Vendas no cartão de crédito: como funcionam no e-commerce?

E-commerce

21 de julho de 2021

O cartão de crédito é a forma de pagamento preferida dos consumidores brasileiros para compras online — isso é o que mostra uma pesquisa da Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo (SBVC).

Segundo o levantamento, o cartão de crédito parcelado é o método mais utilizado para compras pelo computador (48%), seguido pelo crédito à vista (24%). No mobile, vemos um cenário parecido: 41% dos clientes usam o pagamento parcelado no crédito, enquanto 28% preferem o crédito à vista.

Podemos concluir, portanto, que oferecer essa opção de pagamento no seu e-commerce é primordial para aumentar as oportunidades de vendas.

Afinal, ao atender às necessidades e preferências dos consumidores, você proporciona uma melhor experiência de compra na sua loja e tem mais chances de conversão.

Entenda a seguir como funcionam as vendas no cartão de crédito no e-commerce e como você pode aceitar esse método de pagamento no seu negócio!

Como funcionam as vendas no cartão de crédito?

Uma venda no cartão de crédito envolve diferentes agentes que se comunicam para efetuar a transação online. Conheça os principais players que fazem parte desse fluxo e como ele funciona na prática!

Principais agentes da transação via cartão de crédito

Os emissores são as instituições responsáveis por emitir e habilitar um cartão de crédito ao consumidor, concedendo-lhe um limite de crédito e cobrando o pagamento das faturas mensais. Em geral, são bancos, como Nubank e Santander, mas também podem ser companhias aéreas e redes de lojas, por exemplo.

As bandeiras de cartão, por sua vez, são entidades reguladoras que definem as regras do mercado de cartão de crédito e também fazem a comunicação entre a adquirente e o emissor, para a validação das transações. As mais conhecidas no mercado são Visa e Mastercard.

As principais bandeiras de cartão de crédito atuam a nível mundial, o que permite que cartões emitidos em outros países possam realizar compras em território brasileiro.

As adquirentes, ou credenciadoras, são as empresas como a Stone, que habilitam os lojistas a receberem vendas por cartão de crédito e processam e liquidam as transações realizadas por essa forma de pagamento, comunicando-se com as bandeiras e os emissores para isso.

Por fim, no ambiente online, também é essencial contar com um meio de pagamento que faça a comunicação com a adquirente para processar a transação, como uma subadquirente, um gateway de pagamento ou um Provedor de Serviços de Pagamento (PSP) — falaremos mais a fundo sobre cada um mais adiante.

Antifraude

Além de todos os agentes citados, também há um player muito importante para garantir a segurança das vendas no cartão de crédito: o antifraude.

Esse sistema usa mecanismos de inteligência artificial para fazer uma análise do comportamento da transação e identificar se a operação é suspeita. Para isso, são cruzados dados como informações cadastrais do usuário, geolocalização e histórico de compras e navegação.

Dessa forma, o antifraude acrescenta uma camada adicional de verificação para as compras realizadas no seu e-commerce, protegendo o seu negócio de tentativas de fraudes e golpes.

Fluxo da transação por cartão de crédito

Para fazer uma compra online, o consumidor adiciona os produtos do seu interesse no carrinho e insere suas informações pessoais (nome, CPF e endereço) e dados de cartão de crédito (número do cartão, nome do proprietário, validade e Código de Verificação do Cartão - CVV) no checkout.

Assim que ele finaliza esse pedido, o meio de pagamento utilizado pelo e-commerce fica responsável por transmitir as informações da transação para a adquirente.

A adquirente, então, faz a comunicação com a bandeira e o emissor do cartão para verificar os dados do cliente e se ele tem saldo ou limite suficiente para a realização da compra.

Se a transação for aprovada, o meio de pagamento repassa as informações para o sistema antifraude, que analisa o comportamento da transação para atribuir um grau de risco à compra e, a partir disso, autorizá-la ou não.

Sendo a compra autorizada, o cliente recebe uma mensagem de confirmação da compra, e o e-commerce pode começar a preparar o pedido para entrega e finalizar a venda.

Vale ressaltar que, ao longo de todo esse processo, são deduzidos os percentuais da taxa MDR de cada agente do fluxo de pagamento.

Como funciona o recebimento por cartão de crédito?

Cerca de 30 dias após a venda no cartão de crédito, o emissor fica responsável por repassar o valor da transação para a adquirente.

Para compras parceladas, esse valor é pago conforme o número de parcelas definida entre o lojista e o comprador, com um intervalo de 30 dias entre elas. Uma transação parcelada em 3 vezes, por exemplo, acarretará no pagamento da primeira parcela em 30 dias, a segunda em 60 e a terceira em 90.

No caso de uma transação processada por uma subadquirente ou um PSP, esse agente é responsável por receber o valor da adquirente e, então, fazer o repasse para o varejista.

Já se o fluxo for intermediado por um gateway de pagamento, e não por uma subaquirente ou PSP, a adquirente passa os recebíveis diretamente para o empreendedor.

Um serviço relevante para o lojista que precisa receber o valor de uma venda parcelada adiantado é a antecipação de recebíveis, oferecida por adquirentes, subadquirentes e PSPs. Trata-se de um tipo de operação de crédito que adianta o pagamento das vendas a prazo por cartão de crédito, garantindo mais dinheiro em caixa para o negócio fazer investimentos.

Como fazer vendas no cartão de crédito no e-commerce?

Como já mencionamos, para quem vende online, é primordial contar com uma solução de meio de pagamento para fazer a mediação da integração com a adquirente. Descubra quais são as principais tecnologias disponíveis e suas particularidades!

Subadquirente

A subadquirente é um sistema que conecta a adquirente, o lojista e o consumidor, fazendo a intermediação de todo o processo de pagamento.

Essa é uma solução muito utilizada por lojas de pequeno e médio porte, uma vez que oferece praticidade e facilidade de implementação, por meio de uma única integração plug-and-play.

Com uma subadquirente, é possível centralizar todas as contratações necessárias para um negócio receber pagamentos online com segurança e eficiência, como gateway, adquirente e antifraude. Tudo em um mesmo ecossistema. O formato de cobrança é o mesmo da adquirente: percentual sobre o valor transacionado.

Gateway de pagamento

O gateway de pagamento é uma tecnologia que transmite os dados da transação assim que a compra é realizada, fazendo a ponte para a comunicação entre o cliente, o lojista e a adquirente.

A grande vantagem do gateway é o seu nível de personalização, que permite integração com múltiplas adquirentes, boleto, vouchers e outros serviços para aumentar as suas conversões.

Além disso, os gateways possuem outras soluções agregadas para customização e melhoria da solução de pagamentos como: cofre de cartões, compra com um clique, pagamento com 2 cartões, motor de recorrência, dentre outros.

Por outro lado, a implementação de um gateway demanda mais custos, assim como uma equipe de programação para configurar corretamente o sistema. Já a cobrança geralmente é feita por volume transacionado, mais um custo de implementação e um piso mínimo mensal.

Portanto, trata-se de uma solução indicada para negócios mais robustos ou em crescimento acelerado.

PSP: a solução mais completa

O Provedor de Serviços de Pagamento (PSP) é uma solução que une as vantagens da subadquirente e do gateway de pagamento, oferecendo uma tecnologia completa de pagamentos digitais.

Além de fazer a intermediação das transações de cartão de crédito com a adquirente, o PSP também oferece outros serviços agregados, como pagamentos em boleto bancário, Pix e antifraude.

Dessa forma, trata-se de uma infraestrutura que alia a simplicidade de integração a uma variedade de recursos que garantem altas taxas de conversão para o seu e-commerce.

O Pagar.me, PSP pioneiro no Brasil, oferece uma solução completa para você fazer vendas no cartão de crédito, Pix e boleto bancário, no seu site ou aplicativo.

Garantimos segurança, estabilidade e transparência para você vender online com simplicidade e eficiência!

Nossa tecnologia tem integração direta com as principais plataformas de e-commerce do mercado e oferece funcionalidades para otimizar suas conversões, como checkout transparente, compra com um clique, retentativa inteligente e link de pagamento.

Além disso, contamos com atendimento 100% humano, formado por um time especializado no mercado de pagamentos e de e-commerce.

Quer vender mais com o Pagar.me? Cadastre-se agora mesmo na nossa plataforma!


Cadastre-se no Pagar.me!

Compartilhe esse conteúdo

  • Logo Facebook colorido
  • Logo Linkedin colorido
  • Logo Twitter colorido
  • Logo Whatsapp Colorido

Você também vai gostar..

29, novembro, 2021

Multimeios de Pagamento: como esse recurso ajuda a aumentar as conversões?

Conheça o Multimeios de Pagamento, funcionalidade que permite o uso de mais de uma forma de pagamento em uma compra online.

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

26, novembro, 2021

Como fazer a política de troca e devolução da sua loja?

A política de troca e devolução é um documento indispensável para qualquer loja. Veja como criar a do seu negócio, visando oferecer a melhor experiência ao cliente!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

25, novembro, 2021

Como aumentar o ticket médio? 8 técnicas para seu negócio

Descobrir como aumentar o ticket médio pode ser um grande desafio. Confira as estratégias que separamos para o seu negócio!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo