O que é nicho de mercado e como definir o do seu negócio?

E-commerce

7 de janeiro de 2022

À primeira vista, pode parecer estratégico atacar diversos mercados e públicos para alavancar o seu negócio. Mas você sabia que é fundamental encontrar o nicho de mercado certo para alcançar o sucesso?

Para quem está começando sua jornada empreendedora, definir o nicho de mercado é um passo primordial para centralizar os seus esforços iniciais e construir as estratégias mais adequadas para deslanchar a empresa.

E, se você já é mais experiente e acha que não precisa se preocupar com isso, saiba que está cometendo um grande erro! Afinal, acompanhar as tendências e encontrar novas áreas de atuação pode ser determinante para expandir o seu empreendimento.

Continue conosco que, neste conteúdo, vamos explicar o que é nicho de mercado e o passo a passo para você definir o do seu negócio!

O que é nicho de mercado?

Nicho de mercado é uma segmentação de um mercado mais amplo. Trata-se de uma fatia de um setor mais generalizado, que é pouco explorada e apresenta necessidades, demandas e interesses específicos.

Definir um nicho de mercado permite posicionar a sua marca como uma autoridade, especializada em atender às dores de um grupo de consumidores selecionado.

Dessa forma, investir em um nicho pode ser uma excelente oportunidade para suprir uma demanda que não está sendo atendida pelos negócios mais abrangentes e colocar-se como uma referência no mercado.

Exemplos de nicho de mercado

Para ficar mais claro o conceito de nicho de mercado, imagine que você quer começar a empreender no setor de cosméticos. Esse é um mercado extremamente amplo e com diversos tipos de produtos e públicos, certo?

Ao invés de buscar atender a todos esses consumidores e ter que competir com diversos concorrentes já consolidados no mercado, você pode investir em um nicho, como:

  • maquiagem especializada para a pele negra;
  • cosméticos hipoalergênicos;
  • produtos de cabelo veganos para cabelos cacheados.

Ou seja, você atinge um público mais selecionado, com dores e interesses específicos, que não estão sendo atendidos por outras empresas no mercado.

Quais são os tipos de nichos de mercado?

Existem quatro formas de fazer a segmentação do público-consumidor para encontrar um nicho de mercado. Conheça a seguir!

Segmentação geográfica

Esse tipo de segmentação considera a localização dos clientes atendidos pelo negócio. Afinal, consumidores de diferentes regiões apresentam costumes, necessidades e preferências distintas.

A segmentação pode ser mais ou menos específica, levando em conta o continente, o país, a região, o estado e, até mesmo, o bairro.

Um exemplo de nicho de mercado segmentado geograficamente seria uma loja de artigos femininos na zona norte de São Paulo.

Segmentação demográfica

Nesse tipo de nicho de mercado, a segmentação é realizada a partir das características demográficas dos consumidores, como gênero, faixa etária, grau de escolaridade, religião, ocupação e renda.

Esses são fatores que influenciam diretamente nos comportamentos de compra e necessidades das pessoas, sendo essenciais na construção do público-alvo de uma marca.

Para ilustrar um nicho de mercado desse tipo, imagine um plano de academia somente para mulheres ou um lanche exclusivo para crianças, por exemplo.

Segmentação psicográfica

Aqui, são considerados critérios como o estilo de vida, a personalidade e os valores do público para segmentar o nicho de mercado.

Uma empresa de marmitas sem glúten e uma marca de cosméticos cruelty-free são exemplos desse tipo de segmentação baseada nas características pessoais dos consumidores.

Segmentação comportamental

Como o próprio nome sugere, a segmentação comportamental leva em conta os hábitos e comportamentos de consumo para a definição do nicho de mercado.

Algumas perguntas que você deve se fazer nessa segmentação são: o que os clientes consomem? Com qual frequência eles consomem esse produto ou serviço? Quais são os benefícios que eles buscam em uma solução?

Uma loja de artigos esportivos profissionais, por exemplo, é um negócio voltado, especificamente, para atletas que precisam de equipamentos para treinar e competir.

Por que definir um nicho de mercado?

Como já mencionamos, tentar atacar um mercado muito amplo pode ser extremamente difícil e competitivo. Por isso, trabalhar em um nicho de mercado é tão estratégico.

Ao direcionar as suas soluções para resolver os problemas de um público específico e pouco explorado, há muito mais chances de conquistar os clientes, construir a autoridade da sua marca e garantir as suas vendas.

Com isso, é possível obter as seguintes vantagens para o seu negócio.

Menor concorrência

Os nichos de mercado geralmente são áreas de atuação pouco ou nada exploradas. Isso significa que eles apresentam um volume menor de concorrentes e, consequentemente, é mais fácil para o seu negócio se destacar e atrair clientes.

Público mais qualificado

Ao suprir a demanda de um público específico, que não está sendo bem atendido no mercado, você consegue atingi-lo e engajá-lo mais facilmente.

Além disso, como se trata de consumidores que já estão buscando uma solução para sanar o seu problema, eles têm mais chances de conversão.

Maior possibilidade de lucro

Os consumidores veem mais valor agregado em soluções criadas especialmente para atender às suas necessidades. Por consequência, eles são dispostos a pagar mais por elas, gerando mais receita para o seu negócio.

Construção de autoridade

Ao especializar o seu negócio em atender a uma determinada dor do público, você constrói a autoridade da marca nesse nicho. Com isso, os consumidores veem o seu negócio como uma referência no assunto e você consegue se diferenciar no mercado.

Definição de estratégias mais eficazes

Conhecendo profundamente o seu nicho de mercado e o seu público-consumidor, é possível investir em estratégias de vendas e marketing mais assertivas para atingi-lo. Isso ajuda a otimizar os seus recursos e maximizar os seus resultados.

Como escolher o seu nicho de mercado?

Ainda não sabe por onde começar para encontrar o seu nicho de mercado? Separamos os passos essenciais para facilitar a sua jornada.

1. Defina um mercado de atuação

Antes de fazer a segmentação do seu nicho de mercado, é preciso dar um passo para trás e fazer uma definição mais ampla: a escolha do setor de atuação do seu negócio.

Um ponto muito importante é selecionar um mercado pelo qual você tem interesse e que te motivará a alcançar resultados cada vez melhores. Isso é imprescindível para qualquer empreendedor conquistar o sucesso.

É claro que também é recomendável pesquisar sobre o segmento e as tendências de mercado antes de tomar essa decisão.

Mas investir em uma área somente porque ela está em alta pode se tornar uma tarefa muito desafiadora a longo prazo, se você não tiver uma verdadeira motivação para trabalhar nesse mercado.

2. Avalie os seus conhecimentos na área

Após identificar a área de atuação pela qual você tem um interesse genuíno, não deixe de avaliar os seus conhecimentos no setor. Afinal, você deve dominar o seu nicho de mercado para, de fato, se tornar uma autoridade no assunto.

Se você ainda não tiver tantos conhecimentos, estude bastante antes de seguir em frente com o seu negócio.

Ao entender profundamente o universo do seu mercado, você conseguirá oferecer soluções que sejam realmente valiosas para os consumidores.

3. Identifique uma dor a ser solucionada

A partir do conhecimento da sua área de atuação, é hora de definir os grupos de consumidores desse mercado e identificar um problema em comum desse público que você pretende solucionar com o seu negócio.

O ideal é encontrar uma dor que ainda não está sendo amplamente atendida pelo mercado. Você pode fazer isso por meio de pesquisas no Google e em fóruns de discussão, buscando as principais dúvidas e feedbacks dos clientes do setor.

Essa etapa já fornecerá uma noção básica do seu nicho de mercado e do que você deve oferecer para suprir a necessidade do público com eficiência.

Lembrando que a sua solução não precisa ser nada complexo demais. O mais importante é que o seu produto ou serviço atenda à dor em comum dos seus potenciais clientes.

4. Estude o mercado e as tendências de consumo

A esta altura, você já identificou o público-alvo do seu nicho e a dor que o seu negócio pretende resolver. Agora é hora de analisar se a sua solução, de fato, terá demanda no mercado.

Será que os consumidores realmente comprariam o seu produto ou contratariam o seu serviço? Essa é uma pergunta muito importante para um empreendimento.

Portanto, estude a fundo o mercado, entenda os comportamentos e as tendências de consumo e faça pesquisas com o seu público em potencial. Dessa forma, você poderá se basear em dados reais para verificar a viabilidade do negócio.

5. Analise os concorrentes

Antes de entrar em um nicho de mercado, é fundamental identificar a concorrência já existente e analisá-la profundamente.

Entre no site e nas redes sociais de cada empresa, verifique os comentários e avaliações dos clientes e entenda as forças e fraquezas das suas soluções.

Assim, você poderá identificar os diferenciais competitivos do seu próprio negócio e descobrir como se destacar no mercado.

Bônus: ferramentas gratuitas para encontrar o seu nicho de mercado

Nos últimos tópicos, mencionamos a importância de estudar o mercado e fazer pesquisas sobre as necessidades e comportamentos dos consumidores. Se você não sabe como realizar essa etapa, existem várias ferramentas que podem te ajudar.

A seguir, listamos os principais recursos gratuitos que você pode utilizar para fazer suas pesquisas e identificar oportunidades de nichos de mercado.

Google

Você sabia que pode usar o próprio Google para descobrir interesses e necessidades do público? As sugestões de busca dessa ferramenta são uma excelente fonte de insights!

É só pesquisar palavras-chave relacionadas à sua solução ou ao seu setor de atuação, e o recurso completará a pesquisa com os termos que os usuários mais buscam no Google.

Keyword Planner

O Keyword Planner é uma ferramenta mais avançada do Google que pode ser utilizada para conferir os volumes de pesquisa de palavras-chave consultadas pelas pessoas no mecanismo de busca.

Ele também apresenta sugestões de expressões e termos semelhantes aos pesquisados, podendo oferecer outras ideias e possibilidades sobre o seu nicho de mercado.

Google Trends

Esse é outro recurso gratuito do Google que você pode explorar para identificar as tendências do mercado.

A ferramenta apresenta os termos que estão sendo mais buscados no momento e ainda mostra a evolução das palavras-chave ao longo do tempo. Com isso, você pode entender os interesses do público, segmentados por localização.

Redes sociais

As redes sociais também podem ser bastante úteis para as suas pesquisas. Acompanhar comentários e discussões em grupos do Facebook relacionados ao seu mercado, por exemplo, pode render insights valiosos sobre as dores e interesses do público.

No mesmo sentido, vale seguir perfis do Instagram que abordem temas similares, incluindo marcas concorrentes, e monitorar as interações dos usuários por lá.

Quora

O Quora é uma plataforma onde pessoas de todo o mundo podem fazer perguntas e compartilhar conhecimentos sobre temas do seu interesse. Nem é preciso dizer que essa pode ser uma ótima fonte de informações sobre o seu setor, certo?

Em conclusão, encontrar o seu nicho de mercado pode ser um processo desafiador, mas ele certamente vale a pena.

Com uma segmentação bem feita, você pode otimizar os investimentos da empresa, direcionar melhor as suas estratégias, construir a autoridade da marca no mercado e, claro, maximizar os seus lucros.

Esperamos que tenha ficado claro o que é nicho de mercado e como definir o seu. Nossas dicas valem tanto para negócios físicos quanto online.

Mas, se você estiver explorando o mundo do empreendedorismo digital, não deixe de baixar nosso e-book gratuito: Guia definitivo de como montar um e-commerce!


Baixe o Guia definitivo de como montar um e-commerce!

Compartilhe esse conteúdo

  • Logo Facebook colorido
  • Logo Linkedin colorido
  • Logo Twitter colorido
  • Logo Whatsapp Colorido

Você também vai gostar..

05, dezembro, 2022

8 estratégias para disparar suas vendas de Natal (2022)

Quer potencializar as vendas de Natal da sua loja? Confira as principais tendências de consumo e estratégias para lucrar na data este ano.

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

01, dezembro, 2022

Venda casada: o que é e o que diz a lei sobre essa prática?

Confira o que é venda casada, por que essa prática é considerada um crime pela legislação e como evitá-la no seu negócio.

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

30, novembro, 2022

Unboxing: o que é e como investir nessa estratégia?

Você sabe o que é unboxing? Saiba mais sobre esse processo de desempacotar uma compra e como aproveitar essa tendência na sua loja!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

O que é nicho de mercado e como definir o do seu negócio?

E-commerce

7 de janeiro de 2022

À primeira vista, pode parecer estratégico atacar diversos mercados e públicos para alavancar o seu negócio. Mas você sabia que é fundamental encontrar o nicho de mercado certo para alcançar o sucesso?

Para quem está começando sua jornada empreendedora, definir o nicho de mercado é um passo primordial para centralizar os seus esforços iniciais e construir as estratégias mais adequadas para deslanchar a empresa.

E, se você já é mais experiente e acha que não precisa se preocupar com isso, saiba que está cometendo um grande erro! Afinal, acompanhar as tendências e encontrar novas áreas de atuação pode ser determinante para expandir o seu empreendimento.

Continue conosco que, neste conteúdo, vamos explicar o que é nicho de mercado e o passo a passo para você definir o do seu negócio!

O que é nicho de mercado?

Nicho de mercado é uma segmentação de um mercado mais amplo. Trata-se de uma fatia de um setor mais generalizado, que é pouco explorada e apresenta necessidades, demandas e interesses específicos.

Definir um nicho de mercado permite posicionar a sua marca como uma autoridade, especializada em atender às dores de um grupo de consumidores selecionado.

Dessa forma, investir em um nicho pode ser uma excelente oportunidade para suprir uma demanda que não está sendo atendida pelos negócios mais abrangentes e colocar-se como uma referência no mercado.

Exemplos de nicho de mercado

Para ficar mais claro o conceito de nicho de mercado, imagine que você quer começar a empreender no setor de cosméticos. Esse é um mercado extremamente amplo e com diversos tipos de produtos e públicos, certo?

Ao invés de buscar atender a todos esses consumidores e ter que competir com diversos concorrentes já consolidados no mercado, você pode investir em um nicho, como:

  • maquiagem especializada para a pele negra;
  • cosméticos hipoalergênicos;
  • produtos de cabelo veganos para cabelos cacheados.

Ou seja, você atinge um público mais selecionado, com dores e interesses específicos, que não estão sendo atendidos por outras empresas no mercado.

Quais são os tipos de nichos de mercado?

Existem quatro formas de fazer a segmentação do público-consumidor para encontrar um nicho de mercado. Conheça a seguir!

Segmentação geográfica

Esse tipo de segmentação considera a localização dos clientes atendidos pelo negócio. Afinal, consumidores de diferentes regiões apresentam costumes, necessidades e preferências distintas.

A segmentação pode ser mais ou menos específica, levando em conta o continente, o país, a região, o estado e, até mesmo, o bairro.

Um exemplo de nicho de mercado segmentado geograficamente seria uma loja de artigos femininos na zona norte de São Paulo.

Segmentação demográfica

Nesse tipo de nicho de mercado, a segmentação é realizada a partir das características demográficas dos consumidores, como gênero, faixa etária, grau de escolaridade, religião, ocupação e renda.

Esses são fatores que influenciam diretamente nos comportamentos de compra e necessidades das pessoas, sendo essenciais na construção do público-alvo de uma marca.

Para ilustrar um nicho de mercado desse tipo, imagine um plano de academia somente para mulheres ou um lanche exclusivo para crianças, por exemplo.

Segmentação psicográfica

Aqui, são considerados critérios como o estilo de vida, a personalidade e os valores do público para segmentar o nicho de mercado.

Uma empresa de marmitas sem glúten e uma marca de cosméticos cruelty-free são exemplos desse tipo de segmentação baseada nas características pessoais dos consumidores.

Segmentação comportamental

Como o próprio nome sugere, a segmentação comportamental leva em conta os hábitos e comportamentos de consumo para a definição do nicho de mercado.

Algumas perguntas que você deve se fazer nessa segmentação são: o que os clientes consomem? Com qual frequência eles consomem esse produto ou serviço? Quais são os benefícios que eles buscam em uma solução?

Uma loja de artigos esportivos profissionais, por exemplo, é um negócio voltado, especificamente, para atletas que precisam de equipamentos para treinar e competir.

Por que definir um nicho de mercado?

Como já mencionamos, tentar atacar um mercado muito amplo pode ser extremamente difícil e competitivo. Por isso, trabalhar em um nicho de mercado é tão estratégico.

Ao direcionar as suas soluções para resolver os problemas de um público específico e pouco explorado, há muito mais chances de conquistar os clientes, construir a autoridade da sua marca e garantir as suas vendas.

Com isso, é possível obter as seguintes vantagens para o seu negócio.

Menor concorrência

Os nichos de mercado geralmente são áreas de atuação pouco ou nada exploradas. Isso significa que eles apresentam um volume menor de concorrentes e, consequentemente, é mais fácil para o seu negócio se destacar e atrair clientes.

Público mais qualificado

Ao suprir a demanda de um público específico, que não está sendo bem atendido no mercado, você consegue atingi-lo e engajá-lo mais facilmente.

Além disso, como se trata de consumidores que já estão buscando uma solução para sanar o seu problema, eles têm mais chances de conversão.

Maior possibilidade de lucro

Os consumidores veem mais valor agregado em soluções criadas especialmente para atender às suas necessidades. Por consequência, eles são dispostos a pagar mais por elas, gerando mais receita para o seu negócio.

Construção de autoridade

Ao especializar o seu negócio em atender a uma determinada dor do público, você constrói a autoridade da marca nesse nicho. Com isso, os consumidores veem o seu negócio como uma referência no assunto e você consegue se diferenciar no mercado.

Definição de estratégias mais eficazes

Conhecendo profundamente o seu nicho de mercado e o seu público-consumidor, é possível investir em estratégias de vendas e marketing mais assertivas para atingi-lo. Isso ajuda a otimizar os seus recursos e maximizar os seus resultados.

Como escolher o seu nicho de mercado?

Ainda não sabe por onde começar para encontrar o seu nicho de mercado? Separamos os passos essenciais para facilitar a sua jornada.

1. Defina um mercado de atuação

Antes de fazer a segmentação do seu nicho de mercado, é preciso dar um passo para trás e fazer uma definição mais ampla: a escolha do setor de atuação do seu negócio.

Um ponto muito importante é selecionar um mercado pelo qual você tem interesse e que te motivará a alcançar resultados cada vez melhores. Isso é imprescindível para qualquer empreendedor conquistar o sucesso.

É claro que também é recomendável pesquisar sobre o segmento e as tendências de mercado antes de tomar essa decisão.

Mas investir em uma área somente porque ela está em alta pode se tornar uma tarefa muito desafiadora a longo prazo, se você não tiver uma verdadeira motivação para trabalhar nesse mercado.

2. Avalie os seus conhecimentos na área

Após identificar a área de atuação pela qual você tem um interesse genuíno, não deixe de avaliar os seus conhecimentos no setor. Afinal, você deve dominar o seu nicho de mercado para, de fato, se tornar uma autoridade no assunto.

Se você ainda não tiver tantos conhecimentos, estude bastante antes de seguir em frente com o seu negócio.

Ao entender profundamente o universo do seu mercado, você conseguirá oferecer soluções que sejam realmente valiosas para os consumidores.

3. Identifique uma dor a ser solucionada

A partir do conhecimento da sua área de atuação, é hora de definir os grupos de consumidores desse mercado e identificar um problema em comum desse público que você pretende solucionar com o seu negócio.

O ideal é encontrar uma dor que ainda não está sendo amplamente atendida pelo mercado. Você pode fazer isso por meio de pesquisas no Google e em fóruns de discussão, buscando as principais dúvidas e feedbacks dos clientes do setor.

Essa etapa já fornecerá uma noção básica do seu nicho de mercado e do que você deve oferecer para suprir a necessidade do público com eficiência.

Lembrando que a sua solução não precisa ser nada complexo demais. O mais importante é que o seu produto ou serviço atenda à dor em comum dos seus potenciais clientes.

4. Estude o mercado e as tendências de consumo

A esta altura, você já identificou o público-alvo do seu nicho e a dor que o seu negócio pretende resolver. Agora é hora de analisar se a sua solução, de fato, terá demanda no mercado.

Será que os consumidores realmente comprariam o seu produto ou contratariam o seu serviço? Essa é uma pergunta muito importante para um empreendimento.

Portanto, estude a fundo o mercado, entenda os comportamentos e as tendências de consumo e faça pesquisas com o seu público em potencial. Dessa forma, você poderá se basear em dados reais para verificar a viabilidade do negócio.

5. Analise os concorrentes

Antes de entrar em um nicho de mercado, é fundamental identificar a concorrência já existente e analisá-la profundamente.

Entre no site e nas redes sociais de cada empresa, verifique os comentários e avaliações dos clientes e entenda as forças e fraquezas das suas soluções.

Assim, você poderá identificar os diferenciais competitivos do seu próprio negócio e descobrir como se destacar no mercado.

Bônus: ferramentas gratuitas para encontrar o seu nicho de mercado

Nos últimos tópicos, mencionamos a importância de estudar o mercado e fazer pesquisas sobre as necessidades e comportamentos dos consumidores. Se você não sabe como realizar essa etapa, existem várias ferramentas que podem te ajudar.

A seguir, listamos os principais recursos gratuitos que você pode utilizar para fazer suas pesquisas e identificar oportunidades de nichos de mercado.

Google

Você sabia que pode usar o próprio Google para descobrir interesses e necessidades do público? As sugestões de busca dessa ferramenta são uma excelente fonte de insights!

É só pesquisar palavras-chave relacionadas à sua solução ou ao seu setor de atuação, e o recurso completará a pesquisa com os termos que os usuários mais buscam no Google.

Keyword Planner

O Keyword Planner é uma ferramenta mais avançada do Google que pode ser utilizada para conferir os volumes de pesquisa de palavras-chave consultadas pelas pessoas no mecanismo de busca.

Ele também apresenta sugestões de expressões e termos semelhantes aos pesquisados, podendo oferecer outras ideias e possibilidades sobre o seu nicho de mercado.

Google Trends

Esse é outro recurso gratuito do Google que você pode explorar para identificar as tendências do mercado.

A ferramenta apresenta os termos que estão sendo mais buscados no momento e ainda mostra a evolução das palavras-chave ao longo do tempo. Com isso, você pode entender os interesses do público, segmentados por localização.

Redes sociais

As redes sociais também podem ser bastante úteis para as suas pesquisas. Acompanhar comentários e discussões em grupos do Facebook relacionados ao seu mercado, por exemplo, pode render insights valiosos sobre as dores e interesses do público.

No mesmo sentido, vale seguir perfis do Instagram que abordem temas similares, incluindo marcas concorrentes, e monitorar as interações dos usuários por lá.

Quora

O Quora é uma plataforma onde pessoas de todo o mundo podem fazer perguntas e compartilhar conhecimentos sobre temas do seu interesse. Nem é preciso dizer que essa pode ser uma ótima fonte de informações sobre o seu setor, certo?

Em conclusão, encontrar o seu nicho de mercado pode ser um processo desafiador, mas ele certamente vale a pena.

Com uma segmentação bem feita, você pode otimizar os investimentos da empresa, direcionar melhor as suas estratégias, construir a autoridade da marca no mercado e, claro, maximizar os seus lucros.

Esperamos que tenha ficado claro o que é nicho de mercado e como definir o seu. Nossas dicas valem tanto para negócios físicos quanto online.

Mas, se você estiver explorando o mundo do empreendedorismo digital, não deixe de baixar nosso e-book gratuito: Guia definitivo de como montar um e-commerce!


Baixe o Guia definitivo de como montar um e-commerce!

Compartilhe esse conteúdo

  • Logo Facebook colorido
  • Logo Linkedin colorido
  • Logo Twitter colorido
  • Logo Whatsapp Colorido

Você também vai gostar..

05, dezembro, 2022

8 estratégias para disparar suas vendas de Natal (2022)

Quer potencializar as vendas de Natal da sua loja? Confira as principais tendências de consumo e estratégias para lucrar na data este ano.

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

01, dezembro, 2022

Venda casada: o que é e o que diz a lei sobre essa prática?

Confira o que é venda casada, por que essa prática é considerada um crime pela legislação e como evitá-la no seu negócio.

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

30, novembro, 2022

Unboxing: o que é e como investir nessa estratégia?

Você sabe o que é unboxing? Saiba mais sobre esse processo de desempacotar uma compra e como aproveitar essa tendência na sua loja!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo