O que é recorrência, como funciona e como implementar esse modelo de negócio?

E-commerce

16 de setembro de 2022

Mesmo que você não perceba, certamente a recorrência está muito presente no seu dia a dia. É só pensar em todos os serviços que você utiliza a partir de uma cobrança recorrente, como streamings de vídeo, cursos online, academias, entre outros.

Além de oferecer praticidade para os usuários, esse modelo de negócio é bastante vantajoso para as empresas. Afinal, ele gera receita recorrente para o caixa e ajuda a fidelizar os clientes.

Esse modelo tem sido tão adotado pelos empreendimentos que ele até mesmo originou a chamada economia da recorrência — uma tendência global entre as empresas.

Se você quer saber mais sobre o assunto, continue conosco! Ao longo deste conteúdo, você vai entender o que é recorrência, quais são as suas vantagens e como implementá-la no seu negócio.

O que é recorrência?

A recorrência é um modelo de negócio no qual as cobranças são realizadas de forma automática e em uma frequência acordada em contrato, seja mensal, semestral ou anual, por exemplo.

Dessa forma, trata-se de um modelo utilizado para a venda de produtos e serviços que funcionam por meio de planos, assinaturas ou mensalidades. Esse é o caso de:

  • streamings de vídeo e música;
  • clubes de assinatura;
  • planos de academia;
  • mensalidades de cursos, escolas e universidades;
  • empresas SaaS (Software as a Service);
  • planos de saúde;
  • contas de celular, luz e água etc.

Em todos esses exemplos, o consumidor disponibiliza seus dados para a realização do primeiro pagamento e, então, as cobranças seguintes são feitas automaticamente, no valor e na periodicidade acordadas.

Esse processo vale até que o prazo do contrato expire ou que o cliente solicite o cancelamento do produto ou serviço.

Qual a diferença da recorrência para outros modelos de negócio?

O diferencial da recorrência está na entrega recorrente de um produto ou serviço para o consumidor. Logo, não entram na categoria compras pontuais, ainda que elas tenham sido parceladas.

O parcelamento consiste em uma única venda, cujo pagamento é dividido em múltiplas parcelas. Assim, mesmo após receber o produto, o cliente pode ter que continuar pagando até finalizar todas as prestações.

No pagamento recorrente, enquanto o consumidor estiver pagando pela solução contratada, ele continuará recebendo-a ou tendo acesso a ela.

Outra diferença entre essas duas modalidades é que, no parcelamento, o valor total da compra é considerado no limite do cartão de crédito. Já na recorrência, só é preciso ter o valor do pagamento mensal disponível.

Como surgiu a economia de recorrência?

A economia de recorrência é um fenômeno global que se originou do boom do modelo recorrente a partir dos anos 2000.

Vale lembrar que as cobranças recorrentes não são nenhuma novidade. Prova disso são as mensalidades de escolas, assim como as assinaturas de jornais e revistas, presentes no dia a dia do consumidor há anos.

A diferença é que, com a digitalização do mercado mais recentemente, o consumidor passou a valorizar mais o acesso do que a propriedade das soluções. A recorrência, então, se tornou uma grande tendência para atender a esse perfil do cliente atual.

Para completar, os meios de pagamento online têm evoluído cada vez mais, tornando possível vender praticamente qualquer produto ou serviço de forma recorrente, com flexibilidade e facilidade.

Quais são as vantagens do modelo de recorrência?

Vamos nos aprofundar, então, nos principais benefícios que o modelo de recorrência proporciona para consumidores e negócios!

Praticidade para o consumidor

A grande vantagem desse modelo para o consumidor é a praticidade de não ter que fazer o pagamento de forma manual. Com a recorrência por cartão, as cobranças são realizadas e renovadas automaticamente.

Assim, o cliente não corre o risco de se esquecer de pagar e, involuntariamente, cancelar ou suspender o serviço ou produto desejado.

Automação das cobranças

A automação das cobranças também traz vantagens para as empresas. Afinal, elas não precisam realizar esse processo manualmente, o que proporciona mais produtividade para o setor financeiro e minimiza as chances de erros humanos, como cobranças duplicadas.

Redução do índice de inadimplência

Com as cobranças sendo realizadas de modo automático, sobretudo no cartão de crédito, você evita que os clientes se esqueçam ou atrasem o pagamento. Assim, há uma redução da taxa de inadimplência do negócio.

As plataformas de pagamentos também costumam disponibilizar recursos para minimizar ainda mais esse índice, como avisos automáticos e retentativas de pagamento.

Previsibilidade de receita

A recorrência permite que a empresa tenha uma melhor previsibilidade da receita que será recebida em um determinado período. Dessa maneira, é possível aprimorar a gestão financeira do negócio, controlando o fluxo de caixa e os investimentos de forma mais eficaz.

Melhor controle do estoque

Para empresas que vendem produtos físicos, o modelo de recorrência possibilita ter uma previsão de demanda mais assertiva. A partir disso, a loja pode planejar as reposições do estoque de forma estratégica, evitando a falta e o excesso de mercadorias.

Fidelização dos clientes

Em uma venda pontual, é comum que o consumidor compre uma vez com o seu negócio e só retorne meses depois ou, até mesmo, nunca mais volte.

Com a venda recorrente, por sua vez, o cliente recebe os produtos ou serviços de forma periódica. Isso cria mais oportunidades para o seu negócio estreitar o relacionamento com os consumidores, fidelizando-os a longo prazo.

Escalabilidade

Por fim, a previsibilidade de receita, a eficiência operacional e a fidelização dos clientes contribuem para o crescimento saudável e exponencial do negócio — processo conhecido como escalabilidade.

Como funciona o modelo de cobrança de recorrência?

Na prática, a recorrência funciona por meio do agendamento de transações futuras. Isso significa que a empresa configura para que a cobrança do produto ou serviço vendido seja realizada de forma automática, em intervalos pré-determinados, durante o período acordado.

As formas de pagamento utilizadas para os pagamentos recorrentes costumam ser cartão de crédito, débito e boleto bancário. Entenda o funcionamento de cada modalidade a seguir!

Cartão de crédito

Esse é o método de pagamento mais comum na recorrência. A sua vantagem é que a cobrança é feita diretamente na fatura do cliente, evitando que ele se esqueça de pagar.

Além disso, em caso de inadimplência por não pagamento da fatura, o banco emissor do cartão é que fica responsável por cobrar ou negociar a dívida com o cliente, garantindo que o lojista receba o pagamento.

Boleto bancário

A recorrência por boleto bancário é uma modalidade relevante, por atender à população desbancarizada do país. A desvantagem dessa opção é que o cliente tem chances de atrasar ou se esquecer de fazer o pagamento.

Na prática, funciona nos mesmos moldes dos carnês, muito utilizados no passado em lojas físicas.

Por outro lado, há funcionalidades, como os avisos inteligentes, que ajudam a lembrá-lo de pagar o boleto, evitando a inadimplência.

Débito Pinless

O pagamento por Débito Pinless também é muito utilizado para cobranças recorrentes. Afinal, nessa modalidade, a transação segue o mesmo fluxo de uma compra online por cartão de crédito, sem a necessidade de autenticação.

Para habilitar essa funcionalidade no gateway do Pagar.me, é preciso solicitar para a adquirente a liberação deste serviço com as bandeiras e bancos emissores.

Como implementar a recorrência no seu negócio?

O principal ponto para implementar um modelo de recorrência no seu empreendimento é contratar uma solução de pagamento que ofereça essa funcionalidade. Esse é o caso do Pagar.me!

Com a nossa infraestrutura completa de pagamentos digitais, é possível criar e gerenciar planos recorrentes personalizados para o seu negócio, cobrando seus clientes automaticamente por boleto ou cartão.

Você pode configurar assinaturas pré-pagas e pós-pagas, com matrículas, descontos e itens temporários, na periodicidade que fizer mais sentido para o seu negócio e para o cliente.

É só fazer a configuração da assinatura e nossa tecnologia fica responsável por todo o fluxo de cobrança automática.

Ao final de cada ciclo, é gerada uma fatura com os valores, itens e descontos discriminados, levando mais transparência para o cliente e facilidade de conciliação para o seu negócio.

Confira as principais vantagens da solução de recorrência do Pagar.me:

  • Avisos inteligentes: é possível enviar por e-mail o status da assinatura, boletos pendentes ou a confirmação de pagamento, de forma automática;
  • Retentativas de cobrança: se uma tentativa de cobrança falhar, uma série de tentativas são realizadas antes que a assinatura seja suspensa ou cancelada;
  • Split com recorrência: no caso de assinaturas que envolvem diferentes recebedores, nossa tecnologia é capaz de, a cada cobrança, dividir o pagamento automaticamente entre eles;
  • Link de pagamento com recorrência: com esse serviço adicional, é possível enviar um checkout personalizado para o cliente fazer um pagamento recorrente, na periodicidade determinada;
  • Card Updater: nosso sistema permite a atualização automática de cartões de crédito expirados que foram reemitidos, evitando o cancelamento involuntário do serviço;
  • Gestão de inadimplência: você pode negociar parcelas de clientes inadimplentes diretamente e dar baixa nas cobranças, para que o consumidor continue o fluxo de pagamentos do plano normalmente.

Para contar com essas funcionalidades e implementar um modelo de recorrência com sucesso e segurança no seu negócio, é só se cadastrar no Pagar.me ou solicitar uma proposta personalizada. Boas vendas!


Cadastre-se no Pagar.me!

Compartilhe esse conteúdo

  • Logo Facebook colorido
  • Logo Linkedin colorido
  • Logo Twitter colorido
  • Logo Whatsapp Colorido

Você também vai gostar..

30, setembro, 2022

Como preparar sua loja virtual para a Black Friday? Checklist

Garantir o sucesso da sua loja virtual na Black Friday exige uma preparação de vários aspectos da operação. Veja nosso checklist para não deixar nada para trás!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

28, setembro, 2022

Sell in e sell out: o que são e quais as diferenças?

Sell in e sell out são importantes processos que compõem a cadeia de suprimentos. Entenda o conceito de cada um e como fazer a melhor gestão deles!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

27, setembro, 2022

Avaliação de produtos: por que e como incentivar no seu e-commerce?

A avaliação de produtos é um recurso que fornece uma prova social para os clientes, incentivando-o a fazer uma compra. Entenda como utilizá-la na sua loja!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

O que é recorrência, como funciona e como implementar esse modelo de negócio?

E-commerce

16 de setembro de 2022

Mesmo que você não perceba, certamente a recorrência está muito presente no seu dia a dia. É só pensar em todos os serviços que você utiliza a partir de uma cobrança recorrente, como streamings de vídeo, cursos online, academias, entre outros.

Além de oferecer praticidade para os usuários, esse modelo de negócio é bastante vantajoso para as empresas. Afinal, ele gera receita recorrente para o caixa e ajuda a fidelizar os clientes.

Esse modelo tem sido tão adotado pelos empreendimentos que ele até mesmo originou a chamada economia da recorrência — uma tendência global entre as empresas.

Se você quer saber mais sobre o assunto, continue conosco! Ao longo deste conteúdo, você vai entender o que é recorrência, quais são as suas vantagens e como implementá-la no seu negócio.

O que é recorrência?

A recorrência é um modelo de negócio no qual as cobranças são realizadas de forma automática e em uma frequência acordada em contrato, seja mensal, semestral ou anual, por exemplo.

Dessa forma, trata-se de um modelo utilizado para a venda de produtos e serviços que funcionam por meio de planos, assinaturas ou mensalidades. Esse é o caso de:

  • streamings de vídeo e música;
  • clubes de assinatura;
  • planos de academia;
  • mensalidades de cursos, escolas e universidades;
  • empresas SaaS (Software as a Service);
  • planos de saúde;
  • contas de celular, luz e água etc.

Em todos esses exemplos, o consumidor disponibiliza seus dados para a realização do primeiro pagamento e, então, as cobranças seguintes são feitas automaticamente, no valor e na periodicidade acordadas.

Esse processo vale até que o prazo do contrato expire ou que o cliente solicite o cancelamento do produto ou serviço.

Qual a diferença da recorrência para outros modelos de negócio?

O diferencial da recorrência está na entrega recorrente de um produto ou serviço para o consumidor. Logo, não entram na categoria compras pontuais, ainda que elas tenham sido parceladas.

O parcelamento consiste em uma única venda, cujo pagamento é dividido em múltiplas parcelas. Assim, mesmo após receber o produto, o cliente pode ter que continuar pagando até finalizar todas as prestações.

No pagamento recorrente, enquanto o consumidor estiver pagando pela solução contratada, ele continuará recebendo-a ou tendo acesso a ela.

Outra diferença entre essas duas modalidades é que, no parcelamento, o valor total da compra é considerado no limite do cartão de crédito. Já na recorrência, só é preciso ter o valor do pagamento mensal disponível.

Como surgiu a economia de recorrência?

A economia de recorrência é um fenômeno global que se originou do boom do modelo recorrente a partir dos anos 2000.

Vale lembrar que as cobranças recorrentes não são nenhuma novidade. Prova disso são as mensalidades de escolas, assim como as assinaturas de jornais e revistas, presentes no dia a dia do consumidor há anos.

A diferença é que, com a digitalização do mercado mais recentemente, o consumidor passou a valorizar mais o acesso do que a propriedade das soluções. A recorrência, então, se tornou uma grande tendência para atender a esse perfil do cliente atual.

Para completar, os meios de pagamento online têm evoluído cada vez mais, tornando possível vender praticamente qualquer produto ou serviço de forma recorrente, com flexibilidade e facilidade.

Quais são as vantagens do modelo de recorrência?

Vamos nos aprofundar, então, nos principais benefícios que o modelo de recorrência proporciona para consumidores e negócios!

Praticidade para o consumidor

A grande vantagem desse modelo para o consumidor é a praticidade de não ter que fazer o pagamento de forma manual. Com a recorrência por cartão, as cobranças são realizadas e renovadas automaticamente.

Assim, o cliente não corre o risco de se esquecer de pagar e, involuntariamente, cancelar ou suspender o serviço ou produto desejado.

Automação das cobranças

A automação das cobranças também traz vantagens para as empresas. Afinal, elas não precisam realizar esse processo manualmente, o que proporciona mais produtividade para o setor financeiro e minimiza as chances de erros humanos, como cobranças duplicadas.

Redução do índice de inadimplência

Com as cobranças sendo realizadas de modo automático, sobretudo no cartão de crédito, você evita que os clientes se esqueçam ou atrasem o pagamento. Assim, há uma redução da taxa de inadimplência do negócio.

As plataformas de pagamentos também costumam disponibilizar recursos para minimizar ainda mais esse índice, como avisos automáticos e retentativas de pagamento.

Previsibilidade de receita

A recorrência permite que a empresa tenha uma melhor previsibilidade da receita que será recebida em um determinado período. Dessa maneira, é possível aprimorar a gestão financeira do negócio, controlando o fluxo de caixa e os investimentos de forma mais eficaz.

Melhor controle do estoque

Para empresas que vendem produtos físicos, o modelo de recorrência possibilita ter uma previsão de demanda mais assertiva. A partir disso, a loja pode planejar as reposições do estoque de forma estratégica, evitando a falta e o excesso de mercadorias.

Fidelização dos clientes

Em uma venda pontual, é comum que o consumidor compre uma vez com o seu negócio e só retorne meses depois ou, até mesmo, nunca mais volte.

Com a venda recorrente, por sua vez, o cliente recebe os produtos ou serviços de forma periódica. Isso cria mais oportunidades para o seu negócio estreitar o relacionamento com os consumidores, fidelizando-os a longo prazo.

Escalabilidade

Por fim, a previsibilidade de receita, a eficiência operacional e a fidelização dos clientes contribuem para o crescimento saudável e exponencial do negócio — processo conhecido como escalabilidade.

Como funciona o modelo de cobrança de recorrência?

Na prática, a recorrência funciona por meio do agendamento de transações futuras. Isso significa que a empresa configura para que a cobrança do produto ou serviço vendido seja realizada de forma automática, em intervalos pré-determinados, durante o período acordado.

As formas de pagamento utilizadas para os pagamentos recorrentes costumam ser cartão de crédito, débito e boleto bancário. Entenda o funcionamento de cada modalidade a seguir!

Cartão de crédito

Esse é o método de pagamento mais comum na recorrência. A sua vantagem é que a cobrança é feita diretamente na fatura do cliente, evitando que ele se esqueça de pagar.

Além disso, em caso de inadimplência por não pagamento da fatura, o banco emissor do cartão é que fica responsável por cobrar ou negociar a dívida com o cliente, garantindo que o lojista receba o pagamento.

Boleto bancário

A recorrência por boleto bancário é uma modalidade relevante, por atender à população desbancarizada do país. A desvantagem dessa opção é que o cliente tem chances de atrasar ou se esquecer de fazer o pagamento.

Na prática, funciona nos mesmos moldes dos carnês, muito utilizados no passado em lojas físicas.

Por outro lado, há funcionalidades, como os avisos inteligentes, que ajudam a lembrá-lo de pagar o boleto, evitando a inadimplência.

Débito Pinless

O pagamento por Débito Pinless também é muito utilizado para cobranças recorrentes. Afinal, nessa modalidade, a transação segue o mesmo fluxo de uma compra online por cartão de crédito, sem a necessidade de autenticação.

Para habilitar essa funcionalidade no gateway do Pagar.me, é preciso solicitar para a adquirente a liberação deste serviço com as bandeiras e bancos emissores.

Como implementar a recorrência no seu negócio?

O principal ponto para implementar um modelo de recorrência no seu empreendimento é contratar uma solução de pagamento que ofereça essa funcionalidade. Esse é o caso do Pagar.me!

Com a nossa infraestrutura completa de pagamentos digitais, é possível criar e gerenciar planos recorrentes personalizados para o seu negócio, cobrando seus clientes automaticamente por boleto ou cartão.

Você pode configurar assinaturas pré-pagas e pós-pagas, com matrículas, descontos e itens temporários, na periodicidade que fizer mais sentido para o seu negócio e para o cliente.

É só fazer a configuração da assinatura e nossa tecnologia fica responsável por todo o fluxo de cobrança automática.

Ao final de cada ciclo, é gerada uma fatura com os valores, itens e descontos discriminados, levando mais transparência para o cliente e facilidade de conciliação para o seu negócio.

Confira as principais vantagens da solução de recorrência do Pagar.me:

  • Avisos inteligentes: é possível enviar por e-mail o status da assinatura, boletos pendentes ou a confirmação de pagamento, de forma automática;
  • Retentativas de cobrança: se uma tentativa de cobrança falhar, uma série de tentativas são realizadas antes que a assinatura seja suspensa ou cancelada;
  • Split com recorrência: no caso de assinaturas que envolvem diferentes recebedores, nossa tecnologia é capaz de, a cada cobrança, dividir o pagamento automaticamente entre eles;
  • Link de pagamento com recorrência: com esse serviço adicional, é possível enviar um checkout personalizado para o cliente fazer um pagamento recorrente, na periodicidade determinada;
  • Card Updater: nosso sistema permite a atualização automática de cartões de crédito expirados que foram reemitidos, evitando o cancelamento involuntário do serviço;
  • Gestão de inadimplência: você pode negociar parcelas de clientes inadimplentes diretamente e dar baixa nas cobranças, para que o consumidor continue o fluxo de pagamentos do plano normalmente.

Para contar com essas funcionalidades e implementar um modelo de recorrência com sucesso e segurança no seu negócio, é só se cadastrar no Pagar.me ou solicitar uma proposta personalizada. Boas vendas!


Cadastre-se no Pagar.me!

Compartilhe esse conteúdo

  • Logo Facebook colorido
  • Logo Linkedin colorido
  • Logo Twitter colorido
  • Logo Whatsapp Colorido

Você também vai gostar..

30, setembro, 2022

Como preparar sua loja virtual para a Black Friday? Checklist

Garantir o sucesso da sua loja virtual na Black Friday exige uma preparação de vários aspectos da operação. Veja nosso checklist para não deixar nada para trás!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

28, setembro, 2022

Sell in e sell out: o que são e quais as diferenças?

Sell in e sell out são importantes processos que compõem a cadeia de suprimentos. Entenda o conceito de cada um e como fazer a melhor gestão deles!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

27, setembro, 2022

Avaliação de produtos: por que e como incentivar no seu e-commerce?

A avaliação de produtos é um recurso que fornece uma prova social para os clientes, incentivando-o a fazer uma compra. Entenda como utilizá-la na sua loja!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo