8 estratégias para disparar suas vendas de Natal em 2022

E-commerce

5 de dezembro de 2022

Após uma Black Friday de muitas ofertas, os consumidores já estão preparados para comprar os presentes de Natal deste ano.

De acordo com um levantamento da AlliN e do Opinion Box, 60% dos brasileiros pretendem fazer compras de Natal em 2022. Destes, 52% já começaram a pesquisar por ofertas e 23% pretendem começar com um mês de antecedência.

Logo, se você quer aproveitar a intenção de compra dos seus clientes, está na hora de fazer a sua loja se destacar nesse período.

Por isso, não perca mais tempo e conheça as principais tendências e estratégias para aumentar suas vendas de Natal!

O que vender no Natal?

Segundo a pesquisa da AlliN, as principais categorias de produtos que os consumidores pretendem comprar ou já estão comprando para o Natal de 2022 são:

  • Moda e acessórios (49%);
  • Beleza e cosméticos (33%);
  • Brinquedos (30%);
  • Eletrônicos e informática (30%);
  • Casa e decoração (30%);
  • Alimentos e bebidas (28%);
  • Supermercado (27%);
  • Eletrodomésticos e eletroportáteis (26%);
  • Livraria (17%);
  • Viagens e turismo (16%);
  • Telefonia (14%);
  • Esportes (13%);
  • Farmácia e saúde (10%);
  • Multicategoria (9%);
  • Produtos artesanais (9%);
  • Petshop (8%);
  • Joias (7%).

Vale ressaltar que a grande maioria pretende presentear os familiares, com destaque para filhos (52%), mãe (49%), cônjuge (48%) e pai (30%). Além disso, um dado interessante é que 31% também pretendem aproveitar as ofertas de Natal para fazer compras para si mesmos.

Como aumentar as vendas de Natal?

Agora que você sabe o que pode esperar para o Natal deste ano, confira algumas estratégias que separamos para impulsionar suas vendas na data.

1. Entre no clima do Natal

Assim como nas demais datas comemorativas, é essencial entrar no clima festivo e decorar o seu e-commerce com elementos temáticos de Natal.

Crie uma identidade visual para a sua campanha natalina e aplique-a em banners e outros elementos do seu site, bem como nas suas peças de divulgação, como posts para redes sociais, anúncios de mídia paga e e-mail marketing.

Uma dica é incluir um pop-up especial de Natal na sua loja virtual, incentivando os usuários a se cadastrarem para receber algum benefício para as suas compras para a data.

2. Ofereça benefícios na entrega do pedido

Além de preços muito altos, os principais fatores que fariam o consumidor desistir de ir às compras no Natal este ano são taxas de frete caras e prazos de entrega ruins — é isso que aponta o relatório da AlliN.

Isso significa que os compradores esperam que as suas compras cheguem antes do dia de Natal e não querem pagar um frete mais caro que o produto para isso.

Dessa forma, se você quer evitar o abandono de carrinho no seu e-commerce, é fundamental oferecer opções vantajosas de envio.

Alguns benefícios que você pode disponibilizar, sem afetar a sua lucratividade, são frete grátis para compras acima de um determinado valor, frete fixo para certas regiões do país e modalidades de entrega expressa.

Outra vantagem interessante, nesse sentido, é a troca gratuita. Esse pode ser um importante diferencial para aqueles clientes que ficam na dúvida se o produto vai agradar o presenteado ou se o item vai servir, por exemplo, no caso de roupas e calçados.

3. Faça comunicações personalizadas

Apesar de boa parte dos consumidores já estarem adquirindo os seus presentes de Natal, 19% do público ainda está indeciso sobre ir às compras ou não, segundo a AlliN.

Você pode explorar essa fatia do mercado por meio de estratégias de comunicação personalizadas de acordo com o perfil e os comportamentos dos compradores. Para isso, o e-mail marketing é um excelente canal.

É possível segmentar a base de contatos do seu negócio por diferentes critérios, como histórico de compra, interesses e dados demográficos.

A partir disso, é só criar campanhas customizadas, com as melhores ofertas e argumentos de venda para cada grupo de clientes. Assim, você terá muito mais chances de quebrar as objeções dos consumidores e convencê-los a comprar na ocasião.

4. Invista em ações promocionais

Para convencer os indecisos a comprar no seu e-commerce, também é essencial oferecer benefícios atrativos nas vendas de Natal.

O estudo da AlliN também revelou que, dentre aqueles que não pretendem comprar no Natal, 10% mudariam de ideia se recebessem um bom cupom de desconto ou se achassem uma oferta que valesse muito a pena.

Outras ações promocionais possíveis são kits de produtos e descontos progressivos, além do frete grátis, como já mencionamos. Lembrando que é indispensável calcular os descontos oferecidos estrategicamente, para não ter prejuízos com as promoções.


Acesse a calculadora de preços do Pagar.me!


5. Promova ações solidárias

Considerando que o Natal é uma sazonalidade muito marcada pelo sentimento de solidariedade, essa também pode ser uma boa oportunidade para demonstrar o comprometimento social da sua loja.

Você pode apoiar algum projeto ou organização social, arrecadando doações ou revertendo uma certa porcentagem das vendas do e-commerce no período do Natal para alguma instituição, por exemplo.

Essa é uma ótima forma de trabalhar o Marketing Social na sua marca, mostrando ao público os valores defendidos pela loja e, por consequência, atraindo consumidores que também se identificam com esses pilares.

6. Crie guias de presentes para o Natal

Uma grande dúvida dos consumidores na época do Natal é o que adquirir para presentear seus familiares e amigos na ocasião. Para facilitar a experiência de compra, que tal criar guias de presentes no seu e-commerce?

Você pode fazer posts nas redes sociais ou até mesmo criar categorias específicas no seu site com sugestões de presentes divididos por faixa de preço ou por quem será presenteado.

Por exemplo, ideias de presentes por até R$ 50, brinquedos para crianças de até 12 anos ou presentes criativos para a esposa ou o marido.

7. Incentive recompras na sua loja

De acordo com a AlliN, 32% dos consumidores pretendem comprar nas mesmas lojas em que compraram no Natal do ano passado. Dessa maneira, o Natal é uma ótima ocasião para explorar a sua base de clientes já existentes e incentivar a recompra na sua loja.

Uma boa estratégia é trabalhar o cross selling, ou seja, oferecer produtos complementares àqueles que o comprador já adquiriu anteriormente.

Se uma pessoa comprou uma bolsa em uma promoção de Black Friday da sua loja, que tal oferecer um par de sapatos combinando no Natal?

Se você tiver proporcionado uma experiência positiva da última vez, certamente o usuário terá grandes chances de comprar novamente no seu e-commerce — ainda mais se essa estratégia for combinada com uma boa promoção.

8. Facilite o processo de pagamento

A AlliN indica que as principais formas de pagamento utilizadas para as compras de Natal serão cartão de crédito parcelado (56%), cartão de crédito à vista (36%) e Pix (31%). Sendo assim, é essencial oferecer essas modalidades na sua loja virtual.

Além disso, um dado importante é que 30% dos consumidores pretendem dividir o valor do presente com alguém, seja um cônjuge, irmãos, amigos ou pais.

No entanto, nem sempre é simples fazer essa divisão. Em um checkout tradicional, é preciso que uma única pessoa faça a compra e, depois, os outros compradores paguem suas respectivas partes para ela.

Com o Multicompradores, funcionalidade disponível nas soluções de pagamento do Pagar.me, o cliente não tem esse problema!

Esse recurso permite a divisão do pagamento por mais de um consumidor no seu e-commerce. Dessa forma, é feito um único pedido no site, mas cada pessoa envolvida paga a sua parte individualmente.

Essa possibilidade ajuda a encantar os clientes com uma experiência simples e ágil, o que pode fazer toda a diferença para alavancar as suas vendas de Natal.

Se você quer oferecer essa funcionalidade para os seus clientes, além de vender por cartão, boleto e Pix, com segurança e praticidade, cadastre-se no Pagar.me! Com as nossas soluções, você terá um checkout seguro, rápido e estável para vender neste Natal.


Cadastre-se no Pagar.me!

Compartilhe esse conteúdo

  • Logo Facebook colorido
  • Logo Linkedin colorido
  • Logo Twitter colorido
  • Logo Whatsapp Colorido

Você também vai gostar..

05, dezembro, 2022

8 estratégias para disparar suas vendas de Natal (2022)

Quer potencializar as vendas de Natal da sua loja? Confira as principais tendências de consumo e estratégias para lucrar na data este ano.

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

01, dezembro, 2022

Venda casada: o que é e o que diz a lei sobre essa prática?

Confira o que é venda casada, por que essa prática é considerada um crime pela legislação e como evitá-la no seu negócio.

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

30, novembro, 2022

Unboxing: o que é e como investir nessa estratégia?

Você sabe o que é unboxing? Saiba mais sobre esse processo de desempacotar uma compra e como aproveitar essa tendência na sua loja!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

8 estratégias para disparar suas vendas de Natal em 2022

E-commerce

5 de dezembro de 2022

Após uma Black Friday de muitas ofertas, os consumidores já estão preparados para comprar os presentes de Natal deste ano.

De acordo com um levantamento da AlliN e do Opinion Box, 60% dos brasileiros pretendem fazer compras de Natal em 2022. Destes, 52% já começaram a pesquisar por ofertas e 23% pretendem começar com um mês de antecedência.

Logo, se você quer aproveitar a intenção de compra dos seus clientes, está na hora de fazer a sua loja se destacar nesse período.

Por isso, não perca mais tempo e conheça as principais tendências e estratégias para aumentar suas vendas de Natal!

O que vender no Natal?

Segundo a pesquisa da AlliN, as principais categorias de produtos que os consumidores pretendem comprar ou já estão comprando para o Natal de 2022 são:

  • Moda e acessórios (49%);
  • Beleza e cosméticos (33%);
  • Brinquedos (30%);
  • Eletrônicos e informática (30%);
  • Casa e decoração (30%);
  • Alimentos e bebidas (28%);
  • Supermercado (27%);
  • Eletrodomésticos e eletroportáteis (26%);
  • Livraria (17%);
  • Viagens e turismo (16%);
  • Telefonia (14%);
  • Esportes (13%);
  • Farmácia e saúde (10%);
  • Multicategoria (9%);
  • Produtos artesanais (9%);
  • Petshop (8%);
  • Joias (7%).

Vale ressaltar que a grande maioria pretende presentear os familiares, com destaque para filhos (52%), mãe (49%), cônjuge (48%) e pai (30%). Além disso, um dado interessante é que 31% também pretendem aproveitar as ofertas de Natal para fazer compras para si mesmos.

Como aumentar as vendas de Natal?

Agora que você sabe o que pode esperar para o Natal deste ano, confira algumas estratégias que separamos para impulsionar suas vendas na data.

1. Entre no clima do Natal

Assim como nas demais datas comemorativas, é essencial entrar no clima festivo e decorar o seu e-commerce com elementos temáticos de Natal.

Crie uma identidade visual para a sua campanha natalina e aplique-a em banners e outros elementos do seu site, bem como nas suas peças de divulgação, como posts para redes sociais, anúncios de mídia paga e e-mail marketing.

Uma dica é incluir um pop-up especial de Natal na sua loja virtual, incentivando os usuários a se cadastrarem para receber algum benefício para as suas compras para a data.

2. Ofereça benefícios na entrega do pedido

Além de preços muito altos, os principais fatores que fariam o consumidor desistir de ir às compras no Natal este ano são taxas de frete caras e prazos de entrega ruins — é isso que aponta o relatório da AlliN.

Isso significa que os compradores esperam que as suas compras cheguem antes do dia de Natal e não querem pagar um frete mais caro que o produto para isso.

Dessa forma, se você quer evitar o abandono de carrinho no seu e-commerce, é fundamental oferecer opções vantajosas de envio.

Alguns benefícios que você pode disponibilizar, sem afetar a sua lucratividade, são frete grátis para compras acima de um determinado valor, frete fixo para certas regiões do país e modalidades de entrega expressa.

Outra vantagem interessante, nesse sentido, é a troca gratuita. Esse pode ser um importante diferencial para aqueles clientes que ficam na dúvida se o produto vai agradar o presenteado ou se o item vai servir, por exemplo, no caso de roupas e calçados.

3. Faça comunicações personalizadas

Apesar de boa parte dos consumidores já estarem adquirindo os seus presentes de Natal, 19% do público ainda está indeciso sobre ir às compras ou não, segundo a AlliN.

Você pode explorar essa fatia do mercado por meio de estratégias de comunicação personalizadas de acordo com o perfil e os comportamentos dos compradores. Para isso, o e-mail marketing é um excelente canal.

É possível segmentar a base de contatos do seu negócio por diferentes critérios, como histórico de compra, interesses e dados demográficos.

A partir disso, é só criar campanhas customizadas, com as melhores ofertas e argumentos de venda para cada grupo de clientes. Assim, você terá muito mais chances de quebrar as objeções dos consumidores e convencê-los a comprar na ocasião.

4. Invista em ações promocionais

Para convencer os indecisos a comprar no seu e-commerce, também é essencial oferecer benefícios atrativos nas vendas de Natal.

O estudo da AlliN também revelou que, dentre aqueles que não pretendem comprar no Natal, 10% mudariam de ideia se recebessem um bom cupom de desconto ou se achassem uma oferta que valesse muito a pena.

Outras ações promocionais possíveis são kits de produtos e descontos progressivos, além do frete grátis, como já mencionamos. Lembrando que é indispensável calcular os descontos oferecidos estrategicamente, para não ter prejuízos com as promoções.


Acesse a calculadora de preços do Pagar.me!


5. Promova ações solidárias

Considerando que o Natal é uma sazonalidade muito marcada pelo sentimento de solidariedade, essa também pode ser uma boa oportunidade para demonstrar o comprometimento social da sua loja.

Você pode apoiar algum projeto ou organização social, arrecadando doações ou revertendo uma certa porcentagem das vendas do e-commerce no período do Natal para alguma instituição, por exemplo.

Essa é uma ótima forma de trabalhar o Marketing Social na sua marca, mostrando ao público os valores defendidos pela loja e, por consequência, atraindo consumidores que também se identificam com esses pilares.

6. Crie guias de presentes para o Natal

Uma grande dúvida dos consumidores na época do Natal é o que adquirir para presentear seus familiares e amigos na ocasião. Para facilitar a experiência de compra, que tal criar guias de presentes no seu e-commerce?

Você pode fazer posts nas redes sociais ou até mesmo criar categorias específicas no seu site com sugestões de presentes divididos por faixa de preço ou por quem será presenteado.

Por exemplo, ideias de presentes por até R$ 50, brinquedos para crianças de até 12 anos ou presentes criativos para a esposa ou o marido.

7. Incentive recompras na sua loja

De acordo com a AlliN, 32% dos consumidores pretendem comprar nas mesmas lojas em que compraram no Natal do ano passado. Dessa maneira, o Natal é uma ótima ocasião para explorar a sua base de clientes já existentes e incentivar a recompra na sua loja.

Uma boa estratégia é trabalhar o cross selling, ou seja, oferecer produtos complementares àqueles que o comprador já adquiriu anteriormente.

Se uma pessoa comprou uma bolsa em uma promoção de Black Friday da sua loja, que tal oferecer um par de sapatos combinando no Natal?

Se você tiver proporcionado uma experiência positiva da última vez, certamente o usuário terá grandes chances de comprar novamente no seu e-commerce — ainda mais se essa estratégia for combinada com uma boa promoção.

8. Facilite o processo de pagamento

A AlliN indica que as principais formas de pagamento utilizadas para as compras de Natal serão cartão de crédito parcelado (56%), cartão de crédito à vista (36%) e Pix (31%). Sendo assim, é essencial oferecer essas modalidades na sua loja virtual.

Além disso, um dado importante é que 30% dos consumidores pretendem dividir o valor do presente com alguém, seja um cônjuge, irmãos, amigos ou pais.

No entanto, nem sempre é simples fazer essa divisão. Em um checkout tradicional, é preciso que uma única pessoa faça a compra e, depois, os outros compradores paguem suas respectivas partes para ela.

Com o Multicompradores, funcionalidade disponível nas soluções de pagamento do Pagar.me, o cliente não tem esse problema!

Esse recurso permite a divisão do pagamento por mais de um consumidor no seu e-commerce. Dessa forma, é feito um único pedido no site, mas cada pessoa envolvida paga a sua parte individualmente.

Essa possibilidade ajuda a encantar os clientes com uma experiência simples e ágil, o que pode fazer toda a diferença para alavancar as suas vendas de Natal.

Se você quer oferecer essa funcionalidade para os seus clientes, além de vender por cartão, boleto e Pix, com segurança e praticidade, cadastre-se no Pagar.me! Com as nossas soluções, você terá um checkout seguro, rápido e estável para vender neste Natal.


Cadastre-se no Pagar.me!

Compartilhe esse conteúdo

  • Logo Facebook colorido
  • Logo Linkedin colorido
  • Logo Twitter colorido
  • Logo Whatsapp Colorido

Você também vai gostar..

05, dezembro, 2022

8 estratégias para disparar suas vendas de Natal (2022)

Quer potencializar as vendas de Natal da sua loja? Confira as principais tendências de consumo e estratégias para lucrar na data este ano.

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

01, dezembro, 2022

Venda casada: o que é e o que diz a lei sobre essa prática?

Confira o que é venda casada, por que essa prática é considerada um crime pela legislação e como evitá-la no seu negócio.

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

30, novembro, 2022

Unboxing: o que é e como investir nessa estratégia?

Você sabe o que é unboxing? Saiba mais sobre esse processo de desempacotar uma compra e como aproveitar essa tendência na sua loja!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo