Top 10 dicas de vendas para iniciantes no varejo online

E-commerce

25 de fevereiro de 2022

Você fez o planejamento do seu empreendimento digital, colocou a operação em funcionamento e está tudo pronto para rodar. Mas como fazer as suas primeiras vendas?

Não existe uma fórmula mágica para impulsionar as conversões da sua loja virtual. Porém, há estratégias que podem te ajudar a se destacar no mercado e começar o seu negócio com o pé direito.

Para te ajudar nesse processo desafiador que é o início de um e-commerce, separamos as 10 melhores dicas de vendas para iniciantes. Aproveite!

1. Conheça a fundo a proposta da sua marca

Não adianta querer começar a implementar técnicas de vendas avançadas, sem antes fazer o básico. Ou seja, conhecer profundamente o seu negócio e os produtos ou serviços vendidos.

Tenha a proposta da sua marca bem clara, analisando as particularidades e as vantagens de cada solução comercializada. É importante entender como elas funcionam na prática e como podem ser úteis e atrativas para a realidade do cliente.

Com base nessas informações, você poderá encontrar os melhores argumentos de vendas e destacar os diferenciais dos produtos no mercado.

2. Coloque o cliente no centro de todas as suas estratégias

Um dos maiores erros de um empreendedor iniciante é não basear o seu planejamento estratégico nas necessidades e expectativas do cliente.

Se você quer encantar o consumidor com uma experiência memorável e fidelizá-lo à sua marca, é preciso ser Customer Centric. Ou seja, colocar o cliente no centro de todas as decisões da sua empresa.

Mas como implementar essa abordagem na prática? Coloque-se constantemente no lugar do cliente e escute o que ele tem a dizer.

Dessa forma, será possível proporcionar uma experiência personalizada, que visa atender às dores e preferências do consumidor, em todos os seus pontos de contato com a marca — desde a divulgação do negócio até o pós-venda.

3. Mapeie a jornada de compra do consumidor

A jornada de compra é o trajeto percorrido pelo cliente até decidir comprar a solução oferecida pela sua empresa. Ela é composta por quatro etapas:

  1. Aprendizado e descoberta;
  2. Reconhecimento do problema;
  3. Consideração da solução;
  4. Decisão de compra.

Ao mapear as necessidades e os comportamentos do consumidor em cada estágio dessa jornada, você pode identificar as estratégias de marketing mais assertivas para guiar o usuário por esse processo e aumentar as chances dele comprar com você.

Para um cliente que está na fase de consideração, por exemplo, é interessante criar conteúdos que ajudem o comprador a escolher a solução mais adequada para o seu problema, direcionando-o para o próximo passo, que é a decisão de compra.

Entenda como mapear a jornada de compra do seu cliente no conteúdo: Jornada de compra: o que é e como usar essa estratégia para vender mais?

4. Estude as estratégias da concorrência

Analisar os principais concorrentes do seu negócio é fundamental para encontrar oportunidades de se destacar no mercado.

Estude as soluções oferecidas e as estratégias de vendas utilizadas por essas empresas em seus diferentes canais de comunicação, como site, redes sociais e e-mails. Também vale buscar avaliações online sobre as marcas.

Isso permite identificar os pontos fortes e fracos da concorrência e, assim, encontrar as abordagens mais eficazes para o seu empreendimento se sobressair no mercado e conquistar o público-consumidor.

5. Quebre as objeções do consumidor

Assim como é importante entender a fundo a proposta da sua marca, também é essencial conhecer bem os potenciais clientes que você pretende atrair, ou seja, o público-alvo do seu negócio.

Levando em conta as principais características, comportamentos e dores desses consumidores, pense quais são as possíveis objeções que eles podem ter para comprar na sua loja online e, então, procure quebrá-las.

Se uma objeção dos seus clientes for o preço, por exemplo, uma dica é reforçar o valor agregado do produto nas suas divulgações.

Assim, o consumidor entenderá que o preço se deve aos benefícios oferecidos pela solução e você terá mais chances de convencê-lo a fazer uma compra.

6. Invista em Marketing Digital

Divulgar o seu e-commerce para os consumidores certos tem uma grande influência no seu desempenho de vendas. Nesse ponto, entra a importância de investir em estratégias de Marketing Digital.

Para quem está começando, uma boa prática é investir na produção de conteúdos relevantes para o público nas redes sociais. Essa é uma forma simples de começar a engajar os clientes e gerar visibilidade para a sua marca.

Além disso, existem diversas outras ferramentas que podem ser exploradas para aumentar o seu alcance e gerar vendas, como e-mail marketing, anúncios pagos, remarketing e SEO.

7. Explore os gatilhos mentais

Os gatilhos mentais são técnicas de persuasão que ajudam a acelerar a decisão de compra do consumidor.

Conheça os gatilhos mais utilizados, tanto por empreendedores iniciantes quanto por mais experientes, para impulsionar as vendas online:

  • Urgência: estabeleça um limite de tempo para o consumidor aproveitar uma oferta, fazendo promoções relâmpago, por exemplo;
  • Escassez: reforce a quantidade limitada de um produto ou promoção, mostrando que eles podem acabar a qualquer momento;
  • Prova social: mostre que a sua loja tem a aprovação de outros clientes, por meio de avaliações e reviews de consumidores que já compraram com você;
  • Autoridade: posicione seu negócio como uma referência no mercado, de forma a transmitir mais credibilidade para o público;
  • Novidade: faça lançamentos de novos produtos para manter a atenção dos consumidores e gerar mais vendas.

8. Não se esqueça do pós-venda

O seu trabalho não acaba após o consumidor finalizar uma compra! Lembre-se de que vender para um cliente que já comprou com você é muito mais fácil e barato do que para um novo.

Por isso, é imprescindível oferecer uma experiência encantadora de pós-venda para fidelizar o cliente e gerar novas oportunidades de vendas no seu negócio.

Mantenha a comunicação com o cliente após ele receber a sua compra, solicitando o seu feedback sobre os produtos adquiridos e compartilhando conteúdos e promoções exclusivas para ele.

Também é essencial garantir uma operação de logística reversa eficiente para lidar com possíveis casos de trocas e devoluções.

9. Acompanhe KPIs de vendas

Se você quer entender a performance do seu negócio e otimizar as estratégias de vendas implementadas, é preciso acompanhar periodicamente os KPIs (Key Performance Indicators ou indicadores-chave de desempenho) do seu e-commerce.

Alguns dos principais indicadores para um empreendimento online são:

  • Taxa de conversão: porcentagem de vendas realizadas em relação ao número de visitas recebidas pela loja virtual;
  • Índice de abandono de carrinho: percentual de consumidores que adicionam algum produto no carrinho, mas desistem da compra;
  • Ticket médio: valor médio dos pedidos realizados na loja em um determinado período de tempo;
  • TPV (Total Payments Volume ou Volume Total de Pagamentos): valor total de dinheiro transacionado por um meio de pagamento em um intervalo de tempo específico.

10. Aprofunde cada vez mais os seus conhecimentos

Para finalizar, não se limite às dicas de vendas que apresentamos aqui! É fundamental continuar aprofundando os seus conhecimentos para aprimorar os resultados do seu negócio cada vez mais.

Acompanhe as tendências do mercado, estude bastante e descubra novas estratégias e boas práticas para implementar no seu empreendimento digital.

Assim, a sua loja não vai ficar para trás dos concorrentes e você vai garantir um crescimento saudável a longo prazo.

Gostou das dicas de vendas para iniciantes que compartilhamos? Para receber outros conteúdos valiosos, inscreva-se na nossa newsletter e fique por dentro do mundo do empreendedorismo digital. Boas vendas!


Inscreva-se na newsletter do Pagar.me!

Compartilhe esse conteúdo

  • Logo Facebook colorido
  • Logo Linkedin colorido
  • Logo Twitter colorido
  • Logo Whatsapp Colorido

Você também vai gostar..

25, maio, 2022

10 ideias de ações para vender no Dia dos Namorados 2022

A data mais romântica do ano é uma excelente oportunidade para aquecer suas vendas. Confira as melhores ideias para vender no Dia dos Namorados 2022!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

24, maio, 2022

GMV: o que é e como acompanhar essa métrica?

GMV é uma sigla para Gross Merchandise Volume, ou Volume Bruto de Mercadoria, em português. Entenda como analisar esse indicador!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

23, maio, 2022

O que é giro de estoque e como calcular esse indicador?

Explicamos o que é giro de estoque e como calcular essa métrica para você controlar de perto a rotatividade de mercadorias no seu negócio.

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

Top 10 dicas de vendas para iniciantes no varejo online

E-commerce

25 de fevereiro de 2022

Você fez o planejamento do seu empreendimento digital, colocou a operação em funcionamento e está tudo pronto para rodar. Mas como fazer as suas primeiras vendas?

Não existe uma fórmula mágica para impulsionar as conversões da sua loja virtual. Porém, há estratégias que podem te ajudar a se destacar no mercado e começar o seu negócio com o pé direito.

Para te ajudar nesse processo desafiador que é o início de um e-commerce, separamos as 10 melhores dicas de vendas para iniciantes. Aproveite!

1. Conheça a fundo a proposta da sua marca

Não adianta querer começar a implementar técnicas de vendas avançadas, sem antes fazer o básico. Ou seja, conhecer profundamente o seu negócio e os produtos ou serviços vendidos.

Tenha a proposta da sua marca bem clara, analisando as particularidades e as vantagens de cada solução comercializada. É importante entender como elas funcionam na prática e como podem ser úteis e atrativas para a realidade do cliente.

Com base nessas informações, você poderá encontrar os melhores argumentos de vendas e destacar os diferenciais dos produtos no mercado.

2. Coloque o cliente no centro de todas as suas estratégias

Um dos maiores erros de um empreendedor iniciante é não basear o seu planejamento estratégico nas necessidades e expectativas do cliente.

Se você quer encantar o consumidor com uma experiência memorável e fidelizá-lo à sua marca, é preciso ser Customer Centric. Ou seja, colocar o cliente no centro de todas as decisões da sua empresa.

Mas como implementar essa abordagem na prática? Coloque-se constantemente no lugar do cliente e escute o que ele tem a dizer.

Dessa forma, será possível proporcionar uma experiência personalizada, que visa atender às dores e preferências do consumidor, em todos os seus pontos de contato com a marca — desde a divulgação do negócio até o pós-venda.

3. Mapeie a jornada de compra do consumidor

A jornada de compra é o trajeto percorrido pelo cliente até decidir comprar a solução oferecida pela sua empresa. Ela é composta por quatro etapas:

  1. Aprendizado e descoberta;
  2. Reconhecimento do problema;
  3. Consideração da solução;
  4. Decisão de compra.

Ao mapear as necessidades e os comportamentos do consumidor em cada estágio dessa jornada, você pode identificar as estratégias de marketing mais assertivas para guiar o usuário por esse processo e aumentar as chances dele comprar com você.

Para um cliente que está na fase de consideração, por exemplo, é interessante criar conteúdos que ajudem o comprador a escolher a solução mais adequada para o seu problema, direcionando-o para o próximo passo, que é a decisão de compra.

Entenda como mapear a jornada de compra do seu cliente no conteúdo: Jornada de compra: o que é e como usar essa estratégia para vender mais?

4. Estude as estratégias da concorrência

Analisar os principais concorrentes do seu negócio é fundamental para encontrar oportunidades de se destacar no mercado.

Estude as soluções oferecidas e as estratégias de vendas utilizadas por essas empresas em seus diferentes canais de comunicação, como site, redes sociais e e-mails. Também vale buscar avaliações online sobre as marcas.

Isso permite identificar os pontos fortes e fracos da concorrência e, assim, encontrar as abordagens mais eficazes para o seu empreendimento se sobressair no mercado e conquistar o público-consumidor.

5. Quebre as objeções do consumidor

Assim como é importante entender a fundo a proposta da sua marca, também é essencial conhecer bem os potenciais clientes que você pretende atrair, ou seja, o público-alvo do seu negócio.

Levando em conta as principais características, comportamentos e dores desses consumidores, pense quais são as possíveis objeções que eles podem ter para comprar na sua loja online e, então, procure quebrá-las.

Se uma objeção dos seus clientes for o preço, por exemplo, uma dica é reforçar o valor agregado do produto nas suas divulgações.

Assim, o consumidor entenderá que o preço se deve aos benefícios oferecidos pela solução e você terá mais chances de convencê-lo a fazer uma compra.

6. Invista em Marketing Digital

Divulgar o seu e-commerce para os consumidores certos tem uma grande influência no seu desempenho de vendas. Nesse ponto, entra a importância de investir em estratégias de Marketing Digital.

Para quem está começando, uma boa prática é investir na produção de conteúdos relevantes para o público nas redes sociais. Essa é uma forma simples de começar a engajar os clientes e gerar visibilidade para a sua marca.

Além disso, existem diversas outras ferramentas que podem ser exploradas para aumentar o seu alcance e gerar vendas, como e-mail marketing, anúncios pagos, remarketing e SEO.

7. Explore os gatilhos mentais

Os gatilhos mentais são técnicas de persuasão que ajudam a acelerar a decisão de compra do consumidor.

Conheça os gatilhos mais utilizados, tanto por empreendedores iniciantes quanto por mais experientes, para impulsionar as vendas online:

  • Urgência: estabeleça um limite de tempo para o consumidor aproveitar uma oferta, fazendo promoções relâmpago, por exemplo;
  • Escassez: reforce a quantidade limitada de um produto ou promoção, mostrando que eles podem acabar a qualquer momento;
  • Prova social: mostre que a sua loja tem a aprovação de outros clientes, por meio de avaliações e reviews de consumidores que já compraram com você;
  • Autoridade: posicione seu negócio como uma referência no mercado, de forma a transmitir mais credibilidade para o público;
  • Novidade: faça lançamentos de novos produtos para manter a atenção dos consumidores e gerar mais vendas.

8. Não se esqueça do pós-venda

O seu trabalho não acaba após o consumidor finalizar uma compra! Lembre-se de que vender para um cliente que já comprou com você é muito mais fácil e barato do que para um novo.

Por isso, é imprescindível oferecer uma experiência encantadora de pós-venda para fidelizar o cliente e gerar novas oportunidades de vendas no seu negócio.

Mantenha a comunicação com o cliente após ele receber a sua compra, solicitando o seu feedback sobre os produtos adquiridos e compartilhando conteúdos e promoções exclusivas para ele.

Também é essencial garantir uma operação de logística reversa eficiente para lidar com possíveis casos de trocas e devoluções.

9. Acompanhe KPIs de vendas

Se você quer entender a performance do seu negócio e otimizar as estratégias de vendas implementadas, é preciso acompanhar periodicamente os KPIs (Key Performance Indicators ou indicadores-chave de desempenho) do seu e-commerce.

Alguns dos principais indicadores para um empreendimento online são:

  • Taxa de conversão: porcentagem de vendas realizadas em relação ao número de visitas recebidas pela loja virtual;
  • Índice de abandono de carrinho: percentual de consumidores que adicionam algum produto no carrinho, mas desistem da compra;
  • Ticket médio: valor médio dos pedidos realizados na loja em um determinado período de tempo;
  • TPV (Total Payments Volume ou Volume Total de Pagamentos): valor total de dinheiro transacionado por um meio de pagamento em um intervalo de tempo específico.

10. Aprofunde cada vez mais os seus conhecimentos

Para finalizar, não se limite às dicas de vendas que apresentamos aqui! É fundamental continuar aprofundando os seus conhecimentos para aprimorar os resultados do seu negócio cada vez mais.

Acompanhe as tendências do mercado, estude bastante e descubra novas estratégias e boas práticas para implementar no seu empreendimento digital.

Assim, a sua loja não vai ficar para trás dos concorrentes e você vai garantir um crescimento saudável a longo prazo.

Gostou das dicas de vendas para iniciantes que compartilhamos? Para receber outros conteúdos valiosos, inscreva-se na nossa newsletter e fique por dentro do mundo do empreendedorismo digital. Boas vendas!


Inscreva-se na newsletter do Pagar.me!

Compartilhe esse conteúdo

  • Logo Facebook colorido
  • Logo Linkedin colorido
  • Logo Twitter colorido
  • Logo Whatsapp Colorido

Você também vai gostar..

25, maio, 2022

10 ideias de ações para vender no Dia dos Namorados 2022

A data mais romântica do ano é uma excelente oportunidade para aquecer suas vendas. Confira as melhores ideias para vender no Dia dos Namorados 2022!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

24, maio, 2022

GMV: o que é e como acompanhar essa métrica?

GMV é uma sigla para Gross Merchandise Volume, ou Volume Bruto de Mercadoria, em português. Entenda como analisar esse indicador!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

23, maio, 2022

O que é giro de estoque e como calcular esse indicador?

Explicamos o que é giro de estoque e como calcular essa métrica para você controlar de perto a rotatividade de mercadorias no seu negócio.

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo