Cyber Monday 2022: o que é e como vender mais na data?

E-commerce

8 de novembro de 2021 (atualizado em 26 de setembro de 2022)

A cada ano que passa, fica mais claro que a Black Friday não se resume somente à última sexta-feira de novembro. O sucesso da Black Friday antecipada e a adesão crescente da Cyber Monday estão aí para comprovar esse movimento.

Criada com o objetivo de prolongar as ofertas no varejo online pós-Black Friday, a Cyber Monday é uma boa oportunidade para atingir aqueles consumidores que não aproveitaram as promoções da semana anterior.

Vale destacar que, apesar da data ser muito associada ao segmento de eletrônicos e games, ela pode ser utilizada para vender diferentes produtos, desde roupas até brinquedos, por exemplo.

Neste artigo você vai descobrir o que é a Cyber Monday e como aproveitar essa estratégia para potencializar as suas vendas neste final de ano!

O que é Cyber Monday?

A Cyber Monday (Segunda-feira Cibernética, em português) é um evento promocional realizado na primeira segunda-feira após o Dia de Ação de Graças — tradicional feriado norte-americano — e a Black Friday. Em 2022, a data cairá no dia 28 de novembro.

O evento foi criado em 2005, nos Estados Unidos, após uma constatação da Federação Nacional de Varejo de que a grande maioria das lojas virtuais registrava um aumento significativo de vendas na segunda-feira após o Dia de Ação de Graças.

Dessa forma, a Cyber Monday surgiu como uma extensão da Black Friday, com o objetivo de impulsionar as vendas de final de ano, exclusivamente no varejo online — é justamente daí que vem o nome “Cyber”.

Ou seja, enquanto a Black Friday originou-se nas lojas físicas e, aos poucos, foi se popularizando no e-commerce, a Cyber Monday sempre foi um evento voltado para o comércio eletrônico.

E no Brasil?

Assim como a Black Friday, a Cyber Monday foi importada pelo Brasil alguns anos após a sua criação. Por aqui, a ocasião foi ganhando mais visibilidade a partir de 2012, registrando um forte crescimento nos últimos anos.

Segundo um relatório da Neotrust, o faturamento da Cyber Monday em 2021 foi de R$ 827,4 milhões, o que representa um aumento de 17,7% em relação ao alcançado em 2020.

O ticket médio também subiu em 10,1%, ficando em R$ 509,53, enquanto o número de pedidos foi de 1,62 milhão, valor 6,9% maior do que no ano anterior.

Vale a pena vender na Cyber Monday?

Considerando que a própria Black Friday tem se tornado cada vez mais digital, a Cyber Monday tem ampliado o seu sentido, como uma extensão da sexta-feira mais promocional do ano.

Portanto, o evento da segunda-feira pode ser bastante estratégico para as lojas virtuais, sendo possível utilizá-lo para alavancar ainda mais as vendas de final de ano, independentemente do segmento do seu negócio.

Uma boa estratégia também é aproveitar a data para queimar o estoque que não foi vendido na sexta-feira anterior.

Além disso, apesar da Cyber Monday ser tradicionalmente associada a produtos eletrônicos e games, o evento não se restringe à venda desses itens. Atualmente, lojas de diferentes segmentos têm aproveitado a ocasião para ofertar suas mercadorias.

Prova disso é que, entre as médias e pequenas empresas, o setor que mais faturou na Cyber Monday 2021 foi o de Moda e Acessórios, segundo o relatório da Neotrust.

Como vender mais na Cyber Monday 2022?

A Cyber Monday representa a última chance de impulsionar as suas vendas antes do Natal e liquidar os seus produtos. Saiba como aproveitar o potencial desse evento no seu e-commerce!

Garanta a eficiência da sua operação

Assim como no caso da Black Friday, é importante se preparar com antecedência para assegurar a eficiência do seu e-commerce durante a Cyber Monday.

Faça uma seleção prévia de quais mercadorias entrarão em promoção e negocie com os seus fornecedores para garantir o estoque de produtos e embalagens.

Além disso, prepare a sua operação logística e de atendimento, para que a sua equipe não fique sobrecarregada e os clientes tenham a melhor experiência de compra na ocasião.

Baseie-se nos resultados da Black Friday

Mesmo sendo essencial ter um planejamento prévio para a Cyber Monday, não deixe de revê-lo e adaptá-lo após a Black Friday.

Afinal, os resultados da sua loja virtual no evento podem ser uma grande fonte de insights para definir estratégias mais assertivas para a segunda-feira.

Dessa forma, analise quais ações tiveram os melhores resultados e identifique os produtos mais vendidos e quais ainda estão disponíveis no estoque, para ofertá-los na Cyber Monday.

Também vale estudar as estratégias utilizadas pela concorrência ao longo da Black Friday, assim como as tendências do mercado, para entender as demandas do público e maximizar as suas vendas.

Estruture bem as promoções

A Cyber Monday é o último grande evento do período da Black Friday. Isso significa que os consumidores já pesquisaram bastante os produtos e preços no mercado, estando mais preparados e engajados para fazer sua compra.

Então, agora é a hora de conquistá-los com uma condição diferenciada para que eles decidam comprar no seu e-commerce.

Uma vantagem muito atrativa, nesse sentido, é o frete grátis. O estudo da Neotrust indica que 66% dos pedidos realizados na Black Friday 2021 contaram com essa facilidade, mostrando a importância do benefício para os clientes.

Descubra como precificar seus produtos e promocionar de maneira assertiva com nossa Calculadora de Preços gratuita.


Acesse a calculadora de preços do Pagar.me!

Invista em ações de remarketing

Uma boa estratégia para alcançar os consumidores com uma maior chance de conversão na Cyber Monday é investir no remarketing, seja por meio de anúncios pagos de Google Ads e Facebook Ads ou de envios de e-mail marketing.

Esse tipo de ação impacta os usuários que já tiveram algum contato com a sua loja. Assim, você consegue incentivar aqueles clientes que já demonstraram interesse na marca a voltarem no e-commerce e fecharem um pedido.

Ou seja, pode funcionar como uma ótima oportunidade de recuperar os carrinhos abandonados na Black Friday.

Aposte no gatilho da urgência

Aproveite o fato de que a Cyber Monday é a última data promocional do período da Black Friday para gerar urgência nos consumidores e incentivá-los a correrem para conferir as últimas ofertas do mês.

Para explorar esse gatilho mental, você pode fazer contagens regressivas no site e nas redes sociais da sua loja, além de utilizar expressões como “Última chance!” e “Aproveite enquanto dá tempo!” nas suas peças de divulgação.

Atenção aos horários

De acordo com a Crystal Zoom, em 2021, entre 00h e 01h, mais de 330 produtos foram vendidos por minuto, sendo o principal horário de pico de vendas na Cyber Monday. No ano anterior, também houve um pico de vendas entre 22h e 02h, segundo o Adobe Analytics.

Dessa forma, já podemos supor que o período entre o final da noite e começo da madrugada é o horário em que os consumidores estão ávidos por ofertas. Então, aproveite esse insight de mercado para refinar a sua estratégia de vendas e promocionar de maneira assertiva.

Viu só como você pode aproveitar a Cyber Monday no seu e-commerce? Com um planejamento assertivo e estratégias de marketing, essa data pode ser decisiva para fechar o período da Black Friday com chave de ouro no seu negócio.

Mas lembre-se de que o seu trabalho não para por aí! Confira nosso conteúdo e descubra como fidelizar os clientes conquistados no pós-Black Friday para vender mais até o Natal!

Compartilhe esse conteúdo

  • Logo Facebook colorido
  • Logo Linkedin colorido
  • Logo Twitter colorido
  • Logo Whatsapp Colorido

Você também vai gostar..

30, setembro, 2022

Como preparar sua loja virtual para a Black Friday? Checklist

Garantir o sucesso da sua loja virtual na Black Friday exige uma preparação de vários aspectos da operação. Veja nosso checklist para não deixar nada para trás!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

28, setembro, 2022

Sell in e sell out: o que são e quais as diferenças?

Sell in e sell out são importantes processos que compõem a cadeia de suprimentos. Entenda o conceito de cada um e como fazer a melhor gestão deles!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

27, setembro, 2022

Avaliação de produtos: por que e como incentivar no seu e-commerce?

A avaliação de produtos é um recurso que fornece uma prova social para os clientes, incentivando-o a fazer uma compra. Entenda como utilizá-la na sua loja!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

Cyber Monday 2022: o que é e como vender mais na data?

E-commerce

8 de novembro de 2021 (atualizado em 26 de setembro de 2022)

A cada ano que passa, fica mais claro que a Black Friday não se resume somente à última sexta-feira de novembro. O sucesso da Black Friday antecipada e a adesão crescente da Cyber Monday estão aí para comprovar esse movimento.

Criada com o objetivo de prolongar as ofertas no varejo online pós-Black Friday, a Cyber Monday é uma boa oportunidade para atingir aqueles consumidores que não aproveitaram as promoções da semana anterior.

Vale destacar que, apesar da data ser muito associada ao segmento de eletrônicos e games, ela pode ser utilizada para vender diferentes produtos, desde roupas até brinquedos, por exemplo.

Neste artigo você vai descobrir o que é a Cyber Monday e como aproveitar essa estratégia para potencializar as suas vendas neste final de ano!

O que é Cyber Monday?

A Cyber Monday (Segunda-feira Cibernética, em português) é um evento promocional realizado na primeira segunda-feira após o Dia de Ação de Graças — tradicional feriado norte-americano — e a Black Friday. Em 2022, a data cairá no dia 28 de novembro.

O evento foi criado em 2005, nos Estados Unidos, após uma constatação da Federação Nacional de Varejo de que a grande maioria das lojas virtuais registrava um aumento significativo de vendas na segunda-feira após o Dia de Ação de Graças.

Dessa forma, a Cyber Monday surgiu como uma extensão da Black Friday, com o objetivo de impulsionar as vendas de final de ano, exclusivamente no varejo online — é justamente daí que vem o nome “Cyber”.

Ou seja, enquanto a Black Friday originou-se nas lojas físicas e, aos poucos, foi se popularizando no e-commerce, a Cyber Monday sempre foi um evento voltado para o comércio eletrônico.

E no Brasil?

Assim como a Black Friday, a Cyber Monday foi importada pelo Brasil alguns anos após a sua criação. Por aqui, a ocasião foi ganhando mais visibilidade a partir de 2012, registrando um forte crescimento nos últimos anos.

Segundo um relatório da Neotrust, o faturamento da Cyber Monday em 2021 foi de R$ 827,4 milhões, o que representa um aumento de 17,7% em relação ao alcançado em 2020.

O ticket médio também subiu em 10,1%, ficando em R$ 509,53, enquanto o número de pedidos foi de 1,62 milhão, valor 6,9% maior do que no ano anterior.

Vale a pena vender na Cyber Monday?

Considerando que a própria Black Friday tem se tornado cada vez mais digital, a Cyber Monday tem ampliado o seu sentido, como uma extensão da sexta-feira mais promocional do ano.

Portanto, o evento da segunda-feira pode ser bastante estratégico para as lojas virtuais, sendo possível utilizá-lo para alavancar ainda mais as vendas de final de ano, independentemente do segmento do seu negócio.

Uma boa estratégia também é aproveitar a data para queimar o estoque que não foi vendido na sexta-feira anterior.

Além disso, apesar da Cyber Monday ser tradicionalmente associada a produtos eletrônicos e games, o evento não se restringe à venda desses itens. Atualmente, lojas de diferentes segmentos têm aproveitado a ocasião para ofertar suas mercadorias.

Prova disso é que, entre as médias e pequenas empresas, o setor que mais faturou na Cyber Monday 2021 foi o de Moda e Acessórios, segundo o relatório da Neotrust.

Como vender mais na Cyber Monday 2022?

A Cyber Monday representa a última chance de impulsionar as suas vendas antes do Natal e liquidar os seus produtos. Saiba como aproveitar o potencial desse evento no seu e-commerce!

Garanta a eficiência da sua operação

Assim como no caso da Black Friday, é importante se preparar com antecedência para assegurar a eficiência do seu e-commerce durante a Cyber Monday.

Faça uma seleção prévia de quais mercadorias entrarão em promoção e negocie com os seus fornecedores para garantir o estoque de produtos e embalagens.

Além disso, prepare a sua operação logística e de atendimento, para que a sua equipe não fique sobrecarregada e os clientes tenham a melhor experiência de compra na ocasião.

Baseie-se nos resultados da Black Friday

Mesmo sendo essencial ter um planejamento prévio para a Cyber Monday, não deixe de revê-lo e adaptá-lo após a Black Friday.

Afinal, os resultados da sua loja virtual no evento podem ser uma grande fonte de insights para definir estratégias mais assertivas para a segunda-feira.

Dessa forma, analise quais ações tiveram os melhores resultados e identifique os produtos mais vendidos e quais ainda estão disponíveis no estoque, para ofertá-los na Cyber Monday.

Também vale estudar as estratégias utilizadas pela concorrência ao longo da Black Friday, assim como as tendências do mercado, para entender as demandas do público e maximizar as suas vendas.

Estruture bem as promoções

A Cyber Monday é o último grande evento do período da Black Friday. Isso significa que os consumidores já pesquisaram bastante os produtos e preços no mercado, estando mais preparados e engajados para fazer sua compra.

Então, agora é a hora de conquistá-los com uma condição diferenciada para que eles decidam comprar no seu e-commerce.

Uma vantagem muito atrativa, nesse sentido, é o frete grátis. O estudo da Neotrust indica que 66% dos pedidos realizados na Black Friday 2021 contaram com essa facilidade, mostrando a importância do benefício para os clientes.

Descubra como precificar seus produtos e promocionar de maneira assertiva com nossa Calculadora de Preços gratuita.


Acesse a calculadora de preços do Pagar.me!

Invista em ações de remarketing

Uma boa estratégia para alcançar os consumidores com uma maior chance de conversão na Cyber Monday é investir no remarketing, seja por meio de anúncios pagos de Google Ads e Facebook Ads ou de envios de e-mail marketing.

Esse tipo de ação impacta os usuários que já tiveram algum contato com a sua loja. Assim, você consegue incentivar aqueles clientes que já demonstraram interesse na marca a voltarem no e-commerce e fecharem um pedido.

Ou seja, pode funcionar como uma ótima oportunidade de recuperar os carrinhos abandonados na Black Friday.

Aposte no gatilho da urgência

Aproveite o fato de que a Cyber Monday é a última data promocional do período da Black Friday para gerar urgência nos consumidores e incentivá-los a correrem para conferir as últimas ofertas do mês.

Para explorar esse gatilho mental, você pode fazer contagens regressivas no site e nas redes sociais da sua loja, além de utilizar expressões como “Última chance!” e “Aproveite enquanto dá tempo!” nas suas peças de divulgação.

Atenção aos horários

De acordo com a Crystal Zoom, em 2021, entre 00h e 01h, mais de 330 produtos foram vendidos por minuto, sendo o principal horário de pico de vendas na Cyber Monday. No ano anterior, também houve um pico de vendas entre 22h e 02h, segundo o Adobe Analytics.

Dessa forma, já podemos supor que o período entre o final da noite e começo da madrugada é o horário em que os consumidores estão ávidos por ofertas. Então, aproveite esse insight de mercado para refinar a sua estratégia de vendas e promocionar de maneira assertiva.

Viu só como você pode aproveitar a Cyber Monday no seu e-commerce? Com um planejamento assertivo e estratégias de marketing, essa data pode ser decisiva para fechar o período da Black Friday com chave de ouro no seu negócio.

Mas lembre-se de que o seu trabalho não para por aí! Confira nosso conteúdo e descubra como fidelizar os clientes conquistados no pós-Black Friday para vender mais até o Natal!

Compartilhe esse conteúdo

  • Logo Facebook colorido
  • Logo Linkedin colorido
  • Logo Twitter colorido
  • Logo Whatsapp Colorido

Você também vai gostar..

30, setembro, 2022

Como preparar sua loja virtual para a Black Friday? Checklist

Garantir o sucesso da sua loja virtual na Black Friday exige uma preparação de vários aspectos da operação. Veja nosso checklist para não deixar nada para trás!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

28, setembro, 2022

Sell in e sell out: o que são e quais as diferenças?

Sell in e sell out são importantes processos que compõem a cadeia de suprimentos. Entenda o conceito de cada um e como fazer a melhor gestão deles!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

27, setembro, 2022

Avaliação de produtos: por que e como incentivar no seu e-commerce?

A avaliação de produtos é um recurso que fornece uma prova social para os clientes, incentivando-o a fazer uma compra. Entenda como utilizá-la na sua loja!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo