O que vender no inverno? 7 ideias para lucrar online no frio

E-commerce

31 de maio de 2022

Com a chegada do inverno, muitos empreendedores ficam na dúvida de quais produtos vender para aproveitar ao máximo esse período de sazonalidade.

A estação mais fria do ano traz mudanças no comportamento e nas demandas do consumidor. Por isso, vale a pena buscar mercadorias que sejam atrativas para aumentar o seu faturamento nessa época.

Não sabe por onde começar para definir o que vender no inverno no seu e-commerce? Neste conteúdo, listamos os principais produtos para atender às necessidades dos clientes e lucrar no período. Pegue o seu bloco de notas e vamos lá!

O que vender no inverno?

As temperaturas mais baixas levam os consumidores a buscarem produtos que ofereçam maior conforto para lidar com o frio. Além disso, eles aproveitam para realizar atividades sazonais e consumir alimentos e bebidas típicas da estação.

No entanto, lembre-se de que é essencial levar em conta as especificidades do seu público-alvo e do seu segmento de mercado, para tomar as melhores decisões de negócio nessa sazonalidade.

Tendo esse ponto em mente, confira abaixo algumas ideias de produtos para vender no inverno!

1. Roupas e acessórios de frio

O segmento de vestuário é uma categoria clássica para a estação mais fria. Segundo um estudo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), historicamente, o setor apresenta um crescimento médio de 9,2% em vendas no inverno.

Dessa maneira, vale a pena investir em uma coleção de inverno, com variedade de cores, modelos e valores. Destacam-se bastante as peças artesanais feitas à mão, em crochê ou tricô, por exemplo.

Complemente peças mais clássicas, como blusas de frio, casacos, moletons e pijamas, com acessórios que ajudam a manter o consumidor aquecido na estação. É o caso de cachecóis, echarpes, gorros, pantufas, meias e botas.

2. Comidas quentes e doces

De acordo com um levantamento do Google, um a cada quatro brasileiros vê a comida como o principal atrativo do inverno. De fato, a estação mais fria leva os consumidores a passarem mais tempo em casa e a consumir mais indulgências e alimentos calóricos.

Um fato curioso é que a busca por chocolates no mês de julho é superior à do período da Páscoa, segundo o Google.

Dessa forma, uma possibilidade é investir na venda de doces. Uma ideia, por exemplo, é criar um kit de fondue para o cliente fazer em casa e aproveitar com seus familiares ou amigos.

Também destacam-se no período os clássicos caldos, sopas e massas, que saciam os clientes e ainda os ajudam a se esquentar.

3. Café e outras bebidas

Se os brasileiros já costumam ser fãs de café, no inverno, a bebida é ainda mais consumida. A Associação Brasileira da Indústria de Café (Abic) aponta que o consumo de café cresce cerca de 30%, entre o outono e o inverno, no país.

O mesmo vale para outras bebidas quentes, como chá, capuccino e chocolate quente. Também pensando em esquentar o consumidor, podemos ressaltar a venda de vinhos e bebidas destiladas, como conhaque e uísque.

4. Itens para pets

Não são somente os clientes que precisam se proteger do frio durante o inverno. Os animais de estimação também precisam de produtos para se manterem aquecidos na estação.

Portanto, uma oportunidade de produtos para vender no inverno são as linhas pet, que incluem roupinhas, camas acolchoadas, mantas e outros acessórios para os bichos, como cães e gatos.

5. Cosméticos hidratantes

O clima mais frio acaba agredindo a pele e os cabelos dos consumidores, que tendem a ficar mais secos na estação.

Por isso, uma boa pedida para a época são hidratantes e óleos corporais, capilares e labiais, para evitar o ressecamento. Segundo a pesquisa do Google, as buscas por hidratantes para pele seca aumentam 30% no inverno em relação ao verão.

Em relação à maquiagem, os consumidores costumam buscar mais elegância durante o inverno. Sendo assim, destacam-se as paletas de cores mais escuras e batons vermelhos.

6. Roupas de cama e cobertores

80% dos brasileiros preferem ficar em casa em finais de semana de frio. Além disso, 42% associam o período de inverno às palavras “aconchego” e “conforto” — é o que aponta o Google.

Para aproveitar esse cenário, outra categoria de produtos para vender nessa estação é a de roupas de cama e cobertores, que ajudam os consumidores a criar espaços mais aconchegantes e quentinhos em seus lares.

7. Produtos típicos de festa junina

Por fim, não podemos nos esquecer da festa junina, uma comemoração muito aguardada pelos brasileiros e que é tradicionalmente celebrada durante os meses de inverno no país.

Há várias mercadorias que podem ser vendidas para o consumidor comemorar em casa ou nas tradicionais quadrilhas de São João, como:

  • roupas e acessórios temáticos para adultos e crianças;
  • artigos de decoração, como bandeirinhas e chapéus de palha;
  • doces e salgados típicos, como canjica, pé de moleque e caldos;
  • prendas para as barraquinhas de festa junina.

Como ter sucesso com as vendas online durante o inverno?

Agora que você já conhece algumas ideias do que vender no inverno, confira nossas dicas de vendas para ter sucesso durante a estação!

Estude o seu público-consumidor

Já ressaltamos este ponto no início do artigo, mas vale repetir que é essencial entender as particularidades do seu público-alvo para escolher os produtos mais adequados para ofertar no inverno.

Analise as características demográficas e o perfil de consumo dos seus clientes, para entender quais são as suas necessidades e expectativas para a estação. Assim, você poderá identificar as mercadorias mais atrativas para o seu negócio.

Escolha bons fornecedores

Se você quer garantir a qualidade dos produtos vendidos no inverno, é essencial contar com fornecedores confiáveis. Para isso, peça indicações e faça pesquisas online, sempre avaliando o melhor custo-benefício para o seu empreendimento.

Planeje bem o seu estoque

Lembre-se de que os produtos que apresentamos são sazonais, ou seja, são mais vendidos especificamente durante o inverno.

Isso significa que é importante planejar bem as compras do seu estoque, para não deixar mercadorias encalhadas posteriormente e não ter prejuízos financeiros. Uma boa prática é analisar o histórico de vendas do negócio e fazer previsões de demanda para o período.

Monte kits de produtos

Crie kits de produtos com itens complementares que sejam relacionados à estação mais fria. No caso de um e-commerce de roupas femininas, por exemplo, que tal montar uma combinação com um look completo de inverno a um preço promocional?

Essa estratégia de vendas ajuda a atender às necessidades dos clientes de forma mais prática, contribui para o aumento do ticket médio do negócio e, ainda, evita cenários de estoques parados.

Ofereça uma boa experiência de pagamento

Para finalizar, não se esqueça de garantir que o consumidor tenha uma experiência de pagamento segura e fluida no seu e-commerce!

Uma dica é contar com uma solução de pagamento online que ofereça funcionalidades voltadas para aumentar as suas conversões, como checkout transparente, link de pagamento e retentativa inteligente.

Gostou das nossas ideias sobre o que vender no inverno? Se você quer impulsionar suas vendas durante a estação mais fria do ano, conheça o Pagar.me: uma plataforma completa de serviços financeiros para você vender online com cartão de crédito, boleto e Pix.

Confira os recursos que oferecemos para aumentar a sua conversão ou, se já quiser vender mais com nossas soluções, cadastre-se agora mesmo clicando no banner abaixo!


Cadastre-se no Pagar.me!

Compartilhe esse conteúdo

  • Logo Facebook colorido
  • Logo Linkedin colorido
  • Logo Twitter colorido
  • Logo Whatsapp Colorido

Você também vai gostar..

24, junho, 2022

Tarifa do Pix: entenda quando a taxa pode ser cobrada

Há alguns casos em que é cobrada uma tarifa do Pix para a realização das transações. Entenda quando essa taxa pode ser aplicada!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

22, junho, 2022

O que é sortimento de produtos e como definir o ideal?

Quer saber o que é sortimento e como montar a seleção ideal de produtos para as categorias da sua loja? Leia nosso conteúdo completo!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

21, junho, 2022

Conheça os 7 principais impostos sobre vendas

Entenda quais são os principais impostos sobre vendas que podem incidir sobre o seu negócio, para se manter em dia com a legislação.

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

O que vender no inverno? 7 ideias para lucrar online no frio

E-commerce

31 de maio de 2022

Com a chegada do inverno, muitos empreendedores ficam na dúvida de quais produtos vender para aproveitar ao máximo esse período de sazonalidade.

A estação mais fria do ano traz mudanças no comportamento e nas demandas do consumidor. Por isso, vale a pena buscar mercadorias que sejam atrativas para aumentar o seu faturamento nessa época.

Não sabe por onde começar para definir o que vender no inverno no seu e-commerce? Neste conteúdo, listamos os principais produtos para atender às necessidades dos clientes e lucrar no período. Pegue o seu bloco de notas e vamos lá!

O que vender no inverno?

As temperaturas mais baixas levam os consumidores a buscarem produtos que ofereçam maior conforto para lidar com o frio. Além disso, eles aproveitam para realizar atividades sazonais e consumir alimentos e bebidas típicas da estação.

No entanto, lembre-se de que é essencial levar em conta as especificidades do seu público-alvo e do seu segmento de mercado, para tomar as melhores decisões de negócio nessa sazonalidade.

Tendo esse ponto em mente, confira abaixo algumas ideias de produtos para vender no inverno!

1. Roupas e acessórios de frio

O segmento de vestuário é uma categoria clássica para a estação mais fria. Segundo um estudo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), historicamente, o setor apresenta um crescimento médio de 9,2% em vendas no inverno.

Dessa maneira, vale a pena investir em uma coleção de inverno, com variedade de cores, modelos e valores. Destacam-se bastante as peças artesanais feitas à mão, em crochê ou tricô, por exemplo.

Complemente peças mais clássicas, como blusas de frio, casacos, moletons e pijamas, com acessórios que ajudam a manter o consumidor aquecido na estação. É o caso de cachecóis, echarpes, gorros, pantufas, meias e botas.

2. Comidas quentes e doces

De acordo com um levantamento do Google, um a cada quatro brasileiros vê a comida como o principal atrativo do inverno. De fato, a estação mais fria leva os consumidores a passarem mais tempo em casa e a consumir mais indulgências e alimentos calóricos.

Um fato curioso é que a busca por chocolates no mês de julho é superior à do período da Páscoa, segundo o Google.

Dessa forma, uma possibilidade é investir na venda de doces. Uma ideia, por exemplo, é criar um kit de fondue para o cliente fazer em casa e aproveitar com seus familiares ou amigos.

Também destacam-se no período os clássicos caldos, sopas e massas, que saciam os clientes e ainda os ajudam a se esquentar.

3. Café e outras bebidas

Se os brasileiros já costumam ser fãs de café, no inverno, a bebida é ainda mais consumida. A Associação Brasileira da Indústria de Café (Abic) aponta que o consumo de café cresce cerca de 30%, entre o outono e o inverno, no país.

O mesmo vale para outras bebidas quentes, como chá, capuccino e chocolate quente. Também pensando em esquentar o consumidor, podemos ressaltar a venda de vinhos e bebidas destiladas, como conhaque e uísque.

4. Itens para pets

Não são somente os clientes que precisam se proteger do frio durante o inverno. Os animais de estimação também precisam de produtos para se manterem aquecidos na estação.

Portanto, uma oportunidade de produtos para vender no inverno são as linhas pet, que incluem roupinhas, camas acolchoadas, mantas e outros acessórios para os bichos, como cães e gatos.

5. Cosméticos hidratantes

O clima mais frio acaba agredindo a pele e os cabelos dos consumidores, que tendem a ficar mais secos na estação.

Por isso, uma boa pedida para a época são hidratantes e óleos corporais, capilares e labiais, para evitar o ressecamento. Segundo a pesquisa do Google, as buscas por hidratantes para pele seca aumentam 30% no inverno em relação ao verão.

Em relação à maquiagem, os consumidores costumam buscar mais elegância durante o inverno. Sendo assim, destacam-se as paletas de cores mais escuras e batons vermelhos.

6. Roupas de cama e cobertores

80% dos brasileiros preferem ficar em casa em finais de semana de frio. Além disso, 42% associam o período de inverno às palavras “aconchego” e “conforto” — é o que aponta o Google.

Para aproveitar esse cenário, outra categoria de produtos para vender nessa estação é a de roupas de cama e cobertores, que ajudam os consumidores a criar espaços mais aconchegantes e quentinhos em seus lares.

7. Produtos típicos de festa junina

Por fim, não podemos nos esquecer da festa junina, uma comemoração muito aguardada pelos brasileiros e que é tradicionalmente celebrada durante os meses de inverno no país.

Há várias mercadorias que podem ser vendidas para o consumidor comemorar em casa ou nas tradicionais quadrilhas de São João, como:

  • roupas e acessórios temáticos para adultos e crianças;
  • artigos de decoração, como bandeirinhas e chapéus de palha;
  • doces e salgados típicos, como canjica, pé de moleque e caldos;
  • prendas para as barraquinhas de festa junina.

Como ter sucesso com as vendas online durante o inverno?

Agora que você já conhece algumas ideias do que vender no inverno, confira nossas dicas de vendas para ter sucesso durante a estação!

Estude o seu público-consumidor

Já ressaltamos este ponto no início do artigo, mas vale repetir que é essencial entender as particularidades do seu público-alvo para escolher os produtos mais adequados para ofertar no inverno.

Analise as características demográficas e o perfil de consumo dos seus clientes, para entender quais são as suas necessidades e expectativas para a estação. Assim, você poderá identificar as mercadorias mais atrativas para o seu negócio.

Escolha bons fornecedores

Se você quer garantir a qualidade dos produtos vendidos no inverno, é essencial contar com fornecedores confiáveis. Para isso, peça indicações e faça pesquisas online, sempre avaliando o melhor custo-benefício para o seu empreendimento.

Planeje bem o seu estoque

Lembre-se de que os produtos que apresentamos são sazonais, ou seja, são mais vendidos especificamente durante o inverno.

Isso significa que é importante planejar bem as compras do seu estoque, para não deixar mercadorias encalhadas posteriormente e não ter prejuízos financeiros. Uma boa prática é analisar o histórico de vendas do negócio e fazer previsões de demanda para o período.

Monte kits de produtos

Crie kits de produtos com itens complementares que sejam relacionados à estação mais fria. No caso de um e-commerce de roupas femininas, por exemplo, que tal montar uma combinação com um look completo de inverno a um preço promocional?

Essa estratégia de vendas ajuda a atender às necessidades dos clientes de forma mais prática, contribui para o aumento do ticket médio do negócio e, ainda, evita cenários de estoques parados.

Ofereça uma boa experiência de pagamento

Para finalizar, não se esqueça de garantir que o consumidor tenha uma experiência de pagamento segura e fluida no seu e-commerce!

Uma dica é contar com uma solução de pagamento online que ofereça funcionalidades voltadas para aumentar as suas conversões, como checkout transparente, link de pagamento e retentativa inteligente.

Gostou das nossas ideias sobre o que vender no inverno? Se você quer impulsionar suas vendas durante a estação mais fria do ano, conheça o Pagar.me: uma plataforma completa de serviços financeiros para você vender online com cartão de crédito, boleto e Pix.

Confira os recursos que oferecemos para aumentar a sua conversão ou, se já quiser vender mais com nossas soluções, cadastre-se agora mesmo clicando no banner abaixo!


Cadastre-se no Pagar.me!

Compartilhe esse conteúdo

  • Logo Facebook colorido
  • Logo Linkedin colorido
  • Logo Twitter colorido
  • Logo Whatsapp Colorido

Você também vai gostar..

24, junho, 2022

Tarifa do Pix: entenda quando a taxa pode ser cobrada

Há alguns casos em que é cobrada uma tarifa do Pix para a realização das transações. Entenda quando essa taxa pode ser aplicada!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

22, junho, 2022

O que é sortimento de produtos e como definir o ideal?

Quer saber o que é sortimento e como montar a seleção ideal de produtos para as categorias da sua loja? Leia nosso conteúdo completo!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

21, junho, 2022

Conheça os 7 principais impostos sobre vendas

Entenda quais são os principais impostos sobre vendas que podem incidir sobre o seu negócio, para se manter em dia com a legislação.

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo