas no canal.

Os grandes marketplaces costumam ter bastante visibilidade no mercado, atraindo um alto volume de visitas diariamente. Porém, é a própria marca da plataforma que recebe a exposição, não a dos vendedores.

Saiba mais: Qual a diferença entre e-commerce e marketplace?

7 dicas para vender bem um produto

Após definir o que vender online e quais canais utilizar, o seu trabalho ainda não acabou. Há uma série de boas práticas que devem ser seguidas para conseguir vender bem seus produtos. Confira!

1. Trace o perfil do seu cliente

É preciso entender a fundo quem é o seu potencial cliente para saber como vender um produto para ele. Esse primeiro passo serve como base para todas as outras dicas que vamos apresentar.

Para isso, vale definir a persona do seu negócio, ou seja, o perfil do seu cliente ideal, com o detalhamento de todas as suas principais características, interesses, necessidades e dores.

Outra ferramenta útil é o mapa da empatia, que permite traçar, de forma visual e colaborativa, um perfil ainda mais detalhado e profundo dos sentimentos, desejos e pensamentos do consumidor.

2. Faça uma precificação estratégica

O preço de venda dos produtos é um fator que influencia diretamente a decisão de compra dos clientes. Logo, ele deve ser atrativo para o público — sem gerar prejuízos financeiros para a empresa, é claro.

Alguns aspectos que devem ser levados em consideração para manter os seus preços estratégicos são os custos de produção dos produtos, as despesas fixas operacionais, os impostos de vendas e a margem de lucro desejada.

Para facilitar o seu trabalho, utilize a nossa calculadora de preços online e gratuita clicando abaixo!


Acesse a calculadora de preços do Pagar.me!

3. Ofereça valor para o consumidor

A partir do estudo sobre o seu público-alvo, busque mostrar como os produtos vendidos atendem às suas necessidades e expectativas de compra. Afinal, é isso que realmente gera valor para o cliente.

Uma dica é focar nos benefícios e diferenciais das soluções, não só em suas características técnicas. Assim, o consumidor entende como o produto pode ajudá-lo na prática e como ele pode ser aplicado em seu dia a dia.

4. Invista em estratégias de Marketing Digital

Para que os consumidores conheçam os seus produtos e tenham a oportunidade de comprá-los, é necessário fazer um plano de divulgação.

Existem várias estratégias de Marketing Digital que podem te ajudar nisso, como:

  • produção de conteúdos nas redes sociais;
  • disparo de campanhas de e-mail marketing;
  • investimento em anúncios pagos de Google Ads e Facebook Ads;
  • criação de um blog para a marca;
  • parcerias com influenciadores digitais do segmento;
  • otimização do site para SEO (Search Engine Optimization).

5. Preste um atendimento de qualidade

Caso o cliente tenha qualquer dúvida ao longo da sua jornada de compra, você precisa ter uma operação de atendimento bem estruturada para ajudá-lo com eficiência e rapidez.

Um atendimento personalizado e consultivo pode ser determinante para o consumidor encontrar o produto mais adequado para atender às suas necessidades e tomar uma decisão de compra mais assertiva na sua loja.

6. Trabalhe a psicologia do consumidor

Outra estratégia eficaz para vender um produto online é trabalhar a psicologia do consumidor, buscando entender as motivações racionais e emocionais que influenciam a decisão de compra do cliente.

A partir desse entendimento, você pode implementar estratégias para facilitar os processos mentais do comprador.

Algumas dessas estratégias são promover uma conexão com o público, fazer uso de gatilhos mentais para vendas, acompanhar as tendências de consumo e criar narrativas em torno da marca por meio do storytelling.

7. Promova uma experiência de compra impecável

Para realmente garantir as suas vendas e evitar o abandono de carrinho, é indispensável proporcionar uma experiência de compra de qualidade para o cliente.

Isso inclui garantir um processo de pagamento seguro e prático. Ofereça as principais formas de pagamento para os consumidores, como cartão de crédito, Pix e boleto, e conte com um checkout transparente e seguro.

Também vale contar com recursos que facilitam ainda mais a vida do comprador, ajudando a aumentar as suas conversões. Esse é o caso do link de pagamento, da compra com um clique e do multimeios de pagamento, por exemplo.

Esperamos que tenha ficado claro como vender um produto com sucesso na internet. E, se você está em busca de uma plataforma de pagamento digital que oferece a melhor experiência para o consumidor final, o Pagar.me certamente é o seu parceiro ideal.

Cadastre-se já para vender mais com a nossa tecnologia ou entre em contato para receber uma proposta personalizada para as suas necessidades!


Cadastre-se no Pagar.me!

Compartilhe esse conteúdo

  • Logo Facebook colorido
  • Logo Linkedin colorido
  • Logo Twitter colorido
  • Logo Whatsapp Colorido

Você também vai gostar..

30, setembro, 2022

Como preparar sua loja virtual para a Black Friday? Checklist

Garantir o sucesso da sua loja virtual na Black Friday exige uma preparação de vários aspectos da operação. Veja nosso checklist para não deixar nada para trás!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

28, setembro, 2022

Sell in e sell out: o que são e quais as diferenças?

Sell in e sell out são importantes processos que compõem a cadeia de suprimentos. Entenda o conceito de cada um e como fazer a melhor gestão deles!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

27, setembro, 2022

Avaliação de produtos: por que e como incentivar no seu e-commerce?

A avaliação de produtos é um recurso que fornece uma prova social para os clientes, incentivando-o a fazer uma compra. Entenda como utilizá-la na sua loja!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

Como vender um produto online? 7 dicas para o seu negócio

E-commerce

13 de setembro de 2022

O empreendedorismo digital tem atraído muitos profissionais em busca de lucratividade. No entanto, não é nada fácil vender um produto — ainda mais no mercado online que está cada vez mais concorrido.

Por isso, é essencial ter bastante planejamento e dedicação para escolher os canais e estratégias de vendas mais adequados para o seu negócio.

Ao longo deste conteúdo, vamos explicar como vender um produto online e compartilhar dicas importantes para você ter sucesso nessa jornada. Pegue o bloco de notas e vamos lá!

Como vender um produto online?

Existem diferentes tipos de canais onde é possível vender um produto na internet. Logo, é fundamental analisar as particularidades de cada um para escolher os mais estratégicos para os seus objetivos.

Conheça as principais possibilidades a seguir!

Loja virtual

Esse é o canal mais convencional para vender online. Trata-se de um e-commerce exclusivo para um varejista expor e vender produtos físicos diretamente para os consumidores.

Na prática, a loja virtual agrupa múltiplas páginas de produtos, sendo que o cliente pode adicionar quantidades variadas de diferentes itens no carrinho e finalizar a compra em um checkout que faz parte da infraestrutura do site.

Nesse modelo, a empresa fica responsável por estruturar o site e a operação do zero, além de investir nas estratégias de marketing e vendas para conquistar visibilidade no mercado e atrair clientes.

Página de vendas

A página de vendas é uma landing page utilizada principalmente para a venda de produtos digitais. Nessa página, é possível utilizar diferentes recursos visuais para expor as soluções de forma atrativa para os consumidores, de forma a levá-los à conversão.

A diferença para a loja virtual é que, para finalizar a compra em uma página de vendas, o cliente é direcionado para um checkout externo e monoproduto, onde ele pode adquirir um produto por vez.

Redes sociais

Além de ajudarem na divulgação das marcas, redes sociais como Instagram, Facebook e WhatsApp também são canais relevantes para vender produtos online.

Recentemente, as plataformas têm até mesmo lançado recursos voltados especificamente para impulsionar as vendas pelas redes sociais. Esse é o caso do Instagram Shopping e das lojas do Facebook.

Essas funcionalidades permitem criar uma vitrine virtual dentro dos aplicativos, direcionando o consumidor para a finalização da compra na loja virtual ou em um link de pagamento, por exemplo.

Marketplace

Os marketplaces são plataformas que oferecem uma infraestrutura pronta para os varejistas comercializarem seus produtos. Em troca, os lojistas geralmente pagam uma comissão pelas vendas realizadas no canal.

Os grandes marketplaces costumam ter bastante visibilidade no mercado, atraindo um alto volume de visitas diariamente. Porém, é a própria marca da plataforma que recebe a exposição, não a dos vendedores.

Saiba mais: Qual a diferença entre e-commerce e marketplace?

7 dicas para vender bem um produto

Após definir o que vender online e quais canais utilizar, o seu trabalho ainda não acabou. Há uma série de boas práticas que devem ser seguidas para conseguir vender bem seus produtos. Confira!

1. Trace o perfil do seu cliente

É preciso entender a fundo quem é o seu potencial cliente para saber como vender um produto para ele. Esse primeiro passo serve como base para todas as outras dicas que vamos apresentar.

Para isso, vale definir a persona do seu negócio, ou seja, o perfil do seu cliente ideal, com o detalhamento de todas as suas principais características, interesses, necessidades e dores.

Outra ferramenta útil é o mapa da empatia, que permite traçar, de forma visual e colaborativa, um perfil ainda mais detalhado e profundo dos sentimentos, desejos e pensamentos do consumidor.

2. Faça uma precificação estratégica

O preço de venda dos produtos é um fator que influencia diretamente a decisão de compra dos clientes. Logo, ele deve ser atrativo para o público — sem gerar prejuízos financeiros para a empresa, é claro.

Alguns aspectos que devem ser levados em consideração para manter os seus preços estratégicos são os custos de produção dos produtos, as despesas fixas operacionais, os impostos de vendas e a margem de lucro desejada.

Para facilitar o seu trabalho, utilize a nossa calculadora de preços online e gratuita clicando abaixo!


Acesse a calculadora de preços do Pagar.me!

3. Ofereça valor para o consumidor

A partir do estudo sobre o seu público-alvo, busque mostrar como os produtos vendidos atendem às suas necessidades e expectativas de compra. Afinal, é isso que realmente gera valor para o cliente.

Uma dica é focar nos benefícios e diferenciais das soluções, não só em suas características técnicas. Assim, o consumidor entende como o produto pode ajudá-lo na prática e como ele pode ser aplicado em seu dia a dia.

4. Invista em estratégias de Marketing Digital

Para que os consumidores conheçam os seus produtos e tenham a oportunidade de comprá-los, é necessário fazer um plano de divulgação.

Existem várias estratégias de Marketing Digital que podem te ajudar nisso, como:

  • produção de conteúdos nas redes sociais;
  • disparo de campanhas de e-mail marketing;
  • investimento em anúncios pagos de Google Ads e Facebook Ads;
  • criação de um blog para a marca;
  • parcerias com influenciadores digitais do segmento;
  • otimização do site para SEO (Search Engine Optimization).

5. Preste um atendimento de qualidade

Caso o cliente tenha qualquer dúvida ao longo da sua jornada de compra, você precisa ter uma operação de atendimento bem estruturada para ajudá-lo com eficiência e rapidez.

Um atendimento personalizado e consultivo pode ser determinante para o consumidor encontrar o produto mais adequado para atender às suas necessidades e tomar uma decisão de compra mais assertiva na sua loja.

6. Trabalhe a psicologia do consumidor

Outra estratégia eficaz para vender um produto online é trabalhar a psicologia do consumidor, buscando entender as motivações racionais e emocionais que influenciam a decisão de compra do cliente.

A partir desse entendimento, você pode implementar estratégias para facilitar os processos mentais do comprador.

Algumas dessas estratégias são promover uma conexão com o público, fazer uso de gatilhos mentais para vendas, acompanhar as tendências de consumo e criar narrativas em torno da marca por meio do storytelling.

7. Promova uma experiência de compra impecável

Para realmente garantir as suas vendas e evitar o abandono de carrinho, é indispensável proporcionar uma experiência de compra de qualidade para o cliente.

Isso inclui garantir um processo de pagamento seguro e prático. Ofereça as principais formas de pagamento para os consumidores, como cartão de crédito, Pix e boleto, e conte com um checkout transparente e seguro.

Também vale contar com recursos que facilitam ainda mais a vida do comprador, ajudando a aumentar as suas conversões. Esse é o caso do link de pagamento, da compra com um clique e do multimeios de pagamento, por exemplo.

Esperamos que tenha ficado claro como vender um produto com sucesso na internet. E, se você está em busca de uma plataforma de pagamento digital que oferece a melhor experiência para o consumidor final, o Pagar.me certamente é o seu parceiro ideal.

Cadastre-se já para vender mais com a nossa tecnologia ou entre em contato para receber uma proposta personalizada para as suas necessidades!


Cadastre-se no Pagar.me!

Compartilhe esse conteúdo

  • Logo Facebook colorido
  • Logo Linkedin colorido
  • Logo Twitter colorido
  • Logo Whatsapp Colorido

Você também vai gostar..

30, setembro, 2022

Como preparar sua loja virtual para a Black Friday? Checklist

Garantir o sucesso da sua loja virtual na Black Friday exige uma preparação de vários aspectos da operação. Veja nosso checklist para não deixar nada para trás!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

28, setembro, 2022

Sell in e sell out: o que são e quais as diferenças?

Sell in e sell out são importantes processos que compõem a cadeia de suprimentos. Entenda o conceito de cada um e como fazer a melhor gestão deles!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

27, setembro, 2022

Avaliação de produtos: por que e como incentivar no seu e-commerce?

A avaliação de produtos é um recurso que fornece uma prova social para os clientes, incentivando-o a fazer uma compra. Entenda como utilizá-la na sua loja!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo