Black Friday antecipada: como e por que fazer promoções mais cedo?

E-commerce

13 de novembro de 2020 (atualizado em 4 de agosto de 2023)

A Black Friday, sem dúvidas, já se consolidou como uma das principais datas do calendário do varejo.

A popularidade é tanta que um dia de promoções se tornou pouco para lojistas e consumidores. Por isso, uma estratégia de vendas que despontou nos últimos anos é a Black Friday antecipada.

Este ano, 51% dos brasileiros consideram comprar os produtos mais cedo, desde que encontrem boas promoções, e 22% começam as buscas um mês antes da Black Friday, de acordo com a pesquisa da Globo sobre a ocasião.

Logo, promocionar mais cedo é uma oportunidade de sair na frente da concorrência, evitar a sobrecarga de sistemas e conquistar os consumidores.

Neste artigo você descobre nos seguintes tópicos as principais vantagens e como fazer suas promoções mais cedo em 2023:

  • Como foi a Black Friday 2022?
  • Por que fazer a Black Friday antecipada?
  • Como disponibilizar promoções mais cedo no e-commerce?
  • Black November, Black Week e Cyber Monday

Como foi a Black Friday 2022?

Na Black Friday 2022, as vendas sofreram um declínio no e-commerce. Em comparação com o ano anterior, a queda de faturamento na sexta-feira foi de 23%, segundo a Confi.Neotrust.

Esse cenário aconteceu por três principais motivos, de acordo com o Serasa Experian:

  • Copa do Mundo;
  • altas taxas de juros;
  • menor poder de compra dos brasileiros devido à inadimplência.

Ainda assim, 8 milhões de usuários aproveitaram a ocasião, 1% a mais que no ano anterior, de acordo com dados da Confi.Neotrust.

Outro número que merece atenção, principalmente quando o assunto é a Black Friday antecipada, é a queda de apenas 1% no faturamento acumulado quando se considera todo o mês de novembro — os dados são do levantamento do Ebit.

Isso significa que os brasileiros compraram ao longo de todo o mês de novembro e não somente na sexta-feira da Black Friday, demonstrando, portanto, o potencial dessa estratégia de vendas.

Por que fazer a Black Friday antecipada?

Se você está com poucos descontos mapeados e com a intenção de disponibilizá-los apenas na sexta-feira, talvez seja interessante rever a estratégia.

Há uma série de razões para você investir na Black Friday antecipada, se beneficiando do maior evento do varejo digital.

1. Aproveitar o comportamento do consumidor

Desde 2020, em virtude da pandemia do novo coronavírus, os consumidores precisaram transportar diversos hábitos diários para dentro de casa.

Nesse cenário, o comportamento de compra tornou-se cada vez mais digital — e até quem tinha receio de comprar online precisou surfar essa onda.

Fato é que, com a pandemia, a digitalização se acelerou tanto na perspectiva de quem consome quanto na perspectiva de quem vende.

Com tantos clientes ávidos pelas ofertas da Black Friday, antecipar as promoções é uma chance de sair na frente da concorrência, vendendo mais, aumentando o faturamento e fechando o ano com chave de ouro.

2. Menor competitividade

A estratégia de Black Friday antecipada ainda não faz parte do calendário de muitos lojistas. Além disso, a nível de performance e tráfego pago, é muito mais barato e fácil a compra de palavras chaves estratégicas, já que a atenção para a Black Friday ainda está baixa.

Com a competitividade baixa, é mais fácil o seu negócio se sobressair e captar a atenção dos consumidores.

Trabalhar o SEO desde já também é uma maneira de se destacar ao longo de toda a ocasião. Então, otimize as páginas dos seus produtos desde já, para que elas apareçam nos primeiros resultados de busca durante a Black Friday antecipada.

3. Prevenir sobrecarga e problemas na logística

Com o aumento do número de pedidos na Black Friday, consequentemente a demanda de logística da sua loja será maior.

E um aumento repentino nos envios pode acarretar uma sobrecarga de entregas, ocasionando atrasos por parte dos Correios e das transportadoras. O resultado? Clientes detratores e insatisfeitos com a sua loja.

Isso porque, para 46% dos brasileiros, os prazos de entrega são determinantes no momento de escolher um produto online, de acordo com uma pesquisa de consumo da Behup.

É claro que você pode mitigar esses riscos buscando bons parceiros de logística e oferecendo ao cliente informações adequadas sobre prazos nessa época intensa.

Entretanto, com a Black Friday antecipada, as promoções são diluídas ao longo do mês e, assim, os envios são feitos com antecedência, evitando sobrecargas durante a Black Friday em si.

4. Evitar lojas físicas lotadas e sobrecarregadas

No comércio físico, antecipar as promoções e prolongá-las ao longo de todo o mês também pode ser uma estratégia interessante.

Os clientes ansiosos gostam de ir até o espaço físico para retirar o produto na hora, é o que aponta a pesquisa da Globo — 43% dos brasileiros optam pela compra na loja física, sendo que entre os motivos estão: praticidade, retirada do produto na hora e poder experimentar o produto.

Dessa forma, quem tem espaço físico pode aproveitar todo o mês de novembro, evitando que a loja fique cheia somente no Dia D, o que pode causar uma experiência de compra ruim, com muitas filas e dificuldade de atendimento de todos os clientes.

Varejo omnichannel na Black Friday 2023

Em linha com o dado apontado anteriormente, de que os clientes optam pela ida ao comércio físico pela possibilidade de levar o produto na hora, o varejo omnichannel é uma estratégia essencial para a ocasião.

Com o clique e retire, por exemplo, o cliente consegue comprar online em app ou site e retirar o pedido no espaço físico mais próximo. Isso encurta o período de espera do produto e reduz o custo do frete, pontos principais de dor dos clientes que compram online.

Vale destacar que a estratégia também contribui para o aumento do ticket médio, ao passo que os clientes podem escolher novos produtos quando vão até o estabelecimento buscar o pedido original.

Já a prateleira infinita unifica os estoques e pagamentos das lojas físicas e site, acabando com o problema da ruptura de estoque.

Lembre-se de que uma operação omnichannel completa requer integração dos canais em todos os sentidos, isso inclui os preços e promoções praticados.

Nesse sentido, é importante ter cuidado para não ganhar fama de “Black Fraude”. Caso as promoções aplicadas sejam específicas por canal, por exemplo, preços exclusivos para aplicativo, deixe isso claro para o consumidor para não causar desgaste e indisposição na relação com o cliente.

5. Mais tempo para a consideração do cliente

Nas primeiras semanas de novembro, o consumidor que pretende comprar na Black Friday está passando pela etapa de consideração da compra.

De acordo com a pesquisa da Globo, 26% da população começa a fazer a pesquisa de preços três meses antes da ocasião e 22%, com um mês de antecedência. Isso quer dizer que o consumidor está certo do que precisa, mas analisando produtos e comparando preços, com frequência.

Além disso, como apresentado no início do artigo, 51% dos consumidores considera comprar o produto de desejo mais cedo se encontrar bons preços.

Portanto, nessa fase, qualquer oferta tentadora pode fazer com que ele coloque a sua marca no radar de prioridades.

Além disso, quanto mais próximo da sexta-feira, que é o momento mais aquecido da sazonalidade, maior a competitividade e mais difícil alcançar seus potenciais clientes.

Portanto, a Black Friday antecipada é a sua chance de contar com a lembrança e a consideração dos clientes a partir de uma conexão anterior.

Segundo dados do Google, as marcas que estão presentes desde o início da exploração têm 30% mais chances de serem lembradas no ato da compra. Então, mãos à obra — é hora de colocar as primeiras ofertas para jogo!

Como disponibilizar promoções mais cedo no e-commerce?

Agora que você já entende as vantagens de fazer a Black Friday antecipada no seu negócio, vamos te auxiliar oferecendo dicas para fazer ofertas o quanto antes!

Descontos progressivos

O desconto progressivo é um método de venda que estimula o cliente a adquirir mais produtos para ganhar redução nos preços.

A lógica é simples: quanto mais produtos uma pessoa comprar, maior será o desconto que ela vai receber.

Descontos por categorias

Uma boa estratégia para quem optar por promocionar durante todo o mês de novembro são as promoções por categoria.

A cada semana, você pode trazer um setor da loja com preços especiais. O interessante aqui é engajar e criar expectativa no consumidor nas redes sociais e e-mail marketing para garantir a efetividade da ação.

Kits

Outra dica valiosa, especialmente para os itens que não saem com tanta facilidade, é aproveitar a data para vender kits de produtos.

Unir esses itens a produtos que vendem melhor aumenta a rentabilidade do negócio, ao passo que incrementa o ticket médio e permite fazer giro no estoque mais rapidamente.

É a oportunidade perfeita para queimar o estoque daquele produto que está encalhado há algum tempo!

Promoções a preço de custo

Falando em produtos encalhados, uma excelente opção é criar promoções para vendê-los por preço de custo, dessa forma, o produto fica mais atrativo para a venda.

Entretanto, é claro que o lucro não será o mesmo. Em contrapartida, você terá mais dinheiro em caixa para investir em produtos nos próximos meses que, de fato, tenham saída em sua loja virtual.

Cupons de desconto

Os cupons de desconto são uma excelente estratégia de vendas, porque podem se tornar virais com facilidade.

Se o cliente encontra um bom código promocional, ele tende a divulgá-lo para os amigos e familiares. Isso aumenta as vendas e traz novos visitantes à loja virtual.

Produtos complementares

O papel da promoção de produtos complementares no e-commerce é sugerir que o cliente que está levando o produto X leve também o produto Y.

Geralmente, a estratégia está aliada à alguma vantagem. Por exemplo: comprando os dois, o cliente pode ganhar frete grátis, desconto ou parcelamento sem juros.

Procure ofertar produtos que façam sentido: se seu cliente está comprando um tênis, ofereça melhores condições para levar meias junto, por exemplo.

Saiba mais em: Como aplicar cross selling e up selling para faturar mais?

Promoções para clientes fidelizados

Uma estratégia interessante para a Black Friday antecipada é identificar no cadastro da loja quais são os clientes que compram com frequência ou já compraram com você e oferecer promoções especiais exclusivas para eles.

Afinal, são clientes que já compraram no seu site, o que pode gerar ainda mais fidelização e, também, garantir que as compras realizadas na sua Black Friday tenham baixo risco de fraude.

Descontos especiais no app

Na Black Friday 2022, 23% dos brasileiros fizeram compras por apps, segundo a pesquisa da Globo. Entre os principais motivos que fariam o consumidor baixar um aplicativo, estão: frete grátis (52%), ofertas exclusivas (36%) e cupons de desconto (35%).

Desenvolvidos especialmente para smartphones, os aplicativos oferecem uma experiência de compra totalmente pensada em telas menores.

Além disso, você já deve estar cansado de saber que a velocidade é extremamente importante para prender a atenção do usuário até o final da compra.

Nesse sentido, os apps podem armazenar dados na memória do dispositivo, o que permite requisições instantâneas. Isso é especialmente importante para compras por impulso.

Portanto, se você está desenvolvendo um aplicativo para o seu negócio, aproveite para impulsioná-lo com descontos pré-Black Friday exclusivos para clientes que comprarem por meio dele e use pop-ups com gatilhos mentais para fazer o usuário abrir e começar a navegar pelas ofertas.

Uso das redes sociais

Mais do que nunca, está claro que as redes sociais deixaram de ser meras vitrines para se tornarem eficientes canais de venda. Essa é a premissa do social commerce.

A influência das redes sociais na decisão de compra é grande e, com os seus inúmeros recursos — imagens, vídeos, lojinhas integradas e anúncios —, fica fácil promover uma comunicação atrativa e fechar negócios.

Portanto, que tal começar um aquecimento na Black Friday promovendo promoções nas redes sociais da sua marca, bem antes da última sexta-feira de novembro?

Você pode apostar em estratégias como:

  • divulgação de um cupom de desconto por dia nos Stories;
  • enquete para saber qual categoria/produto os clientes querem receber desconto — e oferecer o benefício nos dias que se seguirem;
  • live commerce com um influenciador ou vendedor da empresa, mostrando os produtos, novidades e promoções. É recomendável oferecer descontos exclusivos para a audiência, incentivando a compra.

Black November, Black Week e Cyber Monday

Além das táticas citadas acima, a Black Friday antecipada já assume, no mercado, outras nomenclaturas. Conheça as vantagens e desvantagens e como apostar em cada modelo.

Black November

Consiste na estratégia de oferecer descontos agressivos durante todo o mês de novembro. Indicada para lojistas que buscam um alto volume de receita durante o período.

No entanto, é importante avaliar se o seu negócio tem condições de ter preços mais baixos durante o todo o mês sem ter prejuízo no balanço final.

Pode ser interessante cada semana um produto do seu negócio estar com um desconto mais agressivo.

Invista em landing pages para os clientes se cadastrarem para serem avisados sobre quando os produtos desejados estarão em promoção — isso pode ajudar a aumentar a conversão.

Black Week

Caso não seja sustentável para sua empresa ter grandes descontos durante todo o mês de novembro, ofereça promoções durante a semana da Black Friday.

Nessa opção, pode ser interessante fazer um desconto diferente a cada dia e, na sexta-feira da Black Friday, colocar todo seu e-commerce com ofertas arrasadoras ou diferenciais, como frete grátis e cashback.

Cyber Monday

O setor de Eletrônicos e Tecnologia vem aderindo à Cyber Monday nos últimos anos aqui no Brasil. A promoção ocorre na segunda-feira após a Black Friday.

Porém, diferente da Black Friday onde você vai encontrar todo tipo de produto, na Cyber Monday, essas ofertas se concentram principalmente em produtos eletrônicos, como celulares, notebooks e games.

Visto que o setor de Eletrônicos é um dos mais cobiçados em 2023, 24% dos brasileiros planejam comprar smartphones na ocasião e 19% outros eletrônicos, segundo o levantamento da Globo. Então, pense em investir em promoções especiais desses itens caso você atenda a essa categoria.

Quadro comparativo de Black November, Black Week e Cyber Monday

A Black Friday antecipada é uma época fantástica para aumentar as vendas e aproveitar a intenção de compra aquecida para o Natal.

Lembre-se de que existem muitos perfis de consumidores, logo, antecipar ofertas é a chance de conquistar cada um deles!

Por fim, se você gostou dessas dicas sobre Black Friday antecipada, acesse também a nossa Calculadora de Preços, ferramenta gratuita desenvolvida pelos especialistas de precificação do Pagar.me para te ajudar a elaborar as promoções na sua loja sem comprometer a rentabilidade do seu negócio!


Acesse a calculadora de preços do Pagar.me!

Compartilhe esse conteúdo

  • Logo Facebook colorido
  • Logo Linkedin colorido
  • Logo Twitter colorido
  • Logo Whatsapp Colorido

Você também vai gostar..

22, fevereiro, 2024

Como fazer live no Instagram? Passo a passo + 5 dicas

Aprenda o passo a passo de como fazer live no Instagram e confira dicas para fazer uma transmissão que gere vendas para a sua loja!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

20, fevereiro, 2024

Estoque máximo: o que é e como calcular o indicador?

Este conteúdo vai te ensinar como calcular o estoque máximo para mensurar o volume total de produtos que podem ser armazenados no seu negócio. Confira!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

19, fevereiro, 2024

Pagamento recusado: motivos para acontecer e como resolver

Ter um pagamento recusado pode ser um grande problema para a conversão de vendas online. Entenda os motivos para essa situação e como lidar com ela!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo