Valor de marca: o que é, como calcular e como aumentar esse indicador?

E-commerce

13 de março de 2023

Você sabe como calcular o valor da sua marca? Também chamado de brand equity, esse indicador é essencial para entender a percepção do consumidor em relação à marca e como ela pode impactar na sua decisão de compra.

Um valor de marca positivo pode ser um importante diferencial competitivo, contribuindo para a fidelização dos clientes, a obtenção de maiores margens de lucro e o aumento da rentabilidade do negócio.

No entanto, levando em conta a intangibilidade do conceito de marca, pode ser desafiador mensurar o quanto uma determinada marca vale.

Para te ajudar nisso, nos tópicos seguintes, vamos explicar o que é valor de marca, o que considerar na hora de calculá-lo e como aumentar esse indicador no seu empreendimento. Não perca!

O que é valor de marca?

O valor de marca, ou brand equity, é uma métrica que mede o quanto uma marca vale para uma empresa, considerando as percepções positivas ou negativas que os consumidores têm em relação a ela.

Esse conceito vai além dos ativos financeiros da marca, envolvendo o reconhecimento da marca perante o público e as associações, sentimentos e atitudes que ela gera nos clientes — aspectos intangíveis, ou seja, imateriais da marca.

Dessa forma, o valor de marca é o resultado também da proposta de valor oferecida, da experiência dos clientes com a empresa e das estratégias de branding trabalhadas, ou seja, de gestão da marca ao longo do tempo.

Benefícios de um valor de marca positivo

Um brand equity positivo pode representar um grande diferencial competitivo para uma empresa no mercado.

Na prática, isso significa que os consumidores têm uma reação mais favorável a uma determinada oferta, quando identificam que ela é da sua marca, tendendo a escolhê-la em detrimento de uma concorrente.

Sendo assim, um valor de marca positivo traz uma série de vantagens para as empresas, como:

  • diferenciação frente a concorrência;
  • maior eficácia das ações de marketing;
  • menor sensibilidade do consumidor a variações de preços;
  • possibilidade de obter margens de lucro mais elevadas;
  • oportunidades de licenciamento e extensão da marca;
  • fidelização dos clientes;
  • crescimento saudável da operação.

Esses benefícios mostram a importância das empresas medirem o brand equity e implementarem estratégias que visem aumentá-lo, fortalecendo a autoridade da marca no mercado.

Como calcular o valor de marca?

Se o valor de marca envolve aspectos intangíveis, como é possível mensurá-lo? Para isso, é preciso analisar os diferentes fatores que influenciam na construção do brand equity.

Neste artigo, vamos focar na abordagem de David Aaker, que destaca cinco elementos formadores da métrica, que podem ser mensurados por meio de pesquisas quantitativas e qualitativas com o público. Conheça-os a seguir!

1. Lealdade à marca

Também chamado de brand loyalty, esse aspecto mensura a fidelidade dos clientes à marca, ou seja, a probabilidade que eles têm de a trocarem por concorrentes.

Quanto mais leais a uma marca, maior é o valor que os clientes veem nela. Dessa forma, trata-se de um elemento que reflete a satisfação do consumidor e que pode ajudar a reduzir os custos de marketing e aquisição de novos clientes.

2. Reconhecimento de marca

O reconhecimento ou consciência de marca, conhecido como brand awareness, consiste na familiaridade do cliente com a marca e os produtos ou serviços que ela vende.

A sua marca é conhecida pelo público? Os clientes sabem qual é o seu propósito e suas soluções? E eles a veem como uma autoridade no mercado? Esse é um importante aspecto que influencia na visibilidade da empresa e na sua habilidade de atrair consumidores.

3. Qualidade percebida

Como o nome já sugere, esse fator se refere à percepção de qualidade pelo público em relação aos produtos e serviços da marca, em comparação com outros da mesma categoria.

Muito considerada pelos consumidores em sua decisão de compra, a qualidade percebida pode ser um importante diferencial competitivo da empresa.

4. Associações de marca

Também compõem o brand equity os pensamentos, informações, valores e sentimentos que os consumidores associam a ela, formando a imagem da marca em sua mente.

Em outras palavras, são todos os elementos positivos ou negativos que o consumidor conecta à marca, a partir de suas próprias experiências com ela.

5. Ativos proprietários

Por fim, os ativos proprietários são elementos que protegem a propriedade intelectual da marca, como patentes, direitos autorais e marcas registradas, ajudando a aumentar a competitividade da empresa frente à concorrência.

Como aumentar o valor da sua marca para os consumidores?

Agora que você sabe o que é valor de marca e como mensurar esse indicador, como é possível aumentá-lo? Separamos algumas dicas para te ajudar nisso!

Construa uma identidade forte

Se você quer ter um brand equity positivo, é preciso investir na construção de uma identidade de marca forte.

A identidade envolve a definição de alguns aspectos essenciais da marca, como sua visão, propósito e valores, as necessidades que ela busca suprir no mercado, sua área de competência e seus diferenciais.

São essas definições que vão guiar todas as estratégias de marketing da empresa, como a identidade visual, os produtos oferecidos e as ações promocionais.

Defina um posicionamento de marca

O posicionamento faz parte da identidade da marca e consiste no planejamento da imagem que a empresa deseja transmitir para os consumidores.

A partir de uma análise do público-alvo e do contexto competitivo da empresa, busque responder às seguintes perguntas: o que faz da sua marca única? Como ela se diferencia dos concorrentes?

Esse direcionamento é fundamental para aprimorar a estratégia da marca, aumentar o seu reconhecimento perante o público e conquistar uma posição competitiva contra a concorrência.

Comunique-se com os clientes

Manter uma comunicação próxima e transparente com os consumidores é um passo imprescindível para aumentar o valor de marca.

Aproveite os canais de comunicação da empresa para dialogar com os clientes, ouvindo o que eles têm a dizer e entendendo cada vez mais as suas necessidades, desejos e expectativas. Essa estratégia ajuda a criar um vínculo duradouro com o público.

Foque na experiência do cliente

A experiência do cliente com a empresa influencia diretamente na percepção que ele tem em relação à marca.

Portanto, busque promover a melhor experiência possível ao longo de toda a jornada do consumidor, desde os seus primeiros contatos com a marca até o pós-venda.

Para isso, uma dica é colocar o cliente no centro de todas as decisões de negócio. Essa estratégia é conhecida como Customer Centric e pode fazer toda a diferença na construção da imagem da marca na mente do consumidor.

Como você pode perceber, o valor de marca é um conceito muito importante para as empresas. No entanto, por envolver questões intangíveis, muitos empreendedores ficam na dúvida de como mensurar e trabalhar esse indicador.

Esperamos que nossas dicas tenham deixado esse assunto mais claro para você. Para conhecer outras estratégias para garantir uma melhor experiência no seu negócio, confira nosso conteúdo sobre overdelivery e como superar a expectativa do cliente!

Compartilhe esse conteúdo

  • Logo Facebook colorido
  • Logo Linkedin colorido
  • Logo Twitter colorido
  • Logo Whatsapp Colorido

Você também vai gostar..

22, fevereiro, 2024

Como fazer live no Instagram? Passo a passo + 5 dicas

Aprenda o passo a passo de como fazer live no Instagram e confira dicas para fazer uma transmissão que gere vendas para a sua loja!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

20, fevereiro, 2024

Estoque máximo: o que é e como calcular o indicador?

Este conteúdo vai te ensinar como calcular o estoque máximo para mensurar o volume total de produtos que podem ser armazenados no seu negócio. Confira!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

19, fevereiro, 2024

Pagamento recusado: motivos para acontecer e como resolver

Ter um pagamento recusado pode ser um grande problema para a conversão de vendas online. Entenda os motivos para essa situação e como lidar com ela!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo