Como tirar fotos de produtos para sua loja virtual vender mais?

E-commerce

7 de maio de 2021 (atualizado em 30 de novembro de 2021)

Nas lojas físicas, os consumidores podem tocar, experimentar e analisar de perto os detalhes de cada produto. Já no e-commerce, isso não é possível.

Por esse motivo, as fotos de produtos, assim como as descrições das páginas, são extremamente importantes para apresentar e valorizar as mercadorias para os clientes.

87,9% dos consumidores não compram em um site que não oferece nenhuma imagem do produto, segundo uma pesquisa da Lett.

Logo, fotos de alta qualidade, que destaquem as características e os diferenciais dos itens, são um fator decisivo para conquistar os clientes e aumentar as conversões do seu negócio.

Para quem não tem os recursos necessários para contratar um fotógrafo profissional, pode parecer desafiador fazer esse processo por conta própria. No entanto, é possível fazer imagens excelentes com equipamentos básicos e, até mesmo, com o seu celular.

Aprenda a seguir como tirar fotos de produtos para sua loja virtual e montar uma vitrine online incrível!

A produção: como tirar fotos de produtos

1. Fotografe de diferentes ângulos

Segundo o mesmo levantamento da Lett, 43% dos consumidores já fizeram uma compra online e, quando o produto chegou, ele era diferente das imagens do site. Essa é uma situação que nenhum cliente merece passar, certo?

Por isso, fotografe de diferentes ângulos, para mostrar o máximo de detalhes e garantir que o usuário possa analisar bem o item antes de fazer o pedido.

A foto deve mostrar com fidelidade as dimensões, cores e outros aspectos da mercadoria. Coloque-se no lugar do consumidor e pense nas principais características que ele gostaria de ver.

Busque também ângulos que valorizem os diferenciais do produto, para encantar ainda mais o cliente. No caso de uma loja de roupas, por exemplo, é possível fazer close ups dos tecidos, para mostrar a textura e a qualidade das peças.

Exemplo: a Reserva disponibiliza uma variedade de imagens de cada peça para que o consumidor possa conhecer os detalhes do item antes de fazer a compra.


Fotos de modelo com roupas da Reserva

Fonte: site da Reserva


2. Produza imagens em alta resolução


Profissional tirando fotos em alta resolução

Ainda pensando em oferecer um retrato preciso das suas mercadorias, é importante tirar fotos em alta resolução.

Para isso, não é preciso necessariamente investir em um aparelho profissional — muitos smartphones atuais contam com uma câmera de alta qualidade.

Lembre-se, porém, de que arquivos muito grandes podem impactar a velocidade de carregamento do seu site, o que é prejudicial para a navegabilidade do usuário e para o SEO do e-commerce.

Portanto, siga as orientações da plataforma da sua loja virtual em relação aos melhores formatos e tamanhos das imagens.

3. Atente-se às fontes de luz

A iluminação é um fator essencial para garantir a qualidade das suas fotos. Por isso, tenha atenção às fontes de luz do ambiente.

A luz natural pode ser aproveitada para refletir com maior fidelidade as cores do produto. Para obter os melhores resultados, priorize fotografar nas primeiras horas do dia ou no início da tarde.

Quando não for possível usar a iluminação natural, o ideal é contar com duas fontes de luz branca, como softboxes. Atente-se à uniformidade da iluminação, para evitar a formação de sombras e assegurar que todos os detalhes do objeto estejam aparecendo.

4. Use um fundo infinito

O fundo infinito é aquele cenário branco, totalmente liso, que não mostra o horizonte. Ele é muito usado no e-commerce para destacar o produto, colocando-o no centro da imagem. Assim, a atenção do usuário é atraída completamente para o item, sem outras distrações.

Esse fundo pode ser feito de forma caseira, prendendo uma cartolina ou um tecido branco atrás do produto e criando uma leve curva, sem dobrar o material.


Sessão de fotos com fundo infinito

Exemplo de como pode ser feita uma sessão de fotos com fundo infinito. Fonte: iStock


5. Mantenha a estabilidade da câmera

Para evitar imagens tremidas, use um tripé para manter a estabilidade da câmera ao tirar as fotos dos produtos. Existem modelos bastante acessíveis, seja com apoio de chão, articulados ou, até mesmo, adaptados para celulares.

Para obter o máximo de nitidez, aposte também no uso do timer para tirar as fotos. Afinal, a mínima movimentação que você fizer ao apertar o botão da câmera pode borrar a imagem.

6. Tenha cuidado com o uso do flash

Fazer o uso direto do flash pode estourar a foto, alterando a cor e outros aspectos do produto. Além disso, pode criar sombras duras, ou seja, sombras fortes que escondem detalhes importantes do item, prejudicando a qualidade da imagem.

Dessa forma, se você precisar fazer uso do flash, é recomendável utilizar refletores, para manter a uniformidade da iluminação. Caso não possa investir nesse equipamento no momento, você pode utilizar placas de isopor ao lado do objeto para amenizar o efeito do flash e evitar as sombras.

7. Ofereça uma noção de escala

Mesmo informando as dimensões do produto no texto da descrição, pode ser difícil para o cliente ter uma noção do seu tamanho real.

Para ajudá-lo nisso, fotografe as mercadorias ao lado de algum objeto comum do dia a dia, para mostrar a sua escala. Assim, o consumidor conseguirá visualizar melhor o item, relacionando-o à sua realidade.

Se você vende cadernos de diferentes tamanhos, por exemplo, pode posicionar um lápis ao lado. Só tome cuidado para o objeto que utilizar para dar esse contexto não esconda os detalhes do produto principal.

Exemplo: a papelaria Ilustralle coloca seus produtos em contexto. Assim, consegue dar a noção de escala para o consumidor e humanizar seus itens, ao mostrar o seu uso.


Fotos dos produtos da papelaria Ilustralle

Fonte: site da Ilustralle


8. Humanize as imagens

Para gerar uma maior identificação com o consumidor e conquistá-lo, uma dica é humanizar as fotos, mostrando pessoas utilizando os itens — isso vale principalmente para o segmento de vestuário e acessórios.

No caso de uma loja que vende brincos, por exemplo, é interessante fotografar a peça na orelha de uma modelo. Dessa forma, o usuário terá uma noção melhor do tamanho e de como a peça ficaria em si mesmo, evitando frustrações quando o produto chegar.

Tome cuidado somente para que o destaque da foto seja o próprio objeto, não a pessoa. Para oferecer o máximo de informações para o cliente, você pode disponibilizar imagens tanto do item sozinho quanto dele sendo usado por um modelo.

Exemplo: a CL Joias disponibiliza em seu catálogo imagens da peça em uso, compondo looks, e também em um fundo neutro. Assim, o consumidor tem a opção de conhecer seus detalhes.


Fotos de produtos da CL Joias em uso

Fonte: site da CL Joias


9. Mostre a variedade de opções do produto

Para quem oferece uma variedade de opções de uma mesma mercadoria, é fundamental fotografar cada modelo. Se você vende uma mesma peça de roupa em diferentes cores, por exemplo, o consumidor deve poder ver imagens do item em todos os tons disponíveis.

Isso vai deixar a sua página de produto mais completa, dando mais segurança para o cliente fazer sua compra.

Exemplo: a loja Grão de Gente disponibiliza em seu catálogo fotos de todas as variedades de cores de cada peça e imagens em diversos ângulos, capturando cada detalhe.


Fotos da variedade de produtos da loja Grão de Gente

Fonte: site da Grão de Gente

Pós-produção: como gerar valor com as imagens no seu site

10. Faça a edição das fotos


Profissional fazendo a edição de fotos

Após tirar as fotos dos produtos, o seu trabalho ainda não acabou. Para obter a melhor qualidade, você deve fazer a seleção e o tratamento das imagens, ajustando o tamanho e fazendo a correção de cores que não tenham ficado tão fiéis ao real.

Contudo, não use filtros nem exagere na edição, ok? A ideia é retratar o item da forma mais precisa possível, para garantir a satisfação do cliente e evitar quebrar suas expectativas.

Existem diversas ferramentas, pagas e gratuitas, que podem te ajudar nesse processo. A mais conhecida é o Adobe Photoshop, e você pode aprender o básico para mexer no software por meio de tutoriais na internet.

11. Disponibilize a função zoom

Para mostrar para o consumidor a riqueza de detalhes do seu produto ou suas cores e texturas, é interessante disponibilizar a função zoom no catálogo de fotos dos seus produtos.

Esse recurso pode ser configurado diretamente na sua plataforma de e-commerce. Atente-se para ajustar os formatos e dimensões do zoom, para evitar distorções. Além disso, é imprescindível garantir a dica do tópico 2 para lançar mão dessa ferramenta.

Exemplo: a Loja Anselmi disponibiliza o recurso zoom. Assim, os clientes conseguem visualizar com facilidade as texturas, costuras e caimentos das peças.


Recurso zoom em foto de produto da Anselmi

Fonte: site da Anselmi


Extra: dicas para enriquecer a experiência do usuário

Sejamos sinceros, ter uma variedade de fotos de boa qualidade é o mínimo que você pode oferecer para o cliente embasar a sua decisão de compra. Mas as possibilidades ainda são diversas!

Se você quer tornar a experiência do seu potencial cliente realmente incrível, deve investir em outros recursos. Veja a seguir dois exemplos que pode explorar.

Infográficos

A descrição dos produtos é essencial para complementar as informações das imagens de uma maneira cativante. No entanto, alguns detalhes dos produtos podem não ter o destaque devido apenas com esse conjunto de foto e texto.

Nesse sentido, os infográficos vêm sendo muito utilizados para enriquecer a página das mercadorias, combinando perfeitamente texto e imagem. Com formato diferenciado, esse recurso visual consegue dar destaque para as informações mais importantes. Além de ser educativo, contribui para o consumidor tomar a sua decisão.

Existem sites gratuitos onde você consegue fazer esse tipo de peça de forma simples e intuitiva, como o Canva ou a Venngage.

Exemplo: a Fast Shop faz uso desse formato de material, disponibilizado pelas próprias marcas de eletrônicos, para enriquecer o catálogo de cada produto.


Uso de infográfico em página de produto da Fast Shop

Fonte: site da Fast Shop


Vídeo

Os vídeos são um recurso já muito popularizado no ambiente digital. No catálogo do e-commerce, o conteúdo audiovisual tem o poder de passar mais informações para o cliente, colocar as peças em contexto, humanizá-las ou mostrar o uso do item em um review.

Saiba mais sobre o assunto no artigo: Como fazer vídeos de produtos para a sua loja virtual?

Exemplo: a empresa Caffeine Army usou o recurso de vídeo em seu site para o lançamento de um novo produto, mostrando as motivações da sua criação e a sua vantagem, nesse caso, o produto em uma embalagem maior, que garante um custo-benefício melhor para o cliente.


Uso de vídeo em página de produto da Caffeine Army

Fonte: site da Caffeine Army


E aí, gostou das nossas dicas para tirar fotos de produtos para a sua loja virtual? Agora é hora de colocar a mão na massa e oferecer imagens de qualidade para os seus consumidores. Isso certamente vai se refletir nas conversões do seu e-commerce.

Continue no nosso blog e aprenda como criar uma página de produto perfeita na sua loja virtual.

Compartilhe esse conteúdo

  • Logo Facebook colorido
  • Logo Linkedin colorido
  • Logo Twitter colorido
  • Logo Whatsapp Colorido

Você também vai gostar..

17, janeiro, 2022

Como anunciar no Instagram Ads: passo a passo para sua loja

Confira nosso guia completo de como anunciar no Instagram Ads e aprenda a aumentar o alcance do seu negócio com essa ferramenta!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

14, janeiro, 2022

O que vender na internet? Confira 10 ideias para 2022

Quer empreender no mundo online, mas ainda não sabe o que vender na internet? Reunimos os principais dados e tendências do mercado para você se inspirar.

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

13, janeiro, 2022

Funil de vendas para e-commerce: saiba como fazer!

As empresas que estão voltadas para garantir a presença no ambiente virtual precisam entender a importância do funil de vendas para e-commerce. Confira!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

Como tirar fotos de produtos para sua loja virtual vender mais?

E-commerce

7 de maio de 2021 (atualizado em 30 de novembro de 2021)

Nas lojas físicas, os consumidores podem tocar, experimentar e analisar de perto os detalhes de cada produto. Já no e-commerce, isso não é possível.

Por esse motivo, as fotos de produtos, assim como as descrições das páginas, são extremamente importantes para apresentar e valorizar as mercadorias para os clientes.

87,9% dos consumidores não compram em um site que não oferece nenhuma imagem do produto, segundo uma pesquisa da Lett.

Logo, fotos de alta qualidade, que destaquem as características e os diferenciais dos itens, são um fator decisivo para conquistar os clientes e aumentar as conversões do seu negócio.

Para quem não tem os recursos necessários para contratar um fotógrafo profissional, pode parecer desafiador fazer esse processo por conta própria. No entanto, é possível fazer imagens excelentes com equipamentos básicos e, até mesmo, com o seu celular.

Aprenda a seguir como tirar fotos de produtos para sua loja virtual e montar uma vitrine online incrível!

A produção: como tirar fotos de produtos

1. Fotografe de diferentes ângulos

Segundo o mesmo levantamento da Lett, 43% dos consumidores já fizeram uma compra online e, quando o produto chegou, ele era diferente das imagens do site. Essa é uma situação que nenhum cliente merece passar, certo?

Por isso, fotografe de diferentes ângulos, para mostrar o máximo de detalhes e garantir que o usuário possa analisar bem o item antes de fazer o pedido.

A foto deve mostrar com fidelidade as dimensões, cores e outros aspectos da mercadoria. Coloque-se no lugar do consumidor e pense nas principais características que ele gostaria de ver.

Busque também ângulos que valorizem os diferenciais do produto, para encantar ainda mais o cliente. No caso de uma loja de roupas, por exemplo, é possível fazer close ups dos tecidos, para mostrar a textura e a qualidade das peças.

Exemplo: a Reserva disponibiliza uma variedade de imagens de cada peça para que o consumidor possa conhecer os detalhes do item antes de fazer a compra.


Fotos de modelo com roupas da Reserva

Fonte: site da Reserva


2. Produza imagens em alta resolução


Profissional tirando fotos em alta resolução

Ainda pensando em oferecer um retrato preciso das suas mercadorias, é importante tirar fotos em alta resolução.

Para isso, não é preciso necessariamente investir em um aparelho profissional — muitos smartphones atuais contam com uma câmera de alta qualidade.

Lembre-se, porém, de que arquivos muito grandes podem impactar a velocidade de carregamento do seu site, o que é prejudicial para a navegabilidade do usuário e para o SEO do e-commerce.

Portanto, siga as orientações da plataforma da sua loja virtual em relação aos melhores formatos e tamanhos das imagens.

3. Atente-se às fontes de luz

A iluminação é um fator essencial para garantir a qualidade das suas fotos. Por isso, tenha atenção às fontes de luz do ambiente.

A luz natural pode ser aproveitada para refletir com maior fidelidade as cores do produto. Para obter os melhores resultados, priorize fotografar nas primeiras horas do dia ou no início da tarde.

Quando não for possível usar a iluminação natural, o ideal é contar com duas fontes de luz branca, como softboxes. Atente-se à uniformidade da iluminação, para evitar a formação de sombras e assegurar que todos os detalhes do objeto estejam aparecendo.

4. Use um fundo infinito

O fundo infinito é aquele cenário branco, totalmente liso, que não mostra o horizonte. Ele é muito usado no e-commerce para destacar o produto, colocando-o no centro da imagem. Assim, a atenção do usuário é atraída completamente para o item, sem outras distrações.

Esse fundo pode ser feito de forma caseira, prendendo uma cartolina ou um tecido branco atrás do produto e criando uma leve curva, sem dobrar o material.


Sessão de fotos com fundo infinito

Exemplo de como pode ser feita uma sessão de fotos com fundo infinito. Fonte: iStock


5. Mantenha a estabilidade da câmera

Para evitar imagens tremidas, use um tripé para manter a estabilidade da câmera ao tirar as fotos dos produtos. Existem modelos bastante acessíveis, seja com apoio de chão, articulados ou, até mesmo, adaptados para celulares.

Para obter o máximo de nitidez, aposte também no uso do timer para tirar as fotos. Afinal, a mínima movimentação que você fizer ao apertar o botão da câmera pode borrar a imagem.

6. Tenha cuidado com o uso do flash

Fazer o uso direto do flash pode estourar a foto, alterando a cor e outros aspectos do produto. Além disso, pode criar sombras duras, ou seja, sombras fortes que escondem detalhes importantes do item, prejudicando a qualidade da imagem.

Dessa forma, se você precisar fazer uso do flash, é recomendável utilizar refletores, para manter a uniformidade da iluminação. Caso não possa investir nesse equipamento no momento, você pode utilizar placas de isopor ao lado do objeto para amenizar o efeito do flash e evitar as sombras.

7. Ofereça uma noção de escala

Mesmo informando as dimensões do produto no texto da descrição, pode ser difícil para o cliente ter uma noção do seu tamanho real.

Para ajudá-lo nisso, fotografe as mercadorias ao lado de algum objeto comum do dia a dia, para mostrar a sua escala. Assim, o consumidor conseguirá visualizar melhor o item, relacionando-o à sua realidade.

Se você vende cadernos de diferentes tamanhos, por exemplo, pode posicionar um lápis ao lado. Só tome cuidado para o objeto que utilizar para dar esse contexto não esconda os detalhes do produto principal.

Exemplo: a papelaria Ilustralle coloca seus produtos em contexto. Assim, consegue dar a noção de escala para o consumidor e humanizar seus itens, ao mostrar o seu uso.


Fotos dos produtos da papelaria Ilustralle

Fonte: site da Ilustralle


8. Humanize as imagens

Para gerar uma maior identificação com o consumidor e conquistá-lo, uma dica é humanizar as fotos, mostrando pessoas utilizando os itens — isso vale principalmente para o segmento de vestuário e acessórios.

No caso de uma loja que vende brincos, por exemplo, é interessante fotografar a peça na orelha de uma modelo. Dessa forma, o usuário terá uma noção melhor do tamanho e de como a peça ficaria em si mesmo, evitando frustrações quando o produto chegar.

Tome cuidado somente para que o destaque da foto seja o próprio objeto, não a pessoa. Para oferecer o máximo de informações para o cliente, você pode disponibilizar imagens tanto do item sozinho quanto dele sendo usado por um modelo.

Exemplo: a CL Joias disponibiliza em seu catálogo imagens da peça em uso, compondo looks, e também em um fundo neutro. Assim, o consumidor tem a opção de conhecer seus detalhes.


Fotos de produtos da CL Joias em uso

Fonte: site da CL Joias


9. Mostre a variedade de opções do produto

Para quem oferece uma variedade de opções de uma mesma mercadoria, é fundamental fotografar cada modelo. Se você vende uma mesma peça de roupa em diferentes cores, por exemplo, o consumidor deve poder ver imagens do item em todos os tons disponíveis.

Isso vai deixar a sua página de produto mais completa, dando mais segurança para o cliente fazer sua compra.

Exemplo: a loja Grão de Gente disponibiliza em seu catálogo fotos de todas as variedades de cores de cada peça e imagens em diversos ângulos, capturando cada detalhe.


Fotos da variedade de produtos da loja Grão de Gente

Fonte: site da Grão de Gente

Pós-produção: como gerar valor com as imagens no seu site

10. Faça a edição das fotos


Profissional fazendo a edição de fotos

Após tirar as fotos dos produtos, o seu trabalho ainda não acabou. Para obter a melhor qualidade, você deve fazer a seleção e o tratamento das imagens, ajustando o tamanho e fazendo a correção de cores que não tenham ficado tão fiéis ao real.

Contudo, não use filtros nem exagere na edição, ok? A ideia é retratar o item da forma mais precisa possível, para garantir a satisfação do cliente e evitar quebrar suas expectativas.

Existem diversas ferramentas, pagas e gratuitas, que podem te ajudar nesse processo. A mais conhecida é o Adobe Photoshop, e você pode aprender o básico para mexer no software por meio de tutoriais na internet.

11. Disponibilize a função zoom

Para mostrar para o consumidor a riqueza de detalhes do seu produto ou suas cores e texturas, é interessante disponibilizar a função zoom no catálogo de fotos dos seus produtos.

Esse recurso pode ser configurado diretamente na sua plataforma de e-commerce. Atente-se para ajustar os formatos e dimensões do zoom, para evitar distorções. Além disso, é imprescindível garantir a dica do tópico 2 para lançar mão dessa ferramenta.

Exemplo: a Loja Anselmi disponibiliza o recurso zoom. Assim, os clientes conseguem visualizar com facilidade as texturas, costuras e caimentos das peças.


Recurso zoom em foto de produto da Anselmi

Fonte: site da Anselmi


Extra: dicas para enriquecer a experiência do usuário

Sejamos sinceros, ter uma variedade de fotos de boa qualidade é o mínimo que você pode oferecer para o cliente embasar a sua decisão de compra. Mas as possibilidades ainda são diversas!

Se você quer tornar a experiência do seu potencial cliente realmente incrível, deve investir em outros recursos. Veja a seguir dois exemplos que pode explorar.

Infográficos

A descrição dos produtos é essencial para complementar as informações das imagens de uma maneira cativante. No entanto, alguns detalhes dos produtos podem não ter o destaque devido apenas com esse conjunto de foto e texto.

Nesse sentido, os infográficos vêm sendo muito utilizados para enriquecer a página das mercadorias, combinando perfeitamente texto e imagem. Com formato diferenciado, esse recurso visual consegue dar destaque para as informações mais importantes. Além de ser educativo, contribui para o consumidor tomar a sua decisão.

Existem sites gratuitos onde você consegue fazer esse tipo de peça de forma simples e intuitiva, como o Canva ou a Venngage.

Exemplo: a Fast Shop faz uso desse formato de material, disponibilizado pelas próprias marcas de eletrônicos, para enriquecer o catálogo de cada produto.


Uso de infográfico em página de produto da Fast Shop

Fonte: site da Fast Shop


Vídeo

Os vídeos são um recurso já muito popularizado no ambiente digital. No catálogo do e-commerce, o conteúdo audiovisual tem o poder de passar mais informações para o cliente, colocar as peças em contexto, humanizá-las ou mostrar o uso do item em um review.

Saiba mais sobre o assunto no artigo: Como fazer vídeos de produtos para a sua loja virtual?

Exemplo: a empresa Caffeine Army usou o recurso de vídeo em seu site para o lançamento de um novo produto, mostrando as motivações da sua criação e a sua vantagem, nesse caso, o produto em uma embalagem maior, que garante um custo-benefício melhor para o cliente.


Uso de vídeo em página de produto da Caffeine Army

Fonte: site da Caffeine Army


E aí, gostou das nossas dicas para tirar fotos de produtos para a sua loja virtual? Agora é hora de colocar a mão na massa e oferecer imagens de qualidade para os seus consumidores. Isso certamente vai se refletir nas conversões do seu e-commerce.

Continue no nosso blog e aprenda como criar uma página de produto perfeita na sua loja virtual.

Compartilhe esse conteúdo

  • Logo Facebook colorido
  • Logo Linkedin colorido
  • Logo Twitter colorido
  • Logo Whatsapp Colorido

Você também vai gostar..

17, janeiro, 2022

Como anunciar no Instagram Ads: passo a passo para sua loja

Confira nosso guia completo de como anunciar no Instagram Ads e aprenda a aumentar o alcance do seu negócio com essa ferramenta!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

14, janeiro, 2022

O que vender na internet? Confira 10 ideias para 2022

Quer empreender no mundo online, mas ainda não sabe o que vender na internet? Reunimos os principais dados e tendências do mercado para você se inspirar.

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

13, janeiro, 2022

Funil de vendas para e-commerce: saiba como fazer!

As empresas que estão voltadas para garantir a presença no ambiente virtual precisam entender a importância do funil de vendas para e-commerce. Confira!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo