Cyber Monday 2023: o que é e como vender mais na data?

E-commerce

8 de novembro de 2021 (atualizado em 6 de outubro de 2023)

A cada ano que passa, fica mais claro que a Black Friday não se resume somente à última sexta-feira de novembro. O sucesso da Black Friday antecipada e a adesão crescente da Cyber Monday estão aí para comprovar esse movimento.

Criada com o objetivo de prolongar as ofertas no varejo online pós-Black Friday, a Cyber Monday é uma boa oportunidade para atingir aqueles consumidores que não aproveitaram as promoções da semana anterior.

Vale destacar que, apesar da data ser muito associada ao segmento de eletrônicos e games, ela pode ser utilizada para vender diferentes produtos, desde roupas até brinquedos, por exemplo.

Nos tópicos a seguir, você vai descobrir o que é a Cyber Monday e como aproveitar essa estratégia para potencializar as suas vendas:

  • O que é Cyber Monday?
  • Quando é a Cyber Monday?
  • Cyber Monday no Brasil
  • Vale a pena vender na Cyber Monday?
  • Como vender mais na Cyber Monday 2023?

O que é Cyber Monday?

A Cyber Monday (Segunda-feira Cibernética, em português) é um evento promocional realizado na primeira segunda-feira após o Dia de Ação de Graças — tradicional feriado norte-americano — e a Black Friday.

O evento foi criado em 2005, nos Estados Unidos, após uma constatação da Federação Nacional de Varejo de que a grande maioria das lojas virtuais registrava um aumento significativo de vendas na segunda-feira após o Dia de Ação de Graças.

Dessa forma, a Cyber Monday surgiu como uma extensão da Black Friday, com o objetivo de impulsionar as vendas de final de ano, exclusivamente no varejo online — é justamente daí que vem o nome “Cyber”.

Ou seja, enquanto a Black Friday originou-se nas lojas físicas e, aos poucos, foi se popularizando no e-commerce, a Cyber Monday sempre foi um evento voltado para o comércio eletrônico.

Quando é a Cyber Monday?

Como explicado no tópico anterior, a Cyber Monday acontece na segunda-feira após a Black Friday. Em 2023, a data cairá no dia 27 de novembro.

Mas vale lembrar ainda que a estratégia de prolongar promoções tem ganhado muito espaço, como é o caso da Black November e Black Week. O mesmo pode ser aplicado na Cyber Monday, fazendo uma semana de promoções, desde que a campanha seja muito bem estruturada e amarrada.

Cyber Monday no Brasil

Assim como a Black Friday, a Cyber Monday foi importada pelo Brasil alguns anos após a sua criação. Por aqui, a ocasião foi ganhando mais visibilidade a partir de 2012, registrando um forte crescimento nos últimos anos.

Em 2022, a Cyber Monday teve um faturamento de R$ 737 milhões e ticket médio de R$ 493,95, de acordo com dados da NielsenIQ|Ebit.

Por outro lado, a pesquisa aponta que a quantidade de pedidos foi 12% menor que em 2021, tendo a Copa do Mundo como um fator decisivo para essa queda nas vendas.

Entre as categorias de produtos com maior faturamento estão: Eletrônicos, Eletrodomésticos, Telefonia, Moda e Acessórios e Móveis.

Vale a pena vender na Cyber Monday?

Considerando que a própria Black Friday tem se tornado cada vez mais digital, a Cyber Monday tem ampliado o seu sentido, como uma extensão da sexta-feira mais promocional do ano.

Portanto, o evento da segunda-feira pode ser bastante estratégico para as lojas virtuais, sendo possível utilizá-lo para alavancar ainda mais as vendas de final de ano, independentemente do segmento do seu negócio.

Uma boa estratégia também é aproveitar a data para queimar o estoque que não foi vendido na sexta-feira anterior.

Além disso, apesar da Cyber Monday ser tradicionalmente associada a produtos eletrônicos e games, o evento não se restringe à venda desses itens. Atualmente, lojas de diferentes segmentos têm aproveitado a ocasião para ofertar suas mercadorias.

Prova disso é que os setores que mais faturaram na Cyber Monday 2022 foram o de Moda e Acessórios e Móveis, segundo a pesquisa NielsenIQ|Ebit.

Como vender mais na Cyber Monday 2023?

A Cyber Monday representa a última chance de impulsionar as suas vendas antes do Natal e liquidar os seus produtos. Saiba como aproveitar o potencial desse evento no seu e-commerce!

Garanta a eficiência da sua operação

Assim como na Black Friday, é importante se preparar com antecedência para assegurar a eficiência do seu e-commerce durante a Cyber Monday.

Faça uma seleção prévia de quais mercadorias entrarão em promoção e negocie com os seus fornecedores para garantir o estoque de produtos e embalagens.

Além disso, prepare a operação logística e de atendimento, para que a sua equipe não fique sobrecarregada e os clientes tenham a melhor experiência de compra na ocasião.

Baseie-se nos resultados da Black Friday

Mesmo sendo essencial ter um planejamento prévio para a Cyber Monday, não deixe de revê-lo e adaptá-lo após a Black Friday.

Afinal, os resultados da sua loja virtual no evento podem ser uma grande fonte de insights para definir estratégias mais assertivas para a segunda-feira.

Dessa forma, analise quais ações tiveram os melhores resultados e identifique os produtos mais vendidos e quais ainda estão disponíveis no estoque, para ofertá-los na Cyber Monday.

Também vale estudar as estratégias utilizadas pela concorrência ao longo da Black Friday, assim como as tendências do mercado, para entender as demandas do público e maximizar as suas vendas.

Estruture bem as promoções

A Cyber Monday é o último grande evento do período da Black Friday. Isso significa que os consumidores já pesquisaram bastante os produtos e preços no mercado, estando mais preparados e engajados para fazer sua compra.

Então, agora é a hora de conquistá-los com uma condição diferenciada para que eles decidam comprar no seu e-commerce.

Entenda o que vale a pena ser promocionado: itens de maior saída, produtos encalhados, excedentes no estoque que restaram da Black Friday, percentual sobre todos os itens da loja, descontos progressivos…

As opções são diversas, entenda o que faz sentido para o momento do seu negócio e calcule muito bem a margem de lucro para você não ter prejuízo com as promoções.

Descubra como precificar seus produtos e promocionar de maneira assertiva com nossa Calculadora de Preços gratuita.


Acesse a calculadora de preços do Pagar.me!


Dica extra: frete grátis

Uma vantagem muito atrativa para promocionar é o frete grátis. Segundo uma pesquisa da Offerwise, encomendada pelo Google, o custo do frete é um dos cinco pontos mais importantes para o cliente definir em qual site vai comprar um produto.

Além disso, para a Black Friday deste ano, o Google vai lançar uma novidade: a etiqueta de frete grátis no Google Shopping, facilitando que o usuário encontre de forma mais rápida as melhores ofertas. Vale ficar de olho para não deixar o seu negócio de fora dessa!

Invista em ações de retargeting

Uma boa estratégia para alcançar os consumidores com uma maior chance de conversão na Cyber Monday é investir no retargeting, que consiste em criar anúncios pagos de Google Ads e Facebook Ads para impactar os usuários que já tiveram algum contato com a sua loja.

Assim, você consegue incentivar aqueles clientes que já demonstraram interesse na marca a voltarem no seu e-commerce e fecharem um pedido.

Ou seja, isso pode funcionar como uma ótima oportunidade de recuperar os carrinhos abandonados na Black Friday.

Crie estratégias de remarketing

Em linha com o retargeting, o remarketing tem o objetivo de impactar novamente os usuários que já tiveram contato com a sua marca, mas é feito de forma orgânica, podendo ser via e-mail marketing, WhatsApp, redes sociais etc.

É interessante criar campanhas não apenas para quem deixou um produto no carrinho, como também para os clientes já fidelizados, incentivando a recompra.

O uso do link de pagamento é um recurso interessante para encurtar o processo de compra dentro dessa estratégia e agilizar a tomada de decisão do cliente. No caso dos carrinhos abandonados, por exemplo, é possível enviar um link já personalizado com os itens selecionados via WhatsApp ou e-mail.

Aposte no gatilho da urgência

Aproveite o fato de que a Cyber Monday é a última data promocional do período da Black Friday para gerar urgência nos consumidores e incentivá-los a correrem para conferir as últimas ofertas do mês.

Para explorar esse gatilho mental, você pode fazer contagens regressivas no site e nas redes sociais da sua loja, além de utilizar expressões como “Última chance!” e “Aproveite enquanto dá tempo!” nas suas peças de divulgação.

Faça cross selling e up selling

Para proporcionar uma experiência de compra mais completa para seus clientes e elevar o ticket médio de seus pedidos na Cyber Monday, as estratégias de cross selling e up selling não podem faltar em seu e-commerce.

O cross selling é a possibilidade de recomendar produtos complementares ao item principal colocado no carrinho. Por exemplo, para quem compra um notebook, as recomendações possíveis são um headphone, teclado e mouse USB.

Já o up selling é uma estratégia para apresentar produtos de versões superiores ao consumidor. Por exemplo, um modelo de celular mais recente do que o adicionado no carrinho.

Em ambos os casos, é preciso ter um copywriting atrativo e explicativo, mostrando a vantagem de aproveitar a sugestão — como a economia que pode ser feita com o combo ou a pequena diferença de preço para levar um item superior, por exemplo.

Ainda vale destacar a importância de contar com tecnologias que façam essa sugestão com base em inteligência de dados, para que as recomendações sejam assertivas e façam sentido para o consumidor.

Viu só como você pode aproveitar a Cyber Monday no seu e-commerce? Com um planejamento assertivo e estratégias de marketing, essa data pode ser decisiva para fechar o período da Black Friday com chave de ouro no seu negócio.

Mas lembre-se de que o seu trabalho não para por aí. Confira nosso conteúdo e descubra como fidelizar os clientes conquistados no pós-Black Friday para vender mais até o Natal!

Compartilhe esse conteúdo

  • Logo Facebook colorido
  • Logo Linkedin colorido
  • Logo Twitter colorido
  • Logo Whatsapp Colorido

Você também vai gostar..

22, fevereiro, 2024

Como fazer live no Instagram? Passo a passo + 5 dicas

Aprenda o passo a passo de como fazer live no Instagram e confira dicas para fazer uma transmissão que gere vendas para a sua loja!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

20, fevereiro, 2024

Estoque máximo: o que é e como calcular o indicador?

Este conteúdo vai te ensinar como calcular o estoque máximo para mensurar o volume total de produtos que podem ser armazenados no seu negócio. Confira!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

19, fevereiro, 2024

Pagamento recusado: motivos para acontecer e como resolver

Ter um pagamento recusado pode ser um grande problema para a conversão de vendas online. Entenda os motivos para essa situação e como lidar com ela!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo