6 modelos de negócios digitais para você investir

E-commerce

12 de janeiro de 2022

Mais do que nunca, a internet tem se mostrado um ambiente extremamente propício à inovação, oferecendo inúmeras possibilidades para quem deseja empreender.

O mundo online revolucionou a forma como as pessoas consomem e como as empresas oferecem seus produtos e serviços, impulsionando o surgimento de novos modelos de negócio.

Está começando a sua empresa online e ainda não sabe como ela entregará valor para o público? Vamos apresentar os principais modelos de negócios digitais para te ajudar no início da sua jornada empreendedora. Confira!

O que são negócios digitais?

Os negócios digitais são empreendimentos que funcionam no ambiente online, dependendo do uso de tecnologias e da internet para a oferta de seus produtos ou serviços.

Além da maior conexão entre os consumidores e as empresas, uma característica essencial dos negócios digitais é a flexibilidade. Afinal, o empreendedor pode trabalhar de forma remota — o famoso home office — e fazer os seus próprios horários.

Em geral, esses empreendimentos também exigem um menor investimento inicial para colocar a operação em andamento. Por outro lado, eles enfrentam uma maior competitividade e demandam uma constante busca por atualizações e inovações.

Por que investir em negócios digitais?

A transformação digital é um movimento global que tem alcançado patamares cada vez mais elevados. Prova disso é o crescimento do comércio eletrônico nos últimos anos.

Segundo a 44ª edição do relatório Webshoppers, o e-commerce brasileiro atingiu o seu recorde histórico de vendas no primeiro semestre de 2021, totalizando mais de R$ 53 bilhões em faturamento e 42 milhões de consumidores.

Nesse contexto, os empreendedores que não adaptarem seus negócios físicos para o ambiente online certamente ficarão para trás no mercado.

E, para quem está começando a própria empresa agora, a internet é um universo com muitas oportunidades e vantagens, atendendo à demanda dos consumidores atuais por agilidade e praticidade.

Dentre os seus principais benefícios, os negócios online permitem mais produtividade e dinamismo, assim como maior alcance do público, menor custo inicial e possibilidade de rápido crescimento e escalabilidade.

6 modelos de negócios digitais para você conhecer

Existem diversos tipos de negócios no mundo digital, sendo que o ideal é escolher aquele que faz mais sentido para os seus objetivos e propósitos como empreendedor.

Aqui, separamos os principais modelos de negócios digitais para você conhecer e se inspirar na hora de começar o seu.

1. E-commerce

O e-commerce, ou comércio eletrônico, é um modelo de negócio que está em alta e promete continuar crescendo nos próximos anos.

Na prática, a modalidade consiste na venda de produtos por meio de uma loja virtual, oferecendo comodidade para os consumidores encontrarem os produtos desejados e fazerem suas compras.

Além de demandar menos custos operacionais do que uma loja física tradicional, um grande diferencial do e-commerce em relação a uma loja física é a possibilidade de alcançar um público muito maior.

Afinal, você pode enviar seus produtos para todo o país (e até mesmo o mundo), não ficando restrito à região do estabelecimento.


Baixe o Guia definitivo de como montar um e-commerce!

2. Marketplace

O marketplace é uma modalidade de negócio que conecta vendedores e consumidores através de uma plataforma online, como Amazon, Netshoes e Americanas.

Assim como o e-commerce, ele também baseia-se na venda de produtos ou serviços online. A diferença é que, enquanto o e-commerce é uma loja virtual própria, o marketplace funciona como um shopping virtual, reunindo diferentes lojistas e marcas em um único lugar.

Os gestores do marketplace fazem a administração da plataforma, oferecendo um espaço do site para os empreendedores, geralmente em troca de uma comissão sobre as vendas realizadas.

A grande vantagem para os lojistas é que eles não precisam investir na estrutura de um e-commerce próprio, além de contarem com a visibilidade do marketplace.

Já a desvantagem é que a competição dentro dessas plataformas pode ser acirrada, assim como pode haver uma certa dependência do varejista ao marketplace.

3. Assinatura

O modelo de assinatura não é nada novo. É só pensar nas tradicionais assinaturas de revistas e nos planos de academia, que cobram um pagamento recorrente para a entrega de um produto ou serviço.

Com a adesão dos consumidores à internet, esse modelo foi adaptado para os negócios digitais. É o caso das plataformas de streaming, como Netflix e Spotify, e dos clubes de assinaturas de produtos como vinhos, livros e produtos para pets.

Essa modalidade garante uma receita recorrente para o empreendedor, mas também exige constantes atualizações dos serviços (no caso dos streamings) e uma curadoria exclusiva de produtos (no caso dos clubes de assinaturas).

4. Infoprodutos

Já pensou em monetizar o seu know-how em um determinado assunto? Isso é possível por meio dos infoprodutos, também chamados de produtos digitais, que são outro mercado em expansão.

E-books, cursos online, webinars, consultorias, planilhas… Esses são alguns exemplos de soluções digitais que podem ser vendidas na internet.

O mais importante é produzir conteúdos de qualidade e direcioná-los para o público mais qualificado e interessado nos temas abordados.

5. Social commerce

As redes sociais já provaram a sua influência nas decisões de compra dos consumidores atuais.

Nesse contexto, é bastante estratégico para as empresas venderem seus produtos e serviços em redes sociais como Facebook e Instagram — é o chamado social commerce.

Esse modelo pode ser utilizado tanto por quem está começando a empreender e ainda não tem recursos para investir em um e-commerce próprio, quanto para quem já tem uma loja virtual e deseja aumentar o alcance da marca e impulsionar suas vendas.

6. Software as a Service (SaaS)

O Software as a Service (SaaS) é um modelo de negócio baseado no desenvolvimento e na oferta de softwares como um serviço. Em outras palavras, a empresa faz uma cobrança recorrente do cliente para o uso da sua solução.

Um exemplo que ilustra bem essa modalidade é o Google Workspace. A partir de um pagamento mensal, as empresas podem utilizar uma série de ferramentas do Google que funcionam na nuvem, como Meet, Docs e Sheets, para o trabalho de suas equipes.

Como garantir o sucesso do seu negócio digital?

Independentemente do modelo de negócio digital escolhido, um aspecto indispensável para o sucesso do seu empreendimento são os pagamentos online.

Os consumidores precisam de uma forma para pagar os produtos ou serviços adquiridos com segurança e eficiência. É nesse ponto que entra a importância dos meios de pagamento digitais.

O Pagar.me é uma plataforma de serviços financeiros digitais para você vender online com praticidade, segurança e agilidade, seja em um e-commerce, marketplace ou redes sociais.

Olha só as principais vantagens e funcionalidades das nossas soluções:

  • Formas de pagamento mais utilizadas: venda por cartão de crédito, boleto bancário e Pix no seu e-commerce;
  • Link de pagamento: envie um checkout diretamente para o cliente finalizar sua compra, permitindo que você venda por redes sociais como Instagram, Facebook e WhatsApp;
  • Recorrência: crie planos de assinatura customizados para o seu negócio, cobrando os seus clientes de forma automática;
  • Split de pagamento: divida uma transação entre diferentes recebedores, para que cada participante da venda receba seu respectivo valor — solução criada especialmente para marketplaces;
  • Segurança e estabilidade: oferecemos uma tecnologia robusta e proprietária, com certificação PCI e antifraude integrado para proteger as suas transações.

Quer contar com o Pagar.me para começar o seu negócio digital com o pé direito? Cadastre-se já ou entre em contato para receber uma proposta personalizada!


Cadastre-se no Pagar.me!

Compartilhe esse conteúdo

  • Logo Facebook colorido
  • Logo Linkedin colorido
  • Logo Twitter colorido
  • Logo Whatsapp Colorido

Você também vai gostar..

17, janeiro, 2022

Como anunciar no Instagram Ads: passo a passo para sua loja

Confira nosso guia completo de como anunciar no Instagram Ads e aprenda a aumentar o alcance do seu negócio com essa ferramenta!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

14, janeiro, 2022

O que vender na internet? Confira 10 ideias para 2022

Quer empreender no mundo online, mas ainda não sabe o que vender na internet? Reunimos os principais dados e tendências do mercado para você se inspirar.

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

13, janeiro, 2022

Funil de vendas para e-commerce: saiba como fazer!

As empresas que estão voltadas para garantir a presença no ambiente virtual precisam entender a importância do funil de vendas para e-commerce. Confira!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

6 modelos de negócios digitais para você investir

E-commerce

12 de janeiro de 2022

Mais do que nunca, a internet tem se mostrado um ambiente extremamente propício à inovação, oferecendo inúmeras possibilidades para quem deseja empreender.

O mundo online revolucionou a forma como as pessoas consomem e como as empresas oferecem seus produtos e serviços, impulsionando o surgimento de novos modelos de negócio.

Está começando a sua empresa online e ainda não sabe como ela entregará valor para o público? Vamos apresentar os principais modelos de negócios digitais para te ajudar no início da sua jornada empreendedora. Confira!

O que são negócios digitais?

Os negócios digitais são empreendimentos que funcionam no ambiente online, dependendo do uso de tecnologias e da internet para a oferta de seus produtos ou serviços.

Além da maior conexão entre os consumidores e as empresas, uma característica essencial dos negócios digitais é a flexibilidade. Afinal, o empreendedor pode trabalhar de forma remota — o famoso home office — e fazer os seus próprios horários.

Em geral, esses empreendimentos também exigem um menor investimento inicial para colocar a operação em andamento. Por outro lado, eles enfrentam uma maior competitividade e demandam uma constante busca por atualizações e inovações.

Por que investir em negócios digitais?

A transformação digital é um movimento global que tem alcançado patamares cada vez mais elevados. Prova disso é o crescimento do comércio eletrônico nos últimos anos.

Segundo a 44ª edição do relatório Webshoppers, o e-commerce brasileiro atingiu o seu recorde histórico de vendas no primeiro semestre de 2021, totalizando mais de R$ 53 bilhões em faturamento e 42 milhões de consumidores.

Nesse contexto, os empreendedores que não adaptarem seus negócios físicos para o ambiente online certamente ficarão para trás no mercado.

E, para quem está começando a própria empresa agora, a internet é um universo com muitas oportunidades e vantagens, atendendo à demanda dos consumidores atuais por agilidade e praticidade.

Dentre os seus principais benefícios, os negócios online permitem mais produtividade e dinamismo, assim como maior alcance do público, menor custo inicial e possibilidade de rápido crescimento e escalabilidade.

6 modelos de negócios digitais para você conhecer

Existem diversos tipos de negócios no mundo digital, sendo que o ideal é escolher aquele que faz mais sentido para os seus objetivos e propósitos como empreendedor.

Aqui, separamos os principais modelos de negócios digitais para você conhecer e se inspirar na hora de começar o seu.

1. E-commerce

O e-commerce, ou comércio eletrônico, é um modelo de negócio que está em alta e promete continuar crescendo nos próximos anos.

Na prática, a modalidade consiste na venda de produtos por meio de uma loja virtual, oferecendo comodidade para os consumidores encontrarem os produtos desejados e fazerem suas compras.

Além de demandar menos custos operacionais do que uma loja física tradicional, um grande diferencial do e-commerce em relação a uma loja física é a possibilidade de alcançar um público muito maior.

Afinal, você pode enviar seus produtos para todo o país (e até mesmo o mundo), não ficando restrito à região do estabelecimento.


Baixe o Guia definitivo de como montar um e-commerce!

2. Marketplace

O marketplace é uma modalidade de negócio que conecta vendedores e consumidores através de uma plataforma online, como Amazon, Netshoes e Americanas.

Assim como o e-commerce, ele também baseia-se na venda de produtos ou serviços online. A diferença é que, enquanto o e-commerce é uma loja virtual própria, o marketplace funciona como um shopping virtual, reunindo diferentes lojistas e marcas em um único lugar.

Os gestores do marketplace fazem a administração da plataforma, oferecendo um espaço do site para os empreendedores, geralmente em troca de uma comissão sobre as vendas realizadas.

A grande vantagem para os lojistas é que eles não precisam investir na estrutura de um e-commerce próprio, além de contarem com a visibilidade do marketplace.

Já a desvantagem é que a competição dentro dessas plataformas pode ser acirrada, assim como pode haver uma certa dependência do varejista ao marketplace.

3. Assinatura

O modelo de assinatura não é nada novo. É só pensar nas tradicionais assinaturas de revistas e nos planos de academia, que cobram um pagamento recorrente para a entrega de um produto ou serviço.

Com a adesão dos consumidores à internet, esse modelo foi adaptado para os negócios digitais. É o caso das plataformas de streaming, como Netflix e Spotify, e dos clubes de assinaturas de produtos como vinhos, livros e produtos para pets.

Essa modalidade garante uma receita recorrente para o empreendedor, mas também exige constantes atualizações dos serviços (no caso dos streamings) e uma curadoria exclusiva de produtos (no caso dos clubes de assinaturas).

4. Infoprodutos

Já pensou em monetizar o seu know-how em um determinado assunto? Isso é possível por meio dos infoprodutos, também chamados de produtos digitais, que são outro mercado em expansão.

E-books, cursos online, webinars, consultorias, planilhas… Esses são alguns exemplos de soluções digitais que podem ser vendidas na internet.

O mais importante é produzir conteúdos de qualidade e direcioná-los para o público mais qualificado e interessado nos temas abordados.

5. Social commerce

As redes sociais já provaram a sua influência nas decisões de compra dos consumidores atuais.

Nesse contexto, é bastante estratégico para as empresas venderem seus produtos e serviços em redes sociais como Facebook e Instagram — é o chamado social commerce.

Esse modelo pode ser utilizado tanto por quem está começando a empreender e ainda não tem recursos para investir em um e-commerce próprio, quanto para quem já tem uma loja virtual e deseja aumentar o alcance da marca e impulsionar suas vendas.

6. Software as a Service (SaaS)

O Software as a Service (SaaS) é um modelo de negócio baseado no desenvolvimento e na oferta de softwares como um serviço. Em outras palavras, a empresa faz uma cobrança recorrente do cliente para o uso da sua solução.

Um exemplo que ilustra bem essa modalidade é o Google Workspace. A partir de um pagamento mensal, as empresas podem utilizar uma série de ferramentas do Google que funcionam na nuvem, como Meet, Docs e Sheets, para o trabalho de suas equipes.

Como garantir o sucesso do seu negócio digital?

Independentemente do modelo de negócio digital escolhido, um aspecto indispensável para o sucesso do seu empreendimento são os pagamentos online.

Os consumidores precisam de uma forma para pagar os produtos ou serviços adquiridos com segurança e eficiência. É nesse ponto que entra a importância dos meios de pagamento digitais.

O Pagar.me é uma plataforma de serviços financeiros digitais para você vender online com praticidade, segurança e agilidade, seja em um e-commerce, marketplace ou redes sociais.

Olha só as principais vantagens e funcionalidades das nossas soluções:

  • Formas de pagamento mais utilizadas: venda por cartão de crédito, boleto bancário e Pix no seu e-commerce;
  • Link de pagamento: envie um checkout diretamente para o cliente finalizar sua compra, permitindo que você venda por redes sociais como Instagram, Facebook e WhatsApp;
  • Recorrência: crie planos de assinatura customizados para o seu negócio, cobrando os seus clientes de forma automática;
  • Split de pagamento: divida uma transação entre diferentes recebedores, para que cada participante da venda receba seu respectivo valor — solução criada especialmente para marketplaces;
  • Segurança e estabilidade: oferecemos uma tecnologia robusta e proprietária, com certificação PCI e antifraude integrado para proteger as suas transações.

Quer contar com o Pagar.me para começar o seu negócio digital com o pé direito? Cadastre-se já ou entre em contato para receber uma proposta personalizada!


Cadastre-se no Pagar.me!

Compartilhe esse conteúdo

  • Logo Facebook colorido
  • Logo Linkedin colorido
  • Logo Twitter colorido
  • Logo Whatsapp Colorido

Você também vai gostar..

17, janeiro, 2022

Como anunciar no Instagram Ads: passo a passo para sua loja

Confira nosso guia completo de como anunciar no Instagram Ads e aprenda a aumentar o alcance do seu negócio com essa ferramenta!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

14, janeiro, 2022

O que vender na internet? Confira 10 ideias para 2022

Quer empreender no mundo online, mas ainda não sabe o que vender na internet? Reunimos os principais dados e tendências do mercado para você se inspirar.

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

13, janeiro, 2022

Funil de vendas para e-commerce: saiba como fazer!

As empresas que estão voltadas para garantir a presença no ambiente virtual precisam entender a importância do funil de vendas para e-commerce. Confira!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo