Sazonalidade de vendas é um ponto de extrema importância para todo e qualquer gestor ou empreendedor que deseja crescer e se destacar no mercado. Não há como negar o fato de que os períodos que antecedem as datas comemorativas têm grande representação no comércio eletrônico, sendo, muitas vezes, um fator determinante no que se refere à lucratividade das operações.

O ponto a destacar, nesse caso, é que as vantagens não se resumem apenas ao aumento do faturamento, mas também na excelente oportunidade para promover a sua marca, atrair e conquistar novos clientes.

É bem verdade que nem todas elas serão condizentes com o seu nicho de atuação, no entanto, esteja atento e preparado para as datas que melhor se adaptam às realidades da sua loja e do seu público-alvo.

Preparamos este artigo para mostrar como lidar com a sazonalidade de vendas no e-commerce.

Conheça os períodos sazonais e as épocas de baixa procura

O primeiro passo é conhecer os períodos sazonais e das épocas de baixa procura. Os momentos de baixa também devem ser avaliados, pois fazem parte dos ciclos de venda e analisá-los lhe permitirá tirar um maior proveito.

Contudo, aqui nós focaremos nos eventos mais importantes e na sazonalidade de vendas de cada um. No ambiente do comércio eletrônico, considere as seguintes informações:

  • 15 de março (Dia do Consumidor);
  • 26 de abril até o 2º domingo de maio (Dia das Mães);
  • 28 de maio a 11 de junho (Dia dos Namorados);
  • 26 de julho até o 2º domingo de agosto (Dia dos Pais);
  • 28 de setembro a 11 de outubro (Dia das Crianças);
  • 4ª sexta-feira do mês de novembro (Black Friday);
  • 1ª segunda-feira após o Black Friday (Cyber Monday);
  • 15 de novembro a 24 de dezembro (Natal).

Selecione as datas mais relevantes

Identificado os eventos do ano, agora será a vez de selecionar as datas mais relevantes. Conforme mencionamos no início do artigo, prepare-se para aquelas que mais se relacionam com o seu meio de atuação.

Digamos, por exemplo, que você comercialize produtos masculinos e que o seu público-alvo seja composto majoritariamente por homens entre 30 e 40 anos. Diante disso, qual seria a principal data a trabalhar? O Dia dos Pais.

Nesse contexto, vale destacar que você estaria atraindo não somente os homens, mas também os filhos e as mulheres, que podem lhe procurar para comprar os presentes. Não é preciso nem falar que o Natal é uma época-chave para todo e qualquer tipo de loja virtual.

No entanto, a observação a fazer é que o Dia das Mães e das Crianças nada teriam a ver com o segmento em questão. Em resumo, foque sua energia nas datas comemorativas mais pertinentes ao seu negócio, incluindo as que valem para todos e eliminando as que não se relacionem a ele.

Observação: por se tratar da sazonalidade de vendas no e-commerce, o Dia do Consumidor, a Black Friday e o Cyber Monday devem ser considerados.

Crie estratégias e personalizações para cada data

Chegamos agora na parte em que os trabalhos de fato se iniciam: na criação das estratégias e personalizações para cada data. Use a sua criatividade para envolver os consumidores no clima do momento, customizando o seu site de acordo com a celebração.

Em relação às campanhas em si, procure utilizar tudo o que estiver ao seu alcance para alavancar as vendas e fidelizar os clientes, como:

  • Vale-presentes;
  • Ofertas e promoções especiais;
  • Cupons de desconto;
  • Entre outros.

O detalhe é que essas abordagens também podem ser utilizadas nas épocas de baixa. Crie condições exclusivas e as intitule de alguma forma, seguindo o princípio básico de se manter atrativo: se o aniversário da sua loja ocorre em tais períodos, se aproveite dele para vender mais.

Comunique as ações com antecedência

Tão importante quanto está a comunicação das ações. Aqui, vai a dica: comece a divulgá-las com pelo menos um mês de antecedência, especialmente quando elas forem relacionadas aos eventos mais tradicionais e de maior influência para os seus resultados.

Você já deve ter notado, muito provavelmente, que as lojas do varejo físico começam a se preparar para o Natal ainda no mês de novembro, certo? Pois então, essa tática também deve ser respeitada no comércio eletrônico.

A diferença, claro, é que no ambiente on-line a decoração da loja corresponde à sua interface de navegação. Desenvolva letreiros específicos, seções especiais e não se esqueça das cores, se lembrando de utilizar os meios de divulgação da internet, que incluem:

  • E-mail marketing;
  • Anúncios no Google;
  • Anúncios nas redes sociais;
  • Propagandas em sites/blogs;
  • Planeje o estoque e se prepare para um maior número de acessos.

Imagine o quão frustrante seria se o seu site saísse do ar nos momentos de pico e se você tivesse de “recusar” as vendas devido à falta de produtos no estoque.

Por essa razão, o planejamento do estoque e a preparação para o aumento do número de acessos são aspectos que merecem ser destacados quando o assunto diz respeito à sazonalidade de vendas no e-commerce.

Embora seja praticamente impossível de acertá-los, é melhor sobrar do que faltar. Nesse caso, converse com os fornecedores dos produtos e serviços, procurando se adiantar para evitar as perdas e os problemas.

Para concluir, lembre-se da importância de prestar um atendimento de qualidade, que se aproxime da excelência. Ao fazer isso, fidelizar os clientes se tornará uma tarefa mais fácil e, assim sendo, suas chances de sucesso aumentarão.

Receba dicas de especialistas para melhorar seu negócio online.

Confira dicas, reportagens e conteúdos especiais de especialistas em E-commerce e Marketing Digital. Digite seu email abaixo:

You have Successfully Subscribed!