Como calcular o preço de venda de produtos? [Calculadora grátis]

E-commerce

22 de agosto de 2022

Fazer uma má precificação é um dos maiores erros de gestão financeira que um empreendedor pode cometer. Por isso, é tão importante saber como calcular o preço de venda ideal dos seus produtos.

Com uma precificação estratégica, é possível compensar os custos e obter os lucros desejados, além de realizar promoções atrativas sem ter prejuízos financeiros.

No entanto, sabemos que esse cálculo pode ser desafiador, principalmente para os empreendedores iniciantes. Afinal, há uma série de fatores que devem ser levados em consideração.

Para simplificar esse processo, preparamos este conteúdo que explica como calcular o preço de venda dos seus produtos. No final do artigo, você ainda confere a nossa calculadora de preços gratuita para facilitar a sua precificação. Vamos lá!

Qual é a importância de calcular o preço de venda?

O preço de venda é o valor final que será cobrado dos consumidores pelo produto oferecido no seu negócio. Dessa forma, ele é essencial para garantir a atratividade da oferta para o público e também para manter a rentabilidade da operação.

Enquanto um valor muito alto pode afastar os consumidores, um preço baixo demais pode afetar a lucratividade e levar a prejuízos financeiros para a empresa. Por isso, é fundamental encontrar o preço ideal para as suas mercadorias.

Com um bom processo de precificação, ainda é possível realizar promoções mais estratégicas, que sejam atrativas para os clientes, sem comprometer a geração de lucro para o negócio.

Em resumo, calcular o preço de venda ideal para cada item é imprescindível para balancear os custos com o lucro desejado, além de planejar ofertas estratégicas sem gerar prejuízos no faturamento.

Como calcular o preço de venda?

Existem alguns fatores que impactam diretamente no valor de uma mercadoria, sendo essencial considerá-los para calcular o preço de venda dos produtos. Entenda a seguir quais são eles!

Valor da hora trabalhada

Lembre-se de que você não trabalha de graça! Por isso, não deixe de incluir o tempo que você gasta trabalhando no seu próprio negócio no valor do produto.

Para calcular o valor da hora trabalhada, basta definir quanto você pretende ganhar mensalmente e dividir pelo total de horas gastas ao longo do mês. Para isso, faça uma média de horas trabalhadas por dia e dias trabalhados por semana.

Despesas fixas mensais

As despesas fixas são aquelas que não dependem do volume de vendas do seu negócio. Dessa forma, são os custos que, mesmo se você não produzir nem vender nenhum produto, você ainda deve arcar para manter a operação.

Alguns exemplos de despesas fixas mensais são aluguel, conta de luz, água e internet, salários de funcionários e financiamentos.

Um ponto de atenção é não misturar as despesas pessoais com as empresariais! Se você trabalha em casa, uma dica é dividir o total de custos fixos mensais por dois.

Custos e tempo de produção

Além das despesas fixas, também é preciso considerar os custos relacionados aos produtos em si, como matéria-prima, máquinas, compras de fornecedores para a reposição de estoque, embalagens, etiquetas, entre outros.

Como esses gastos variam de acordo com o volume de vendas, uma dica é calcular os custos por unidade.

Se as mercadorias forem de produção própria, ainda deve ser levado em conta o tempo gasto para produzir cada item. Afinal, os esforços para finalizar o produto também devem ser considerados para compor o preço do item.

Impostos de vendas

Há uma série de impostos que são cobrados sobre a venda de produtos. Logo, é essencial considerar a soma das alíquotas dessas tributações para calcular o preço de venda das suas mercadorias e garantir a obtenção do lucro desejado.

Vale destacar que a alíquota depende do regime tributário escolhido pela empresa, da atividade comercial desenvolvida e do tipo de produto comercializado.

Os optantes do Simples Nacional, que é o regime tributário simplificado voltado para micro e pequenos empreendedores, pagam em uma única guia mensal a maioria dos impostos, com uma alíquota que varia entre 4% e 19%.

Leia também: 7 principais impostos sobre vendas de produtos e serviços

Margem de lucro

Por fim, não se esqueça de determinar o percentual de lucro que você deseja obter a partir da venda do produto. Essa é a chamada margem de lucro, que representa o valor que você poderá utilizar para investir no crescimento do negócio.

É importante frisar que não existe uma margem de lucro ideal para todos os produtos e empresas. O valor varia bastante de acordo com o nicho de mercado e o valor percebido pelo cliente, por exemplo.

Sendo assim, vale entender qual é uma margem justa tanto para o seu negócio quanto para os seus clientes.

Para aplicar um desconto e realizar ações promocionais, é na margem de lucro que você deve mexer. Assim, você garante que a venda do produto ainda compensará os seus custos, evitando prejuízos para o negócio.

Saiba mais: Como oferecer preços promocionais no seu negócio?

Como você pode perceber, fazer uma precificação estratégica é um processo fundamental para garantir a atratividade das suas ofertas e manter a saúde financeira do empreendimento.

Agora que você sabe como calcular o preço de venda de produtos, que tal agilizar esse processo?

A nossa calculadora de preços é uma ferramenta online e gratuita que permite simular o valor ideal de cada mercadoria, levando em conta todos os fatores que listamos ao longo deste conteúdo.

Assim, você pode garantir a lucratividade do seu negócio e fazer ofertas mais estratégicas. Acesse agora mesmo!


Acesse a calculadora de preços do Pagar.me!

Compartilhe esse conteúdo

  • Logo Facebook colorido
  • Logo Linkedin colorido
  • Logo Twitter colorido
  • Logo Whatsapp Colorido

Você também vai gostar..

30, setembro, 2022

Como preparar sua loja virtual para a Black Friday? Checklist

Garantir o sucesso da sua loja virtual na Black Friday exige uma preparação de vários aspectos da operação. Veja nosso checklist para não deixar nada para trás!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

28, setembro, 2022

Sell in e sell out: o que são e quais as diferenças?

Sell in e sell out são importantes processos que compõem a cadeia de suprimentos. Entenda o conceito de cada um e como fazer a melhor gestão deles!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

27, setembro, 2022

Avaliação de produtos: por que e como incentivar no seu e-commerce?

A avaliação de produtos é um recurso que fornece uma prova social para os clientes, incentivando-o a fazer uma compra. Entenda como utilizá-la na sua loja!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

Como calcular o preço de venda de produtos? [Calculadora grátis]

E-commerce

22 de agosto de 2022

Fazer uma má precificação é um dos maiores erros de gestão financeira que um empreendedor pode cometer. Por isso, é tão importante saber como calcular o preço de venda ideal dos seus produtos.

Com uma precificação estratégica, é possível compensar os custos e obter os lucros desejados, além de realizar promoções atrativas sem ter prejuízos financeiros.

No entanto, sabemos que esse cálculo pode ser desafiador, principalmente para os empreendedores iniciantes. Afinal, há uma série de fatores que devem ser levados em consideração.

Para simplificar esse processo, preparamos este conteúdo que explica como calcular o preço de venda dos seus produtos. No final do artigo, você ainda confere a nossa calculadora de preços gratuita para facilitar a sua precificação. Vamos lá!

Qual é a importância de calcular o preço de venda?

O preço de venda é o valor final que será cobrado dos consumidores pelo produto oferecido no seu negócio. Dessa forma, ele é essencial para garantir a atratividade da oferta para o público e também para manter a rentabilidade da operação.

Enquanto um valor muito alto pode afastar os consumidores, um preço baixo demais pode afetar a lucratividade e levar a prejuízos financeiros para a empresa. Por isso, é fundamental encontrar o preço ideal para as suas mercadorias.

Com um bom processo de precificação, ainda é possível realizar promoções mais estratégicas, que sejam atrativas para os clientes, sem comprometer a geração de lucro para o negócio.

Em resumo, calcular o preço de venda ideal para cada item é imprescindível para balancear os custos com o lucro desejado, além de planejar ofertas estratégicas sem gerar prejuízos no faturamento.

Como calcular o preço de venda?

Existem alguns fatores que impactam diretamente no valor de uma mercadoria, sendo essencial considerá-los para calcular o preço de venda dos produtos. Entenda a seguir quais são eles!

Valor da hora trabalhada

Lembre-se de que você não trabalha de graça! Por isso, não deixe de incluir o tempo que você gasta trabalhando no seu próprio negócio no valor do produto.

Para calcular o valor da hora trabalhada, basta definir quanto você pretende ganhar mensalmente e dividir pelo total de horas gastas ao longo do mês. Para isso, faça uma média de horas trabalhadas por dia e dias trabalhados por semana.

Despesas fixas mensais

As despesas fixas são aquelas que não dependem do volume de vendas do seu negócio. Dessa forma, são os custos que, mesmo se você não produzir nem vender nenhum produto, você ainda deve arcar para manter a operação.

Alguns exemplos de despesas fixas mensais são aluguel, conta de luz, água e internet, salários de funcionários e financiamentos.

Um ponto de atenção é não misturar as despesas pessoais com as empresariais! Se você trabalha em casa, uma dica é dividir o total de custos fixos mensais por dois.

Custos e tempo de produção

Além das despesas fixas, também é preciso considerar os custos relacionados aos produtos em si, como matéria-prima, máquinas, compras de fornecedores para a reposição de estoque, embalagens, etiquetas, entre outros.

Como esses gastos variam de acordo com o volume de vendas, uma dica é calcular os custos por unidade.

Se as mercadorias forem de produção própria, ainda deve ser levado em conta o tempo gasto para produzir cada item. Afinal, os esforços para finalizar o produto também devem ser considerados para compor o preço do item.

Impostos de vendas

Há uma série de impostos que são cobrados sobre a venda de produtos. Logo, é essencial considerar a soma das alíquotas dessas tributações para calcular o preço de venda das suas mercadorias e garantir a obtenção do lucro desejado.

Vale destacar que a alíquota depende do regime tributário escolhido pela empresa, da atividade comercial desenvolvida e do tipo de produto comercializado.

Os optantes do Simples Nacional, que é o regime tributário simplificado voltado para micro e pequenos empreendedores, pagam em uma única guia mensal a maioria dos impostos, com uma alíquota que varia entre 4% e 19%.

Leia também: 7 principais impostos sobre vendas de produtos e serviços

Margem de lucro

Por fim, não se esqueça de determinar o percentual de lucro que você deseja obter a partir da venda do produto. Essa é a chamada margem de lucro, que representa o valor que você poderá utilizar para investir no crescimento do negócio.

É importante frisar que não existe uma margem de lucro ideal para todos os produtos e empresas. O valor varia bastante de acordo com o nicho de mercado e o valor percebido pelo cliente, por exemplo.

Sendo assim, vale entender qual é uma margem justa tanto para o seu negócio quanto para os seus clientes.

Para aplicar um desconto e realizar ações promocionais, é na margem de lucro que você deve mexer. Assim, você garante que a venda do produto ainda compensará os seus custos, evitando prejuízos para o negócio.

Saiba mais: Como oferecer preços promocionais no seu negócio?

Como você pode perceber, fazer uma precificação estratégica é um processo fundamental para garantir a atratividade das suas ofertas e manter a saúde financeira do empreendimento.

Agora que você sabe como calcular o preço de venda de produtos, que tal agilizar esse processo?

A nossa calculadora de preços é uma ferramenta online e gratuita que permite simular o valor ideal de cada mercadoria, levando em conta todos os fatores que listamos ao longo deste conteúdo.

Assim, você pode garantir a lucratividade do seu negócio e fazer ofertas mais estratégicas. Acesse agora mesmo!


Acesse a calculadora de preços do Pagar.me!

Compartilhe esse conteúdo

  • Logo Facebook colorido
  • Logo Linkedin colorido
  • Logo Twitter colorido
  • Logo Whatsapp Colorido

Você também vai gostar..

30, setembro, 2022

Como preparar sua loja virtual para a Black Friday? Checklist

Garantir o sucesso da sua loja virtual na Black Friday exige uma preparação de vários aspectos da operação. Veja nosso checklist para não deixar nada para trás!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

28, setembro, 2022

Sell in e sell out: o que são e quais as diferenças?

Sell in e sell out são importantes processos que compõem a cadeia de suprimentos. Entenda o conceito de cada um e como fazer a melhor gestão deles!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

27, setembro, 2022

Avaliação de produtos: por que e como incentivar no seu e-commerce?

A avaliação de produtos é um recurso que fornece uma prova social para os clientes, incentivando-o a fazer uma compra. Entenda como utilizá-la na sua loja!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo