Como definir o público-alvo do seu negócio digital?

E-commerce

21 de janeiro de 2021 (atualizado em 28 de novembro de 2022)

De nada adianta investir na divulgação da sua loja virtual, se atrair somente pessoas que não têm interesse nos seus produtos. Por isso, a definição do público-alvo é um passo primordial para o planejamento da estratégia de qualquer negócio.

Ao compreender quem são os consumidores com maior potencial para se tornarem clientes da sua marca, é possível direcionar suas ações de forma mais assertiva.

Assim, você atinge o público mais relevante para a sua loja, contribuindo diretamente para o aumento das suas vendas online. Continue lendo e descubra como definir o público-alvo do seu negócio!

O que é público-alvo?

O público-alvo é o grupo de consumidores, com perfis, comportamentos e interesses em comum, que o seu negócio quer alcançar. Trata-se de um segmento do mercado composto por pessoas com maior potencial de se tornarem clientes da sua loja.

Para definir o público-alvo, devem ser identificadas importantes informações sobre esse conjunto de consumidores, como:

  • gênero;
  • faixa etária;
  • classe social;
  • região;
  • interesses;
  • comportamentos;
  • estilo de vida;
  • valores etc.

Se você tem um e-commerce de roupas femininas, por exemplo, seu público-alvo pode ser mulheres entre 20 e 30 anos, da classe C, habitantes da região sudeste, apaixonadas por moda, com um estilo mais jovem e que buscam um bom custo benefício em suas compras.

Público-alvo x persona

O conceito de público-alvo é muito confundido com o de persona. De fato, ambas são ferramentas para determinar quem o seu negócio quer atingir. Porém, existem algumas diferenças entre os dois recursos, que podem ser aplicados de forma complementar na sua estratégia.

O público-alvo é uma descrição mais generalizada do perfil de consumidores com mais chances de se interessarem pela sua marca.

Já a persona é um personagem que representa o cliente ideal da sua empresa, por meio de uma descrição mais detalhada e específica de suas características, hábitos e necessidades.

Se você tem uma loja de maquiagens, por exemplo, seu público-alvo podem ser mulheres, entre 15 e 35 anos, que residem no Brasil, classe B e C e gostam de produtos de beleza.

Já uma das personas poderia ser Júlia, 22 anos, estudante de direito, carioca, solteira, que gosta de sair com os amigos aos finais de semana e tem interesse em aprender a fazer maquiagens mais bem elaboradas.

Saiba mais: Como definir a persona do seu e-commerce?

Qual é a importância do público-alvo?

A definição do público-alvo permite criar estratégias direcionadas para o segmento de mercado que você deseja atingir. Com isso, é possível:

  • otimizar suas ações de marketing;
  • direcionar seu posicionamento de marca;
  • definir os canais e conteúdos mais eficientes;
  • gerar mais engajamento na comunicação com sua audiência;
  • adaptar diferentes áreas da operação, como atendimento e logística, de acordo com as preferências do seu público.

Assim, vemos a importância de encontrar o seu público-alvo para atrair os consumidores ideais e, consequentemente, vender mais.

Como definir o público-alvo do seu negócio?

Alguns passos e ferramentas podem ser aplicados para determinar o público-alvo do seu negócio. Confira!

1. Analise o seu nicho de mercado

Antes de tudo, faça uma análise profunda sobre o seu nicho de atuação. Pesquise as particularidades do seu mercado, além de dados sobre o cenário atual do setor. Isso pode ser feito por meio de relatórios divulgados por institutos de pesquisa renomados do seu segmento.

A ferramenta do Google Trends também pode ser utilizada para identificar as principais tendências do mercado e o perfil de quem pesquisa sobre esses temas.

Além disso, é essencial identificar os seus principais concorrentes no mercado e analisar suas principais estratégias. A comunicação e o posicionamento dessas empresas com a audiência, assim como os produtos oferecidos e os canais e campanhas utilizados, podem oferecer valiosos insights sobre o seu público-alvo.

A partir dessas informações, é possível ter um entendimento básico sobre o perfil e os comportamentos dos consumidores do seu mercado. Além do mais, essa pesquisa inicial pode indicar tendências e oportunidades relevantes para o seu negócio.

2. Entenda a sua proposta de valor

Após entender a realidade do seu nicho de mercado, volte o olhar para dentro da sua loja. Estude bem o seu negócio, as características dos seus produtos, os diferenciais da sua marca em relação aos concorrentes e a proposta de valor oferecida.

A partir dessa análise, será possível identificar as possibilidades de uso dos seus produtos e os problemas que eles solucionam, para descobrir quem poderia se interessar por eles.

Nesse momento, também é importante considerar os preços e o custo-benefício dos seus produtos, para encontrar as pessoas com poder aquisitivo para adquiri-los.

Se a sua loja vende itens voltados para mais de um perfil de consumidor, como artigos femininos e masculinos, tenha em mente a necessidade de segmentar seu público-alvo, como veremos no último passo.

3. Faça pesquisas com seus clientes

A definição do público-alvo do seu negócio deve ser baseada em informações reais. E uma ótima fonte para coletar esses dados são os seus próprios clientes. Por isso, é fundamental conhecer a fundo quem já comprou da sua loja, mantendo uma conversa constante com essas pessoas.

Uma maneira simples de fazer isso é enviando pesquisas online para seus clientes, com perguntas sobre o que você deseja saber sobre eles.

Algumas informações relevantes são o perfil demográfico desses consumidores, suas principais necessidades, gostos e preferências, e por que eles se interessaram pela sua marca.

Os comentários e avaliações dos seus clientes sobre os seus produtos também podem oferecer importantes dados nesse sentido. Assim, é importante sempre solicitar um feedback após as compras, mantendo a comunicação no pós-venda.

4. Segmente seu público-alvo

A partir dos passos anteriores, você pode traçar o seu público-alvo, reunindo os principais dados coletados sobre o perfil, os interesses e os valores dos consumidores. Mas não pare por aí!

Se você oferece produtos voltados para diferentes perfis de pessoas, é interessante segmentar ainda mais o seu público-alvo, dividindo-o em grupos mais específicos. A segmentação pode ser baseada em faixa etária, gênero, região e outras variáveis.

Até mesmo um único produto pode atrair pessoas com motivações e preferências distintas. Por isso, podem ser criados vários segmentos, para direcionar melhor suas ações, de acordo com as particularidades de cada público.

Por fim, lembre-se de que, ao longo do tempo, a realidade e as tendências do mercado podem mudar completamente.

Portanto, é imprescindível acompanhar o cenário do seu nicho e manter as pesquisas com seus clientes. Dessa forma, o seu público-alvo se manterá atualizado, garantindo a eficiência da sua estratégia.

Ferramentas que ajudam a definir seu público-alvo

Como falado anteriormente, é recomendável que você realize pesquisas para conhecer melhor os seus clientes e conseguir traçar seu público-alvo. Para simplificar essa etapa, separamos algumas ferramentas que irão te ajudar. Confira a seguir!

NPS

O Net Promoter Score (NPS) é uma metodologia que, através de pesquisa e classificação, analisa o nível de satisfação dos clientes de uma empresa.

A metodologia funciona com o envio de um formulário para seus clientes - podendo ser enviado por e-mail ou no pós-atendimento -, e consiste em uma única pergunta estratégica: “Em uma escala de 0 a 10, quanto você recomendaria a empresa para um amigo?”.

Google Forms

O Google Forms é um recurso totalmente gratuito que está disponível para todos que têm uma conta Gmail. Nele você tem a opção de criar diversos formulários com objetivos e tipos de perguntas diferentes, como escolha múltipla, resposta curta, parágrafo e caixa de verificação.

Google Trends

Um outro recurso do Google que irá te ajudar com a pesquisa para definir seu público-alvo é o Google Trends. Também gratuita, essa ferramenta possibilita que você identifique tendências de pesquisas feitas no buscador.

Com ele, você pode saber quais regiões estão procurando mais por alguns termos e produtos. Isso irá te ajudar a focar sua estratégia e direcionar melhor o seu público.

Exemplos de público-alvo para e-commerces

Para facilitar ainda mais a criação do público-alvo do seu e-commerce, separamos exemplos que podem ser muito úteis.

Usaremos três nichos distintos: loja de artigos esportivos, loja de jóias de luxo e loja de roupas de banho femininas, respectivamente. Veja abaixo o exemplo de público-alvo para cada uma.

  • Homens e mulheres de classe A e B, de 15 a 45 anos, que praticam ou acompanham esportes e residem na região Sudeste. São usuários das redes sociais Instagram, Twitter e Facebook.
  • Mulheres de classe A, de 25 a 40 anos, que costumam comprar artigos de luxo e são apaixonadas por moda, podendo ser de qualquer região do Brasil. Utilizam, na maior parte do tempo, o Instagram.
  • Mulheres de classe B e C, de 18 a 35 anos, moradoras do Rio de Janeiro, que gostam de praia e costumam viajar para o litoral nas férias. São usuárias do Instagram e TikTok.

Viu como é fácil definir seu público-alvo? Agora que você já sabe, aprenda como utilizá-lo para fazer um planejamento de marketing eficiente!

Compartilhe esse conteúdo

  • Logo Facebook colorido
  • Logo Linkedin colorido
  • Logo Twitter colorido
  • Logo Whatsapp Colorido

Você também vai gostar..

02, fevereiro, 2023

O que é review de produto e como incentivá-lo no seu e-commerce?

Quer aumentar a credibilidade da sua marca e alavancar suas vendas? Entenda o que é review de produto e como aplicar essa estratégia!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

01, fevereiro, 2023

Papelaria virtual: como montar uma papelaria online?

O setor de papelarias virtuais é uma das opções para quem quer começar a vender online. Confira o passo a passo para montar a sua!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

31, janeiro, 2023

Mercado de luxo: cenário e tendências do setor em 2023

O mercado de luxo é um dos setores que permanece em crescimento diante da crise macroeconômica. Conheça os seus dados e tendências!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

Como definir o público-alvo do seu negócio digital?

E-commerce

21 de janeiro de 2021 (atualizado em 28 de novembro de 2022)

De nada adianta investir na divulgação da sua loja virtual, se atrair somente pessoas que não têm interesse nos seus produtos. Por isso, a definição do público-alvo é um passo primordial para o planejamento da estratégia de qualquer negócio.

Ao compreender quem são os consumidores com maior potencial para se tornarem clientes da sua marca, é possível direcionar suas ações de forma mais assertiva.

Assim, você atinge o público mais relevante para a sua loja, contribuindo diretamente para o aumento das suas vendas online. Continue lendo e descubra como definir o público-alvo do seu negócio!

O que é público-alvo?

O público-alvo é o grupo de consumidores, com perfis, comportamentos e interesses em comum, que o seu negócio quer alcançar. Trata-se de um segmento do mercado composto por pessoas com maior potencial de se tornarem clientes da sua loja.

Para definir o público-alvo, devem ser identificadas importantes informações sobre esse conjunto de consumidores, como:

  • gênero;
  • faixa etária;
  • classe social;
  • região;
  • interesses;
  • comportamentos;
  • estilo de vida;
  • valores etc.

Se você tem um e-commerce de roupas femininas, por exemplo, seu público-alvo pode ser mulheres entre 20 e 30 anos, da classe C, habitantes da região sudeste, apaixonadas por moda, com um estilo mais jovem e que buscam um bom custo benefício em suas compras.

Público-alvo x persona

O conceito de público-alvo é muito confundido com o de persona. De fato, ambas são ferramentas para determinar quem o seu negócio quer atingir. Porém, existem algumas diferenças entre os dois recursos, que podem ser aplicados de forma complementar na sua estratégia.

O público-alvo é uma descrição mais generalizada do perfil de consumidores com mais chances de se interessarem pela sua marca.

Já a persona é um personagem que representa o cliente ideal da sua empresa, por meio de uma descrição mais detalhada e específica de suas características, hábitos e necessidades.

Se você tem uma loja de maquiagens, por exemplo, seu público-alvo podem ser mulheres, entre 15 e 35 anos, que residem no Brasil, classe B e C e gostam de produtos de beleza.

Já uma das personas poderia ser Júlia, 22 anos, estudante de direito, carioca, solteira, que gosta de sair com os amigos aos finais de semana e tem interesse em aprender a fazer maquiagens mais bem elaboradas.

Saiba mais: Como definir a persona do seu e-commerce?

Qual é a importância do público-alvo?

A definição do público-alvo permite criar estratégias direcionadas para o segmento de mercado que você deseja atingir. Com isso, é possível:

  • otimizar suas ações de marketing;
  • direcionar seu posicionamento de marca;
  • definir os canais e conteúdos mais eficientes;
  • gerar mais engajamento na comunicação com sua audiência;
  • adaptar diferentes áreas da operação, como atendimento e logística, de acordo com as preferências do seu público.

Assim, vemos a importância de encontrar o seu público-alvo para atrair os consumidores ideais e, consequentemente, vender mais.

Como definir o público-alvo do seu negócio?

Alguns passos e ferramentas podem ser aplicados para determinar o público-alvo do seu negócio. Confira!

1. Analise o seu nicho de mercado

Antes de tudo, faça uma análise profunda sobre o seu nicho de atuação. Pesquise as particularidades do seu mercado, além de dados sobre o cenário atual do setor. Isso pode ser feito por meio de relatórios divulgados por institutos de pesquisa renomados do seu segmento.

A ferramenta do Google Trends também pode ser utilizada para identificar as principais tendências do mercado e o perfil de quem pesquisa sobre esses temas.

Além disso, é essencial identificar os seus principais concorrentes no mercado e analisar suas principais estratégias. A comunicação e o posicionamento dessas empresas com a audiência, assim como os produtos oferecidos e os canais e campanhas utilizados, podem oferecer valiosos insights sobre o seu público-alvo.

A partir dessas informações, é possível ter um entendimento básico sobre o perfil e os comportamentos dos consumidores do seu mercado. Além do mais, essa pesquisa inicial pode indicar tendências e oportunidades relevantes para o seu negócio.

2. Entenda a sua proposta de valor

Após entender a realidade do seu nicho de mercado, volte o olhar para dentro da sua loja. Estude bem o seu negócio, as características dos seus produtos, os diferenciais da sua marca em relação aos concorrentes e a proposta de valor oferecida.

A partir dessa análise, será possível identificar as possibilidades de uso dos seus produtos e os problemas que eles solucionam, para descobrir quem poderia se interessar por eles.

Nesse momento, também é importante considerar os preços e o custo-benefício dos seus produtos, para encontrar as pessoas com poder aquisitivo para adquiri-los.

Se a sua loja vende itens voltados para mais de um perfil de consumidor, como artigos femininos e masculinos, tenha em mente a necessidade de segmentar seu público-alvo, como veremos no último passo.

3. Faça pesquisas com seus clientes

A definição do público-alvo do seu negócio deve ser baseada em informações reais. E uma ótima fonte para coletar esses dados são os seus próprios clientes. Por isso, é fundamental conhecer a fundo quem já comprou da sua loja, mantendo uma conversa constante com essas pessoas.

Uma maneira simples de fazer isso é enviando pesquisas online para seus clientes, com perguntas sobre o que você deseja saber sobre eles.

Algumas informações relevantes são o perfil demográfico desses consumidores, suas principais necessidades, gostos e preferências, e por que eles se interessaram pela sua marca.

Os comentários e avaliações dos seus clientes sobre os seus produtos também podem oferecer importantes dados nesse sentido. Assim, é importante sempre solicitar um feedback após as compras, mantendo a comunicação no pós-venda.

4. Segmente seu público-alvo

A partir dos passos anteriores, você pode traçar o seu público-alvo, reunindo os principais dados coletados sobre o perfil, os interesses e os valores dos consumidores. Mas não pare por aí!

Se você oferece produtos voltados para diferentes perfis de pessoas, é interessante segmentar ainda mais o seu público-alvo, dividindo-o em grupos mais específicos. A segmentação pode ser baseada em faixa etária, gênero, região e outras variáveis.

Até mesmo um único produto pode atrair pessoas com motivações e preferências distintas. Por isso, podem ser criados vários segmentos, para direcionar melhor suas ações, de acordo com as particularidades de cada público.

Por fim, lembre-se de que, ao longo do tempo, a realidade e as tendências do mercado podem mudar completamente.

Portanto, é imprescindível acompanhar o cenário do seu nicho e manter as pesquisas com seus clientes. Dessa forma, o seu público-alvo se manterá atualizado, garantindo a eficiência da sua estratégia.

Ferramentas que ajudam a definir seu público-alvo

Como falado anteriormente, é recomendável que você realize pesquisas para conhecer melhor os seus clientes e conseguir traçar seu público-alvo. Para simplificar essa etapa, separamos algumas ferramentas que irão te ajudar. Confira a seguir!

NPS

O Net Promoter Score (NPS) é uma metodologia que, através de pesquisa e classificação, analisa o nível de satisfação dos clientes de uma empresa.

A metodologia funciona com o envio de um formulário para seus clientes - podendo ser enviado por e-mail ou no pós-atendimento -, e consiste em uma única pergunta estratégica: “Em uma escala de 0 a 10, quanto você recomendaria a empresa para um amigo?”.

Google Forms

O Google Forms é um recurso totalmente gratuito que está disponível para todos que têm uma conta Gmail. Nele você tem a opção de criar diversos formulários com objetivos e tipos de perguntas diferentes, como escolha múltipla, resposta curta, parágrafo e caixa de verificação.

Google Trends

Um outro recurso do Google que irá te ajudar com a pesquisa para definir seu público-alvo é o Google Trends. Também gratuita, essa ferramenta possibilita que você identifique tendências de pesquisas feitas no buscador.

Com ele, você pode saber quais regiões estão procurando mais por alguns termos e produtos. Isso irá te ajudar a focar sua estratégia e direcionar melhor o seu público.

Exemplos de público-alvo para e-commerces

Para facilitar ainda mais a criação do público-alvo do seu e-commerce, separamos exemplos que podem ser muito úteis.

Usaremos três nichos distintos: loja de artigos esportivos, loja de jóias de luxo e loja de roupas de banho femininas, respectivamente. Veja abaixo o exemplo de público-alvo para cada uma.

  • Homens e mulheres de classe A e B, de 15 a 45 anos, que praticam ou acompanham esportes e residem na região Sudeste. São usuários das redes sociais Instagram, Twitter e Facebook.
  • Mulheres de classe A, de 25 a 40 anos, que costumam comprar artigos de luxo e são apaixonadas por moda, podendo ser de qualquer região do Brasil. Utilizam, na maior parte do tempo, o Instagram.
  • Mulheres de classe B e C, de 18 a 35 anos, moradoras do Rio de Janeiro, que gostam de praia e costumam viajar para o litoral nas férias. São usuárias do Instagram e TikTok.

Viu como é fácil definir seu público-alvo? Agora que você já sabe, aprenda como utilizá-lo para fazer um planejamento de marketing eficiente!

Compartilhe esse conteúdo

  • Logo Facebook colorido
  • Logo Linkedin colorido
  • Logo Twitter colorido
  • Logo Whatsapp Colorido

Você também vai gostar..

02, fevereiro, 2023

O que é review de produto e como incentivá-lo no seu e-commerce?

Quer aumentar a credibilidade da sua marca e alavancar suas vendas? Entenda o que é review de produto e como aplicar essa estratégia!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

01, fevereiro, 2023

Papelaria virtual: como montar uma papelaria online?

O setor de papelarias virtuais é uma das opções para quem quer começar a vender online. Confira o passo a passo para montar a sua!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

31, janeiro, 2023

Mercado de luxo: cenário e tendências do setor em 2023

O mercado de luxo é um dos setores que permanece em crescimento diante da crise macroeconômica. Conheça os seus dados e tendências!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo