Social commerce: o que é e como adotar essa estratégia?

E-commerce

6 de maio de 2021

Você já utilizou as redes sociais para saber mais sobre uma marca, procurar as opiniões de outros clientes ou até mesmo para comprar algum produto online?

Segundo uma pesquisa da PwC Brasil, esses canais têm impacto nas decisões de compra de 77% dos consumidores, assumindo um papel cada vez mais importante na jornada do cliente.

Nesse contexto, o social commerce surge como uma estratégia extremamente relevante para as lojas virtuais interagirem com o público, divulgarem o seu negócio e gerarem vendas — tudo isso, é claro, por meio das redes sociais.

Quer entender melhor esse conceito? Continue a leitura e confira, neste artigo:

  • O que é social commerce?
  • Quais são as vantagens dessa estratégia?
  • Como colocar o social commerce em prática?

O que é social commerce?

Social commerce, também conhecido como s-commerce ou comércio social, é uma estratégia baseada no uso das redes sociais para promover uma marca e impulsionar suas vendas. Na prática, trata-se de uma integração entre o e-commerce e as redes sociais.

A ideia é criar ambientes colaborativos onde as pessoas possam interagir com uma loja e compartilhar suas opiniões, avaliações e experiências com a empresa, além de fazer compras diretamente nesses canais.

É importante entender que, quando falamos em “redes sociais”, não estamos nos referindo somente a aplicativos como Facebook e Instagram, mas a qualquer espaço que possibilite as interações entre os consumidores.

Nesse sentido, também fazem parte do social commerce sites de compras coletivas, plataformas de vendas entre pessoas físicas e ferramentas de avaliação de empresas e produtos.

Quais são as vantagens dessa estratégia?

Não há como negar a influência das redes sociais nas decisões de compras. Os consumidores utilizam esses canais, cada vez mais, para buscar informações sobre marcas, encontrar opiniões de outros clientes e adquirir produtos e serviços.

Segundo o estudo NuvemCommerce, as compras realizadas nas redes sociais cresceram de 22% para 34% em 2020. Essa é, portanto, uma tendência do comércio eletrônico que não podemos ignorar.

Ao trabalhar uma estratégia de social commerce em uma loja virtual, é possível estreitar o relacionamento com o público, compreendendo mais profundamente as suas preferências e expectativas.

Além disso, criar um espaço aberto para opiniões e avaliações ajuda a atribuir mais credibilidade e autoridade para a marca, conquistando a confiança dos clientes e consolidando uma boa reputação da empresa no mercado.

Tudo isso contribui, por fim, para a expansão da visibilidade do e-commerce e, consequentemente, para o aumento das vendas.

Como colocar o social commerce em prática?

Agora que você já sabe o que é social commerce e qual a sua importância, é hora de entender como investir nessa estratégia. Descubra as melhores dicas para colocá-la em prática!

Produza conteúdos nas redes sociais

O primeiro passo para adotar o social commerce é estar presente nas redes sociais certas. Lembre-se de que não é preciso criar um perfil em todos os canais, apenas naqueles onde o seu público-alvo está.

A partir da escolha das melhores plataformas para a sua marca, é essencial produzir conteúdos de qualidade, que atendam às principais necessidades e interesses dos seus consumidores, além de educá-los sobre o seu negócio e os seus produtos.

Promova interações com os consumidores

Para implementar uma estratégia eficiente de social commerce, é muito importante incentivar a interação e o engajamento da sua audiência nas redes sociais.

Inicie conversas com os consumidores, buscando conhecê-los melhor e mostrando que você valoriza as suas opiniões. Para isso, você pode produzir conteúdos interativos ou compartilhar e comentar os posts dos próprios clientes marcando a sua loja, por exemplo.

Também é fundamental responder todas as mensagens recebidas. Utilize uma linguagem clara e acessível para responder cada dúvida e comentário, com agilidade e empatia.

Post do Instagram do Boticário compartilhando feedbacks de clientes

Em um post do seu perfil no Instagram, o Boticário compartilha feedbacks recebidos de clientes sobre sua nova linha de produtos. Fonte: Instagram do Boticário.

Incentive as avaliações dos clientes

Um comportamento muito comum dos consumidores atuais é buscar depoimentos de quem já adquiriu o produto do seu interesse, antes de tomar sua decisão de compra - isso é conhecido como prova social.

Ao encontrar comentários positivos de outras pessoas, o usuário tem muito mais chances de fazer a compra. Por isso, motive os clientes a avaliarem tanto os produtos adquiridos quanto a experiência de compra oferecida pela sua loja.

Você pode incluir uma seção específica de avaliações nas páginas de produtos do seu site e também compartilhar os reviews recebidos nas redes sociais da marca.

Integre a loja virtual às redes sociais

Imagine um consumidor que entra nas redes sociais para encontrar mais informações sobre o seu negócio. Após pesquisar bastante e decidir que, enfim, está pronto para comprar, é importante facilitar esse processo para ele.

Uma boa prática, nesse sentido, é integrar a loja virtual às redes sociais, permitindo que os usuários visualizem os produtos oferecidos diretamente nestes canais e sejam facilmente direcionados para as páginas dos itens no e-commerce.

No Facebook, no Instagram e no Pinterest, por exemplo, é possível criar uma vitrine com os principais itens da sua loja.

Vitrine de produtos da Baw Clothing no Instagram

O Instagram da Baw Clothing conta com uma galeria dos produtos da marca, que direciona para as páginas dos itens no site. Fonte: Instagram da Baw Clothing.

Monitore a reputação da marca

Assim como depoimentos positivos podem contribuir para uma boa reputação da marca, críticas podem ser extremamente prejudiciais para a sua imagem. Sendo assim, é essencial monitorar o que as pessoas estão falando sobre a sua loja.

Existem ferramentas de monitoramento que permitem acompanhar todas as menções à sua empresa feitas nas mídias sociais e em sites de avaliações, como Reclame Aqui.

Trate cada reclamação com cuidado, buscando valorizar o relacionamento com os clientes e resolver com eficiência a situação.

Acompanhe as tendências e novidades

As redes sociais estão em constante evolução e, a cada dia, surgem novas tendências. Por esse motivo, você deve sempre acompanhar as novidades do mercado, os comportamentos dos consumidores e as ações realizadas pelos seus concorrentes.

Desse modo, será possível otimizar a sua estratégia de social commerce, diferenciando a sua marca e garantindo os melhores resultados.

Como você pode perceber, as redes sociais já são uma importante parte da jornada de compra do cliente. E as empresas que não se adaptarem a essa realidade vão perder espaço no mercado. Por isso, coloque nossas dicas em prática e saia na frente da concorrência.

Gostou de conhecer sobre social commerce? Aprofunde ainda mais seus conhecimentos e descubra o passo a passo para vender pelo WhatsApp Business!

Compartilhe esse conteúdo

  • Logo Facebook colorido
  • Logo Linkedin colorido
  • Logo Twitter colorido
  • Logo Whatsapp Colorido

Você também vai gostar..

18, junho, 2021

Como usar recursos visuais para aumentar as vendas no seu e-commerce

Quer cativar os clientes da sua loja virtual? Descubra neste artigo como usar recursos visuais para isso, melhorando a apresentação dos seus produtos!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

17, junho, 2021

Layout de loja virtual: 9 dicas para otimizar o seu site

Confira as melhores práticas para otimizar um layout de loja virtual, facilitando a navegação do usuário e aumentando as conversões.

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

16, junho, 2021

Estoque parado: como evitar e resolver esse problema?

O estoque parado é um problema que pode impactar a saúde financeira e o crescimento de um comércio. Descubra o que fazer para evitar e solucionar essa situação!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo