API: como ela facilita o seu trabalho

E-commerce

28 de fevereiro de 2020

Você com certeza já conectou a sua conta do Facebook a algum aplicativo, mas sabia que isso só é possível graças à API?

API é a sigla para "Application Programming Interface". Em português, pode ser traduzida como "Interface de Programação de Aplicações". Mas como ela funciona na prática, quais os benefícios e onde mais pode ser usada?

É o que vamos ver ao longo deste post. Confira!

O que é API?

De uma maneira bem simples, as APIs integram sistemas de forma prática e segura, permitindo que eles "conversem" entre si. Em outras palavras, uma API funciona como uma ponte que liga um sistema a outro e permite que eles funcionem em conjunto. Esses sistemas podem ser de diferentes linguagens, como Java e Python, por exemplo.

As APIs são utilizadas por diferentes nichos de mercado e podem ser aplicadas em qualquer empresa. Elas permitem que algumas funcionalidades de determinados aplicativos sejam compartilhadas e utilizadas em outros apps.

A possibilidade de conectar tecnologias heterogêneas pode trazer inúmeros benefícios para o dia-a-dia dos profissionais. Principalmente, porque essa comunicação é feita de forma automática, sem intervenção humana a cada operação.

O que é uma API aberta?

As APIs podem ser fechadas ou abertas. Neste último caso, isso significa que os "proprietários" de determinada API a disponibilizam para que outras empresas utilizem o código e façam a integração com outros sistemas.

Embora as APIs abertas possam ser aplicadas em qualquer linguagem, existem regras a serem seguidas. Ou seja, não é porque a API está aberta que você consegue automatizar as tarefas imediatamente.

Também não significa que essa ferramenta seja livre de autenticação ou custos. Existem opções gratuitas, mas também APIs pagas.

Dizer que uma API é aberta apenas significa que ela está disponível para desenvolvedores externos. Em contrapartida, uma API fechada é acessível apenas para a empresa que a desenvolveu.

Benefícios da API

Já falamos sobre o que é uma API e como ela torna a vida dos desenvolvedores e usuários mais simples. Agora, vamos ver outras vantagens que as APIs oferecem.

Facilidade do trabalho operacional:

as APIs são muito úteis para o envio de informações completas de maneira ágil e simplificada. Um exemplo são as operações realizadas por sistemas de pagamento online, que permitem ao usuário efetuar um pagamento em segundos.

Segurança de dados:

a troca de informações entre os sistemas através das APIs é feita de forma totalmente segura, porque a empresa detentora da API define quais informações ficam disponíveis para os desenvolvedores externos.

diminuição do volume de dados:

como na integração das APIs apenas um conjunto específico de dados é compartilhado, isso pode otimizar a performance de uma plataforma, que não fica sobrecarregada com informações desnecessárias.

Agora que você já sabe alguns benefícios que as APIs oferecem, vamos ver onde elas são utilizadas?

Onde são usadas as APIs?

Como vimos, as APIs podem ser usadas por sistemas construídos em diferentes linguagens e por empresas de diversos nichos. Agora, vamos dar alguns exemplos de APIs que você deve conhecer!

Google maps

Sabe quando você abre o site de um restaurante e consegue ver sua localização direto no Google Maps? Isso é possível porque o Google Maps está integrado a esse site por meio de uma API.

As empresas que desejam incluir o Maps em seu site utilizam a API disponibilizada pela Google, copiam o código e fazem as adaptações necessárias para integrá-lo. Com isso, a empresa consegue escolher exatamente o lugar do site em que o mapa vai aparecer.

Do ponto de vista do usuário, ele pode clicar no mapa e abrir o Google Maps para traçar uma rota da sua casa ao restaurante, por exemplo.

Conectar com Facebook ou com e-mail

Na hora de baixar um app para Android ou iOS e fazer o cadastro, você já deve ter se deparado com essa mensagem: "conectar com facebook/com gmail". Isso é possível porque o aplicativo conecta com esses canais através da API. É uma prática muito utilizada hoje por apps de transporte, como a Uber, ou de delivery, como o Rappi.

Esse processo facilitou muito a vida usuários, que não precisam mais repetir suas informações pessoais todas as vezes que forem realizar um cadastro.

Plugins

Se você já utilizou algum plugin para o Chrome, então, já usou uma API. A ideia do plugin é complementar um determinado programa, como o Chrome, com outras funcionalidades. Para isso, é feita uma integração entre a funcionalidade desejada e o programa em questão.

Sistemas de pagamento online

Os sistemas de pagamento online são outro exemplo de como as APIs tornam os processos mais simples e automáticos. Esses sistemas foram desenvolvidos para garantir segurança e praticidade para o e-commerce, além de eliminar a burocracia de pagamento.

Na prática, as ações são realizadas automaticamente. Assim, é possível programar e-mails e avisos que são disparados de acordo com as atividades identificadas pelo sistema, como recusa de cartão ou pagamento efetuado.

Que tal experimentar um sistema de pagamento online para a sua empresa? Crie sua conta no Pagar.me e comece a testar agora!

aumente suas vendas com pagar.me

Compartilhe esse conteúdo

  • Logo Facebook colorido
  • Logo Linkedin colorido
  • Logo Twitter colorido
  • Logo Whatsapp Colorido

Você também vai gostar..

07, agosto, 2020

Split de Pagamento: o que é, como funciona e para quem é indicado?

Split de pagamento é a tecnologia que permite que um único valor arrecadado seja dividido entre diferentes recebedores. Isso acontece de forma automática, segura e precisa. Veja como funciona e para quem é indicado.

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

05, agosto, 2020

Gestão em link de pagamento: conheça as novas funcionalidades do Link.me

Agora com o Link.me é possível gerir recebíveis por meio de dashboard e repassar taxas e calcular previsão de ganhos direto no app. Saiba mais!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

29, julho, 2020

[BAIXE O EBOOK] 2020: a revolução digital do varejo

Em um material completo, o Pagar.me traz dados dos setores mais afetados ao longo da quarentena e apresenta análises consistentes do que aconteceu, quais foram os principais impactos e como grandes e pequenas empresas reagiram.

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo