Segurança no e-commerce: como se prevenir de fraudes

E-commerce

16 de junho de 2020

Um relatório divulgado pela ClearSale, empresa de tecnologia antifraude, aponta que em 2019, 3,47% dos pedidos em lojas digitais foram tentativas de fraude. É claro que nem todas as tentativas foram “bem sucedidas”, mas você sabe como manter a segurança do seu e-commerce e se prevenir de fraudes?

Para entender melhor como acontecem as compras fraudulentas e cuidar do seu negócio digital, vamos passar por três etapas: o que é fraude, qual a diferença entre fraude e chargeback e maneiras de cuidar da segurança do seu e-commerce.

O que é fraude?

A palavra fraude tem o significado de falsificação. Quando estamos falando do comércio digital, uma fraude acontece quando alguém efetua uma compra usando os dados de uma outra pessoa. Veja como acontece:

  1. O fraudador faz uma compra com os dados de outra pessoa;
  2. O banco verifica se há saldo suficiente para realizar a transação e autoriza a compra;
  3. O produto é entregue ao fraudador;
  4. O dono do cartão recebe a fatura do seu cartão, não reconhece a compra efetuada e contesta junto ao banco;
  5. A loja precisa arcar com o prejuízo.

De modo geral, qualquer fraude bem sucedida segue essas cinco etapas. Para compreender melhor esse processo, é importante saber como acontecem as transações digitais. Mas há diferentes tipos de compras fraudulentas. Entenda quais são.

Fraude amigável

Você provavelmente já passou por uma fraude desse tipo, ou até mesmo cometeu: a fraude amiga acontece quando alguém próximo ao dono do cartão tem acesso aos seus dados e efetua uma compra sem sua autorização. A situação mais comum é quando um filho faz uma compra usando o cartão de crédito dos pais. Apesar de não haver intenção de falsificação, o dono do cartão pode não reconhecer a compra e fazer a contestação.

Fraude deliberada

A fraude deliberada acontece quando há, de fato, roubo de dados. Uma pessoa que tem seus dados pessoais vazados ou mesmo seus cartões roubados pode ser vítima de fraude efetiva: o fraudador usa seus dados para efetuar compras pela internet.

Autofraude

Acontece quando o próprio titular do cartão faz uma compra e depois a contesta, como se não reconhecesse aquela dívida.

Chargeback é fraude?

Nem sempre a contestação de uma compra é consequência de fraude. O chargeback pode ser fruto de um desacordo comercial legítimo e é muito importante que o empreendedor fique atento a essa possibilidade.

Chargeback é a contestação de uma compra feita pelo portador do cartão junto ao seu banco. Na prática, significa que um problema aconteceu no meio do caminho e o comprador pediu ao banco o seu dinheiro de volta. Sim, isso pode acontecer quando um cartão é roubado e o titular, de fato, não efetuou a compra que consta em sua fatura.

Mas quando um cliente faz uma compra no seu e-commerce e recebe um produto alterado ou diferente daquilo que havia sido prometido, ele pode solicitar um chargeback por desacordo comercial. Nesse caso, houve apenas um chargeback e não uma fraude.

Como proteger o seu e-commerce de fraude e chargeback?

Coloque o nome do seu negócio na fatura

Você provavelmente já estranhou um valor na fatura do seu cartão e precisou de alguns minutos para se lembrar que compra foi aquela. Essa situação pode resultar em chargeback e o lojista precisa arcar com o prejuízo.

Mas personalizar o nome do seu negócio na fatura do seu cliente pode resolver esse problema! Ao ver o nome da sua loja na fatura do cartão, o cliente se lembra da compra e reconhece que ela, de fato, aconteceu.

Conheça seu produto e seus clientes

Saber o ticket médio do seu e-commerce pode ajudar você a identificar possíveis fraudes. Se o valor médio que seus clientes gastam em sua loja é R$120,00, uma compra de R$1.000,00 pode ser suspeita!

Nesses casos, você pode entrar em contato com o cliente para verificar se ele, de fato, está fazendo aquela compra e se seus dados estão corretos.

Seja preciso na descrição dos produtos

Para evitar chargebacks legítimos, sua loja precisa ter descrições e imagens fiéis aos produtos que você oferece. Informe cada detalhe e use fotos reais, recentes e em boa qualidade. Certifique-se de que o cliente irá receber exatamente o que espera.

Use um meio de pagamento completo

No fim do dia, a melhor forma de proteger o seu e-commerce é com tecnologia antifraude e um meio de pagamento robusto. No Pagar.me, seu negócio conta com um sistema antifraude eficiente e inteligente!

A maior vantagem de um modelo de pagamento digital como o Pagar.me é a possibilidade de ter muitos benefícios em apenas uma solução. Ou seja, com o Pagar.me a sua loja virtual tem antifraude, checkout transparente e uma série de outras funcionalidades que resguardam seu negócio!

Para entender melhor como o Pagar.me funciona ou até fazer um teste, faça seu cadastro e experimente o meio de pagamento que tem a melhor taxa de conversão do mercado!

aumente suas vendas com pagar.me

Compartilhe esse conteúdo

  • Logo Facebook colorido
  • Logo Linkedin colorido
  • Logo Twitter colorido
  • Logo Whatsapp Colorido

Você também vai gostar..

23, outubro, 2020

Previsões para a Black Friday 2020: dados e insights do Google

Recentemente, o Google Brasil promoveu um evento exclusivo para grandes varejistas do mundo digital onde apresentou dados, insights e previsões para a Black Friday 2020. Veja as informações e prepare seu negócio digital.

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

16, outubro, 2020

O que é chargeback e como evitar este problema no seu e-commerce?

Ter uma transação contestada pode trazer uma série de prejuízos para a sua loja online, que corre o risco de ficar sem o produto e o valor da venda. Entenda o que é chargeback e como evitar este problema no e-commerce.

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

15, outubro, 2020

O Dicionário Financeiro do E-commerce: 17 termos que todo empreendedor digital precisa conhecer

Capital de giro, Lucro, Chargeback, Fluxo de Caixa, Gateway e tantos outros termos do mundo financeiro que você precisa conhecer.

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo