Voice commerce: como adaptar seu e-commerce para as compras por voz?

E-commerce

6 de janeiro de 2022

Alguns anos atrás, os assistentes virtuais pareciam uma tecnologia distante e futurista. Mas o futuro já chegou e, hoje, essas ferramentas são uma realidade presente na casa de muitos consumidores.

Um levantamento da Ilumeo aponta um crescimento de 47% no uso de assistentes de voz no Brasil durante a pandemia.

Alexa, Google Assistant, Siri… Esses são alguns dos assistentes virtuais utilizados para facilitar tarefas cotidianas dos usuários, como tocar uma música, consultar alguma informação e, até mesmo, fazer compras.

As compras por voz, inclusive, são uma tendência do e-commerce que promete crescer bastante nos próximos anos. É o chamado voice commerce, que possibilita a aquisição de produtos e serviços por meio de comandos de voz.

Se você quer acompanhar o mercado e se preparar para essa tendência, é preciso adaptar o seu negócio para as pesquisas e as compras por voz desde já. Continue a leitura e saiba mais sobre o tema!

O que é voice commerce?

O voice commerce nada mais é do que o uso de comandos de voz para a busca e a compra de produtos e serviços online.

Isso é possível por meio de aplicativos e assistentes virtuais que contam com tecnologias de inteligência artificial para interpretar as falas dos usuários e mostrar os resultados mais relevantes para as suas solicitações.

O objetivo é otimizar a experiência dos consumidores e proporcionar mais praticidade e agilidade ao processo de compra.

O que esperar do voice commerce?

Antes de tudo, é importante destacar que o voice commerce ainda não é uma estratégia amplamente explorada no mercado brasileiro.

Existem desafios a serem superados antes dessa tendência conquistar uma estrutura robusta no país, tanto em relação à tecnologia quanto à adesão dos clientes e dos e-commerces.

No entanto, não há como negar a relevância das buscas e interações por voz. Levando em consideração a busca por cada vez mais agilidade no ambiente digital, o voice commerce certamente terá um grande impacto no comércio eletrônico, representando um novo canal de vendas online para os negócios.

Dessa forma, quem se preparar internamente com antecedência para essa novidade de mercado sairá na frente e poderá contar com um importante diferencial competitivo.

Quais são os principais setores que podem explorar essa tendência?

Para uma pesquisa da Elastic Path, os consumidores responderam que comprariam os seguintes produtos via voz:

  • Itens de supermercado (69%);
  • Produtos de saúde e beleza (67%);
  • Livros, filmes e músicas (59%);
  • Roupas e acessórios (43%).

Logo, em um primeiro momento, a tendência do voice commerce será mais forte sobretudo nos setores de produtos básicos, atendendo à necessidade de compras mais rápidas e com o objetivo de reabastecimento.

Como adaptar o seu e-commerce para o voice commerce?

Mas, então, como é possível preparar a sua loja virtual para as compras por voz? Existem algumas práticas que você já pode implementar para isso.

Adapte o seu site tecnicamente

Para viabilizar as compras por voz no seu e-commerce, é preciso utilizar uma API (Application Programming Interface) que permita a comunicação entre o assistente virtual, o seu site e os demais softwares necessários.

É recomendável contar com a ajuda de desenvolvedores especializados nesse processo, para encontrar as tecnologias mais adequadas e implementá-las na loja virtual.

Trabalhe o SEO para compras por voz

Se você já tem um e-commerce, provavelmente sabe a importância do SEO (otimização para os mecanismos de busca) para a visibilidade do seu site.

No caso do voice commerce, existem algumas práticas específicas de SEO que devem ser seguidas para que o seu e-commerce seja facilmente encontrado pelos assistentes virtuais e apresentado nas pesquisas de voz dos usuários.

Utilize uma linguagem mais natural

As buscas por voz são realizadas, em sua grande maioria, no formato de perguntas. Isso significa que é preciso adaptar os textos do seu e-commerce para que eles respondam às questões dos usuários.

Para isso, utilize uma linguagem mais conversacional e natural, que funcione bem quando falada, sem a formalidade característica da linguagem escrita. Isso vale para as descrições dos produtos, os textos institucionais e a FAQ do e-commerce, por exemplo.

No caso das descrições dos itens, também é uma boa prática produzir textos claros e detalhados. Assim, os consumidores poderão imaginar exatamente o produto à venda.

Explore palavras-chave de cauda longa

Assim como as pesquisas por voz são feitas em formato de perguntas, elas também costumam ser mais detalhadas, com o uso de frases completas.

Para que as suas páginas apareçam nos resultados dessas buscas, uma dica é trabalhar as palavras-chave de cauda longa, ou long-tail, que são expressões mais longas e específicas, utilizadas por clientes mais avançados na jornada de compra.

Ao responder exatamente à intenção de busca dessas palavras-chave, você tem mais chances de ser encontrado pelos assistentes virtuais.

Conquiste featured snippets

Os featured snippets são aquelas caixas de respostas curtas que aparecem no topo da página de resultados de uma pesquisa no Google.

Considerando que os assistentes de voz costumam priorizar esses conteúdos na hora de apresentar o resultado para uma pergunta de um usuário, é interessante adotar estratégias para conquistar os featured snippets.

Você pode fazer isso produzindo conteúdos completos sobre assuntos relacionados ao seu segmento e incluindo as perguntas e respostas mais frequentes nas suas páginas de produtos.

E aí, o que achou do voice commerce? Lembre-se de que, apesar dessa ainda ser uma estratégia em crescimento, ela pode ser um grande diferencial competitivo para o seu negócio.

Por isso, vale a pena começar a preparar o seu e-commerce para as compras por voz e ficar de olho nas novidades relacionadas a essa tendência.

Agora que você conhece o voice commerce, não deixe de ler sobre outra tendência de vendas que está em ampla expansão: Live commerce: saiba como realizar vendas ao vivo!

Compartilhe esse conteúdo

  • Logo Facebook colorido
  • Logo Linkedin colorido
  • Logo Twitter colorido
  • Logo Whatsapp Colorido

Você também vai gostar..

17, janeiro, 2022

Como anunciar no Instagram Ads: passo a passo para sua loja

Confira nosso guia completo de como anunciar no Instagram Ads e aprenda a aumentar o alcance do seu negócio com essa ferramenta!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

14, janeiro, 2022

O que vender na internet? Confira 10 ideias para 2022

Quer empreender no mundo online, mas ainda não sabe o que vender na internet? Reunimos os principais dados e tendências do mercado para você se inspirar.

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

13, janeiro, 2022

Funil de vendas para e-commerce: saiba como fazer!

As empresas que estão voltadas para garantir a presença no ambiente virtual precisam entender a importância do funil de vendas para e-commerce. Confira!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

Voice commerce: como adaptar seu e-commerce para as compras por voz?

E-commerce

6 de janeiro de 2022

Alguns anos atrás, os assistentes virtuais pareciam uma tecnologia distante e futurista. Mas o futuro já chegou e, hoje, essas ferramentas são uma realidade presente na casa de muitos consumidores.

Um levantamento da Ilumeo aponta um crescimento de 47% no uso de assistentes de voz no Brasil durante a pandemia.

Alexa, Google Assistant, Siri… Esses são alguns dos assistentes virtuais utilizados para facilitar tarefas cotidianas dos usuários, como tocar uma música, consultar alguma informação e, até mesmo, fazer compras.

As compras por voz, inclusive, são uma tendência do e-commerce que promete crescer bastante nos próximos anos. É o chamado voice commerce, que possibilita a aquisição de produtos e serviços por meio de comandos de voz.

Se você quer acompanhar o mercado e se preparar para essa tendência, é preciso adaptar o seu negócio para as pesquisas e as compras por voz desde já. Continue a leitura e saiba mais sobre o tema!

O que é voice commerce?

O voice commerce nada mais é do que o uso de comandos de voz para a busca e a compra de produtos e serviços online.

Isso é possível por meio de aplicativos e assistentes virtuais que contam com tecnologias de inteligência artificial para interpretar as falas dos usuários e mostrar os resultados mais relevantes para as suas solicitações.

O objetivo é otimizar a experiência dos consumidores e proporcionar mais praticidade e agilidade ao processo de compra.

O que esperar do voice commerce?

Antes de tudo, é importante destacar que o voice commerce ainda não é uma estratégia amplamente explorada no mercado brasileiro.

Existem desafios a serem superados antes dessa tendência conquistar uma estrutura robusta no país, tanto em relação à tecnologia quanto à adesão dos clientes e dos e-commerces.

No entanto, não há como negar a relevância das buscas e interações por voz. Levando em consideração a busca por cada vez mais agilidade no ambiente digital, o voice commerce certamente terá um grande impacto no comércio eletrônico, representando um novo canal de vendas online para os negócios.

Dessa forma, quem se preparar internamente com antecedência para essa novidade de mercado sairá na frente e poderá contar com um importante diferencial competitivo.

Quais são os principais setores que podem explorar essa tendência?

Para uma pesquisa da Elastic Path, os consumidores responderam que comprariam os seguintes produtos via voz:

  • Itens de supermercado (69%);
  • Produtos de saúde e beleza (67%);
  • Livros, filmes e músicas (59%);
  • Roupas e acessórios (43%).

Logo, em um primeiro momento, a tendência do voice commerce será mais forte sobretudo nos setores de produtos básicos, atendendo à necessidade de compras mais rápidas e com o objetivo de reabastecimento.

Como adaptar o seu e-commerce para o voice commerce?

Mas, então, como é possível preparar a sua loja virtual para as compras por voz? Existem algumas práticas que você já pode implementar para isso.

Adapte o seu site tecnicamente

Para viabilizar as compras por voz no seu e-commerce, é preciso utilizar uma API (Application Programming Interface) que permita a comunicação entre o assistente virtual, o seu site e os demais softwares necessários.

É recomendável contar com a ajuda de desenvolvedores especializados nesse processo, para encontrar as tecnologias mais adequadas e implementá-las na loja virtual.

Trabalhe o SEO para compras por voz

Se você já tem um e-commerce, provavelmente sabe a importância do SEO (otimização para os mecanismos de busca) para a visibilidade do seu site.

No caso do voice commerce, existem algumas práticas específicas de SEO que devem ser seguidas para que o seu e-commerce seja facilmente encontrado pelos assistentes virtuais e apresentado nas pesquisas de voz dos usuários.

Utilize uma linguagem mais natural

As buscas por voz são realizadas, em sua grande maioria, no formato de perguntas. Isso significa que é preciso adaptar os textos do seu e-commerce para que eles respondam às questões dos usuários.

Para isso, utilize uma linguagem mais conversacional e natural, que funcione bem quando falada, sem a formalidade característica da linguagem escrita. Isso vale para as descrições dos produtos, os textos institucionais e a FAQ do e-commerce, por exemplo.

No caso das descrições dos itens, também é uma boa prática produzir textos claros e detalhados. Assim, os consumidores poderão imaginar exatamente o produto à venda.

Explore palavras-chave de cauda longa

Assim como as pesquisas por voz são feitas em formato de perguntas, elas também costumam ser mais detalhadas, com o uso de frases completas.

Para que as suas páginas apareçam nos resultados dessas buscas, uma dica é trabalhar as palavras-chave de cauda longa, ou long-tail, que são expressões mais longas e específicas, utilizadas por clientes mais avançados na jornada de compra.

Ao responder exatamente à intenção de busca dessas palavras-chave, você tem mais chances de ser encontrado pelos assistentes virtuais.

Conquiste featured snippets

Os featured snippets são aquelas caixas de respostas curtas que aparecem no topo da página de resultados de uma pesquisa no Google.

Considerando que os assistentes de voz costumam priorizar esses conteúdos na hora de apresentar o resultado para uma pergunta de um usuário, é interessante adotar estratégias para conquistar os featured snippets.

Você pode fazer isso produzindo conteúdos completos sobre assuntos relacionados ao seu segmento e incluindo as perguntas e respostas mais frequentes nas suas páginas de produtos.

E aí, o que achou do voice commerce? Lembre-se de que, apesar dessa ainda ser uma estratégia em crescimento, ela pode ser um grande diferencial competitivo para o seu negócio.

Por isso, vale a pena começar a preparar o seu e-commerce para as compras por voz e ficar de olho nas novidades relacionadas a essa tendência.

Agora que você conhece o voice commerce, não deixe de ler sobre outra tendência de vendas que está em ampla expansão: Live commerce: saiba como realizar vendas ao vivo!

Compartilhe esse conteúdo

  • Logo Facebook colorido
  • Logo Linkedin colorido
  • Logo Twitter colorido
  • Logo Whatsapp Colorido

Você também vai gostar..

17, janeiro, 2022

Como anunciar no Instagram Ads: passo a passo para sua loja

Confira nosso guia completo de como anunciar no Instagram Ads e aprenda a aumentar o alcance do seu negócio com essa ferramenta!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

14, janeiro, 2022

O que vender na internet? Confira 10 ideias para 2022

Quer empreender no mundo online, mas ainda não sabe o que vender na internet? Reunimos os principais dados e tendências do mercado para você se inspirar.

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

13, janeiro, 2022

Funil de vendas para e-commerce: saiba como fazer!

As empresas que estão voltadas para garantir a presença no ambiente virtual precisam entender a importância do funil de vendas para e-commerce. Confira!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo