Pagamentos invisíveis: o que são e quais os impactos dessa tendência?

E-commerce

18 de maio de 2022

A evolução dos pagamentos digitais tem tornado a experiência de compra cada vez mais fluida e ágil. Os pagamentos invisíveis são o exemplo perfeito desse movimento.

Muito presente no dia a dia dos consumidores, o uso mais comum dessa tecnologia é nos aplicativos de transporte e delivery. Após cadastrar um cartão no app, todos os pedidos podem ser feitos de forma automática, sem precisar digitar os dados novamente.

Mas não para por aí: os pagamentos invisíveis têm sido utilizados de diversas formas para remover barreiras em compras presenciais e online. Com isso, os clientes têm um processo de compra simplificado e os lojistas veem um aumento nas vendas.

Quer saber mais sobre o assunto? Entenda a fundo o que são os pagamentos invisíveis, como eles têm sido aplicados e quais são os impactos dessa tendência inovadora!

O que são os pagamentos invisíveis?

Pagamentos invisíveis são todos aqueles que acontecem de forma automática, sem a necessidade de nenhuma ação por parte do cliente para efetuar a transação.

Dessa maneira, o pagamento é realizado de maneira praticamente imperceptível para o usuário. O objetivo é reduzir ao máximo os atritos no processo de compra, proporcionando uma experiência mais fluida, cômoda e rápida para os consumidores.

Em um primeiro momento, é preciso que a pessoa cadastre os seus dados de pagamento no sistema. Porém, após essa tarefa, todas as próximas compras podem ser realizadas automaticamente, sem a necessidade de preencher essas informações novamente.

Como funcionam os pagamentos invisíveis?

Os pagamentos invisíveis funcionam por meio do processo de tokenização, que substitui os dados reais de pagamento por códigos únicos — chamados de tokens —, protegidos por criptografia.

Isso significa que as informações sensíveis de cartão, como número, CVV e data de validade, são transformadas em uma série de números e letras gerados de forma aleatória e exclusiva por algoritmos.

Assim, os dados do consumidor podem ser armazenados e transitar pelo fluxo do pagamento com segurança.

Quais são as aplicações dos pagamentos invisíveis?

Além dos aplicativos de transporte e delivery, os pagamentos invisíveis têm sido utilizados em várias soluções inovadoras no mercado. Conheça os principais exemplos!

Pagamentos recorrentes

Um exemplo muito comum de pagamentos invisíveis são os pagamentos recorrentes. É o caso das assinaturas de plataformas de streaming, como Netflix e Spotify.

Após o cliente cadastrar o seu cartão de débito ou crédito, as cobranças são realizadas de forma automática e na frequência determinada. Assim, ele tem acesso contínuo ao serviço contratado, sem precisar informar seus dados de pagamento a cada cobrança.

Isso proporciona mais facilidade para o consumidor, além de ajudar a reduzir os casos de inadimplência para a empresa.

Compra com um clique

A funcionalidade de compra com um clique, ou one-click-buy, é uma das principais aplicações dos pagamentos invisíveis no e-commerce.

Basta o usuário se cadastrar no site e autorizar que os seus dados de pagamento sejam armazenados no sistema. Então, a partir das próximas compras, ele poderá finalizar o pedido clicando em um único botão, agilizando o processo de checkout.

Lojas autônomas

Os pagamentos invisíveis também têm sido utilizados, ainda que em menor escala, no varejo físico. Um grande case são as lojas autônomas da Amazon, chamadas de Amazon Go, presentes nos Estados Unidos e no Reino Unido.

Nesses estabelecimentos, não há funcionários nem caixas de pagamento, sendo que o cliente pode escolher os produtos nas prateleiras e simplesmente sair da loja.

Para isso, são utilizadas câmeras e sensores que identificam as mercadorias retiradas, além de um aplicativo que deve ser instalado no celular do consumidor. A cobrança é feita automaticamente na conta do usuário na Amazon, a partir dos dados previamente cadastrados.

Tags veiculares

As tags veiculares já são bastante utilizadas no Brasil, automatizando as cobranças em pedágios, estacionamentos e drive-thrus.

Na prática, por meio de um adesivo eletrônico que é colocado no veículo do consumidor, ele pode fazer o pagamento dos serviços automaticamente, utilizando o saldo ou método de pagamento cadastrado no sistema.

Quais são os impactos dos pagamentos invisíveis?

A esta altura do conteúdo, você já deve ter percebido as vantagens que os pagamentos invisíveis trazem para o mercado.

Para os consumidores, a tendência ajuda a proporcionar uma experiência de pagamento sem fricções, simplificando e agilizando o processo de compra. Essa facilidade de conclusão dos pedidos aumenta a satisfação dos clientes e incentiva as vendas.

Com isso, há os seguintes benefícios para os empreendimentos digitais:

  • remoção dos obstáculos no processo de pagamento;
  • melhor experiência de compra para o cliente;
  • redução do número de carrinhos abandonados;
  • aumento da taxa de conversão;
  • diferencial competitivo frente os concorrentes;
  • fidelização dos clientes e incentivo às recompras.

Vale destacar que esse imediatismo proporcionado pelos pagamentos invisíveis é valorizado especialmente pelos consumidores da geração Z. Sendo assim, trata-se de uma estratégia para conquistar esses clientes que estão se tornando cada vez mais relevantes no mercado.

E aí, o que você achou da tendência de pagamentos invisíveis? Essa tecnologia tem revolucionado o universo dos meios de pagamento, com impactos positivos para os lojistas e compradores.

Se você quer ficar por dentro das principais novidades sobre pagamentos digitais e e-commerce, inscreva-se já na nossa newsletter!


Inscreva-se na newsletter do Pagar.me!

Compartilhe esse conteúdo

  • Logo Facebook colorido
  • Logo Linkedin colorido
  • Logo Twitter colorido
  • Logo Whatsapp Colorido

Você também vai gostar..

05, dezembro, 2022

8 estratégias para disparar suas vendas de Natal (2022)

Quer potencializar as vendas de Natal da sua loja? Confira as principais tendências de consumo e estratégias para lucrar na data este ano.

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

01, dezembro, 2022

Venda casada: o que é e o que diz a lei sobre essa prática?

Confira o que é venda casada, por que essa prática é considerada um crime pela legislação e como evitá-la no seu negócio.

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

30, novembro, 2022

Unboxing: o que é e como investir nessa estratégia?

Você sabe o que é unboxing? Saiba mais sobre esse processo de desempacotar uma compra e como aproveitar essa tendência na sua loja!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

Pagamentos invisíveis: o que são e quais os impactos dessa tendência?

E-commerce

18 de maio de 2022

A evolução dos pagamentos digitais tem tornado a experiência de compra cada vez mais fluida e ágil. Os pagamentos invisíveis são o exemplo perfeito desse movimento.

Muito presente no dia a dia dos consumidores, o uso mais comum dessa tecnologia é nos aplicativos de transporte e delivery. Após cadastrar um cartão no app, todos os pedidos podem ser feitos de forma automática, sem precisar digitar os dados novamente.

Mas não para por aí: os pagamentos invisíveis têm sido utilizados de diversas formas para remover barreiras em compras presenciais e online. Com isso, os clientes têm um processo de compra simplificado e os lojistas veem um aumento nas vendas.

Quer saber mais sobre o assunto? Entenda a fundo o que são os pagamentos invisíveis, como eles têm sido aplicados e quais são os impactos dessa tendência inovadora!

O que são os pagamentos invisíveis?

Pagamentos invisíveis são todos aqueles que acontecem de forma automática, sem a necessidade de nenhuma ação por parte do cliente para efetuar a transação.

Dessa maneira, o pagamento é realizado de maneira praticamente imperceptível para o usuário. O objetivo é reduzir ao máximo os atritos no processo de compra, proporcionando uma experiência mais fluida, cômoda e rápida para os consumidores.

Em um primeiro momento, é preciso que a pessoa cadastre os seus dados de pagamento no sistema. Porém, após essa tarefa, todas as próximas compras podem ser realizadas automaticamente, sem a necessidade de preencher essas informações novamente.

Como funcionam os pagamentos invisíveis?

Os pagamentos invisíveis funcionam por meio do processo de tokenização, que substitui os dados reais de pagamento por códigos únicos — chamados de tokens —, protegidos por criptografia.

Isso significa que as informações sensíveis de cartão, como número, CVV e data de validade, são transformadas em uma série de números e letras gerados de forma aleatória e exclusiva por algoritmos.

Assim, os dados do consumidor podem ser armazenados e transitar pelo fluxo do pagamento com segurança.

Quais são as aplicações dos pagamentos invisíveis?

Além dos aplicativos de transporte e delivery, os pagamentos invisíveis têm sido utilizados em várias soluções inovadoras no mercado. Conheça os principais exemplos!

Pagamentos recorrentes

Um exemplo muito comum de pagamentos invisíveis são os pagamentos recorrentes. É o caso das assinaturas de plataformas de streaming, como Netflix e Spotify.

Após o cliente cadastrar o seu cartão de débito ou crédito, as cobranças são realizadas de forma automática e na frequência determinada. Assim, ele tem acesso contínuo ao serviço contratado, sem precisar informar seus dados de pagamento a cada cobrança.

Isso proporciona mais facilidade para o consumidor, além de ajudar a reduzir os casos de inadimplência para a empresa.

Compra com um clique

A funcionalidade de compra com um clique, ou one-click-buy, é uma das principais aplicações dos pagamentos invisíveis no e-commerce.

Basta o usuário se cadastrar no site e autorizar que os seus dados de pagamento sejam armazenados no sistema. Então, a partir das próximas compras, ele poderá finalizar o pedido clicando em um único botão, agilizando o processo de checkout.

Lojas autônomas

Os pagamentos invisíveis também têm sido utilizados, ainda que em menor escala, no varejo físico. Um grande case são as lojas autônomas da Amazon, chamadas de Amazon Go, presentes nos Estados Unidos e no Reino Unido.

Nesses estabelecimentos, não há funcionários nem caixas de pagamento, sendo que o cliente pode escolher os produtos nas prateleiras e simplesmente sair da loja.

Para isso, são utilizadas câmeras e sensores que identificam as mercadorias retiradas, além de um aplicativo que deve ser instalado no celular do consumidor. A cobrança é feita automaticamente na conta do usuário na Amazon, a partir dos dados previamente cadastrados.

Tags veiculares

As tags veiculares já são bastante utilizadas no Brasil, automatizando as cobranças em pedágios, estacionamentos e drive-thrus.

Na prática, por meio de um adesivo eletrônico que é colocado no veículo do consumidor, ele pode fazer o pagamento dos serviços automaticamente, utilizando o saldo ou método de pagamento cadastrado no sistema.

Quais são os impactos dos pagamentos invisíveis?

A esta altura do conteúdo, você já deve ter percebido as vantagens que os pagamentos invisíveis trazem para o mercado.

Para os consumidores, a tendência ajuda a proporcionar uma experiência de pagamento sem fricções, simplificando e agilizando o processo de compra. Essa facilidade de conclusão dos pedidos aumenta a satisfação dos clientes e incentiva as vendas.

Com isso, há os seguintes benefícios para os empreendimentos digitais:

  • remoção dos obstáculos no processo de pagamento;
  • melhor experiência de compra para o cliente;
  • redução do número de carrinhos abandonados;
  • aumento da taxa de conversão;
  • diferencial competitivo frente os concorrentes;
  • fidelização dos clientes e incentivo às recompras.

Vale destacar que esse imediatismo proporcionado pelos pagamentos invisíveis é valorizado especialmente pelos consumidores da geração Z. Sendo assim, trata-se de uma estratégia para conquistar esses clientes que estão se tornando cada vez mais relevantes no mercado.

E aí, o que você achou da tendência de pagamentos invisíveis? Essa tecnologia tem revolucionado o universo dos meios de pagamento, com impactos positivos para os lojistas e compradores.

Se você quer ficar por dentro das principais novidades sobre pagamentos digitais e e-commerce, inscreva-se já na nossa newsletter!


Inscreva-se na newsletter do Pagar.me!

Compartilhe esse conteúdo

  • Logo Facebook colorido
  • Logo Linkedin colorido
  • Logo Twitter colorido
  • Logo Whatsapp Colorido

Você também vai gostar..

05, dezembro, 2022

8 estratégias para disparar suas vendas de Natal (2022)

Quer potencializar as vendas de Natal da sua loja? Confira as principais tendências de consumo e estratégias para lucrar na data este ano.

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

01, dezembro, 2022

Venda casada: o que é e o que diz a lei sobre essa prática?

Confira o que é venda casada, por que essa prática é considerada um crime pela legislação e como evitá-la no seu negócio.

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

30, novembro, 2022

Unboxing: o que é e como investir nessa estratégia?

Você sabe o que é unboxing? Saiba mais sobre esse processo de desempacotar uma compra e como aproveitar essa tendência na sua loja!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo