Copa do Mundo e Black Friday: como aproveitar a combinação dos eventos para vender mais?

E-commerce

14 de outubro de 2022

Se a Black Friday já é a maior data promocional do ano, esta edição promete alavancar ainda mais as vendas do varejo. Afinal, essa é a primeira vez que o evento será realizado na mesma semana de início da Copa do Mundo.

Levando em conta o alto engajamento dos brasileiros com o campeonato, já era de se esperar que eles se preparem para assistir aos jogos do mundial.

Essa expectativa foi confirmada por um estudo do Google, que revelou que 66% dos consumidores pretendem comprar algum produto ou serviço por conta da Copa. Logo, por que não aproveitar esse aumento de demanda para vender mais na Black Friday?

Neste artigo, vamos explicar os impactos da combinação de Copa do Mundo e Black Friday e como potencializar suas vendas no período. Confira nas próximas linhas!

Quais serão os impactos da Copa do Mundo na Black Friday 2022?

A realização da Black Friday na semana de início da Copa do Mundo e da Black Friday é uma coincidência inédita. Por isso, muitos empreendedores têm dúvidas sobre os efeitos dessa combinação no comportamento do consumidor e nas estratégias do varejo.

A seguir, reunimos dados de algumas pesquisas de mercado para apresentar quais devem ser os principais impactos desses eventos no setor.

Aumento do desejo de compra por certos produtos

O período da Copa do Mundo costuma aumentar a demanda por determinados produtos nos períodos pré, durante e pós-campeonato.

Segundo um levantamento da Behup, divulgado pela Globo, a intenção de compra dos consumidores para a Copa está principalmente nas seguintes categorias de produtos:

  1. Roupas e acessórios (20%);
  2. Eletrônicos - TV, áudio e vídeo (15%);
  3. Compras de supermercado (14%);
  4. Calçados (12%);
  5. Bebidas alcoólicas (12%);
  6. Artigos esportivos - camisa de seleções, bola, tênis etc. (12%);
  7. Smartphones (11%);
  8. Delivery de refeições (11%);
  9. Perfumes e cosméticos (10%);
  10. Artigos de decoração (9%).

A pesquisa do Google também aponta alguns produtos específicos que terão alta procura por conta da Copa. Um grande destaque é a TV, que deve ser comprada por 1 em cada 4 consumidores para assistir ao evento.

A expectativa é que o interesse pela televisão se mantenha em crescimento na preparação e durante a Copa, mas que desacelere logo após os jogos do Brasil.

Impacto do primeiro jogo da seleção brasileira

Este ano, a Black Friday não só coincide com a semana de início da Copa do Mundo, como também a partida de estreia da seleção brasileira cai na quinta-feira de virada do evento promocional.

Diante desse cenário, uma grande questão é se o jogo será uma distração para os consumidores, de forma a afetar as vendas no varejo.

De acordo com o Google, essa não deve ser uma grande preocupação. Analisando o efeito de um jogo do Brasil em um horário semelhante em 2018, houve um impacto no volume de buscas e cliques durante a partida, mas o efeito acumulado do dia seguinte não foi significativo.

Por outro lado, um grande impacto dos jogos será em como os consumidores farão suas pesquisas por produtos, intensificando o uso de dispositivos móveis durante as partidas — vamos falar sobre isso mais adiante.

Fortalecimento da concorrência

A combinação de Black Friday e Copa do Mundo, somada ao crescente aumento da concorrência nas mídias online, intensificará o volume de anúncios que serão exibidos aos consumidores no período.

Dessa maneira, este ano, será preciso planejar as estratégias de marketing de forma inteligente e também com antecedência. As semanas que precedem a Black Friday, em especial, serão decisivas para atrair e conquistar o cliente.

Um relatório da AlliN sobre a Black Friday 2021 indica que os usuários começaram a fazer pesquisas para o evento com até um mês de antecedência. Já o tráfego no e-commerce começou a se intensificar a partir da segunda semana de novembro.

Black Friday antecipada: como e por que fazer promoções mais cedo?

Como aproveitar a Copa do Mundo para vender mais na Black Friday?

Tendo em vista os impactos da Copa do Mundo na Black Friday deste ano, confira algumas dicas que separamos para você garantir as vendas do seu negócio na ocasião!

Planeje ações estratégicas de marketing

Para conquistar a atenção dos consumidores na Black Friday, é essencial preparar suas estratégias de marketing com antecedência.

Se você iniciar suas ações somente na virada do evento, provavelmente terá dificuldade de prender a atenção do consumidor enquanto ele assiste ao jogo de estreia da seleção. Por isso, o ideal é começar a engajar os clientes algumas semanas antes do evento.

Também vale investir em ações alternativas aos anúncios pagos, que estarão mais caros durante o período. Uma estratégia interessante, por exemplo, é disparar e-mails segmentados para clientes que já compraram em edições anteriores da Black Friday.

Anúncios de Black Friday: 7 dicas de campanhas de marketing digital

Produza conteúdos relacionados à Copa

Complementando a dica anterior, uma boa estratégia para manter os consumidores engajados durante a Black Friday é investir na produção de conteúdos sobre a Copa do Mundo.

Segundo o estudo da Meta, 55% dos torcedores pretendem acompanhar conteúdos relacionados à Copa em plataformas como Facebook e Instagram. Além disso, 54% devem interagir com marcas nessas redes sociais durante o evento.

Dessa maneira, uma dica é compartilhar conteúdos divertidos e informativos sobre a Copa, sempre relacionando-os ao seu setor e público-alvo. Assim, será possível aumentar a visibilidade da marca e levar também à geração de vendas na Black Friday.

Ofereça uma boa experiência mobile

Como mencionamos anteriormente, a estreia da seleção brasileira na quinta-feira pré-Black Friday deve influenciar a forma como os consumidores fazem suas pesquisas e compras na ocasião.

Se o mobile commerce já era uma tendência observada nas últimas edições da Black Friday, o uso dos dispositivos móveis deve se intensificar ainda mais este ano, para que os clientes acompanhem as promoções enquanto assistem às partidas.

Logo, é imprescindível garantir uma boa experiência mobile para o usuário, verificando a responsividade do site e do checkout de pagamento a tempo da virada do evento.

Invista em estratégias de diferenciação

Para garantir uma alta conversão em vendas na semana de Copa e Black Friday, é preciso encontrar formas de se destacar da concorrência. Para isso, busque entender as motivações de compra dos seus consumidores.

O estudo do Google mostra que os critérios mais importantes para os clientes optarem por uma loja na última Black Friday foram:

  • preços baixos (17%);
  • cupons de desconto (13%);
  • custo do frete (11%);
  • confiança na loja/site (10%);
  • qualidade dos produtos (7%);
  • tempo de entrega (7%);
  • descontos para pagamento à vista (7%).

Dessa forma, se você quiser realmente se destacar para os consumidores, vale realizar ações promocionais diferenciadas, considerando os fatores listados acima.

Nesse ponto, muitos empreendedores têm dúvidas de como calcular o preço ideal de venda dos seus produtos para fazer promoções atrativas, sem ter prejuízos, na Black Friday.

Para te ajudar nisso, nós disponibilizamos uma calculadora de preços totalmente gratuita e online! Assim, você poderá planejar ofertas mais estratégicas para se destacar no período de Copa do Mundo e Black Friday. Acesse já!


Acesse a calculadora de preços do Pagar.me!

Compartilhe esse conteúdo

  • Logo Facebook colorido
  • Logo Linkedin colorido
  • Logo Twitter colorido
  • Logo Whatsapp Colorido

Você também vai gostar..

05, dezembro, 2022

8 estratégias para disparar suas vendas de Natal (2022)

Quer potencializar as vendas de Natal da sua loja? Confira as principais tendências de consumo e estratégias para lucrar na data este ano.

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

01, dezembro, 2022

Venda casada: o que é e o que diz a lei sobre essa prática?

Confira o que é venda casada, por que essa prática é considerada um crime pela legislação e como evitá-la no seu negócio.

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

30, novembro, 2022

Unboxing: o que é e como investir nessa estratégia?

Você sabe o que é unboxing? Saiba mais sobre esse processo de desempacotar uma compra e como aproveitar essa tendência na sua loja!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

Copa do Mundo e Black Friday: como aproveitar a combinação dos eventos para vender mais?

E-commerce

14 de outubro de 2022

Se a Black Friday já é a maior data promocional do ano, esta edição promete alavancar ainda mais as vendas do varejo. Afinal, essa é a primeira vez que o evento será realizado na mesma semana de início da Copa do Mundo.

Levando em conta o alto engajamento dos brasileiros com o campeonato, já era de se esperar que eles se preparem para assistir aos jogos do mundial.

Essa expectativa foi confirmada por um estudo do Google, que revelou que 66% dos consumidores pretendem comprar algum produto ou serviço por conta da Copa. Logo, por que não aproveitar esse aumento de demanda para vender mais na Black Friday?

Neste artigo, vamos explicar os impactos da combinação de Copa do Mundo e Black Friday e como potencializar suas vendas no período. Confira nas próximas linhas!

Quais serão os impactos da Copa do Mundo na Black Friday 2022?

A realização da Black Friday na semana de início da Copa do Mundo e da Black Friday é uma coincidência inédita. Por isso, muitos empreendedores têm dúvidas sobre os efeitos dessa combinação no comportamento do consumidor e nas estratégias do varejo.

A seguir, reunimos dados de algumas pesquisas de mercado para apresentar quais devem ser os principais impactos desses eventos no setor.

Aumento do desejo de compra por certos produtos

O período da Copa do Mundo costuma aumentar a demanda por determinados produtos nos períodos pré, durante e pós-campeonato.

Segundo um levantamento da Behup, divulgado pela Globo, a intenção de compra dos consumidores para a Copa está principalmente nas seguintes categorias de produtos:

  1. Roupas e acessórios (20%);
  2. Eletrônicos - TV, áudio e vídeo (15%);
  3. Compras de supermercado (14%);
  4. Calçados (12%);
  5. Bebidas alcoólicas (12%);
  6. Artigos esportivos - camisa de seleções, bola, tênis etc. (12%);
  7. Smartphones (11%);
  8. Delivery de refeições (11%);
  9. Perfumes e cosméticos (10%);
  10. Artigos de decoração (9%).

A pesquisa do Google também aponta alguns produtos específicos que terão alta procura por conta da Copa. Um grande destaque é a TV, que deve ser comprada por 1 em cada 4 consumidores para assistir ao evento.

A expectativa é que o interesse pela televisão se mantenha em crescimento na preparação e durante a Copa, mas que desacelere logo após os jogos do Brasil.

Impacto do primeiro jogo da seleção brasileira

Este ano, a Black Friday não só coincide com a semana de início da Copa do Mundo, como também a partida de estreia da seleção brasileira cai na quinta-feira de virada do evento promocional.

Diante desse cenário, uma grande questão é se o jogo será uma distração para os consumidores, de forma a afetar as vendas no varejo.

De acordo com o Google, essa não deve ser uma grande preocupação. Analisando o efeito de um jogo do Brasil em um horário semelhante em 2018, houve um impacto no volume de buscas e cliques durante a partida, mas o efeito acumulado do dia seguinte não foi significativo.

Por outro lado, um grande impacto dos jogos será em como os consumidores farão suas pesquisas por produtos, intensificando o uso de dispositivos móveis durante as partidas — vamos falar sobre isso mais adiante.

Fortalecimento da concorrência

A combinação de Black Friday e Copa do Mundo, somada ao crescente aumento da concorrência nas mídias online, intensificará o volume de anúncios que serão exibidos aos consumidores no período.

Dessa maneira, este ano, será preciso planejar as estratégias de marketing de forma inteligente e também com antecedência. As semanas que precedem a Black Friday, em especial, serão decisivas para atrair e conquistar o cliente.

Um relatório da AlliN sobre a Black Friday 2021 indica que os usuários começaram a fazer pesquisas para o evento com até um mês de antecedência. Já o tráfego no e-commerce começou a se intensificar a partir da segunda semana de novembro.

Black Friday antecipada: como e por que fazer promoções mais cedo?

Como aproveitar a Copa do Mundo para vender mais na Black Friday?

Tendo em vista os impactos da Copa do Mundo na Black Friday deste ano, confira algumas dicas que separamos para você garantir as vendas do seu negócio na ocasião!

Planeje ações estratégicas de marketing

Para conquistar a atenção dos consumidores na Black Friday, é essencial preparar suas estratégias de marketing com antecedência.

Se você iniciar suas ações somente na virada do evento, provavelmente terá dificuldade de prender a atenção do consumidor enquanto ele assiste ao jogo de estreia da seleção. Por isso, o ideal é começar a engajar os clientes algumas semanas antes do evento.

Também vale investir em ações alternativas aos anúncios pagos, que estarão mais caros durante o período. Uma estratégia interessante, por exemplo, é disparar e-mails segmentados para clientes que já compraram em edições anteriores da Black Friday.

Anúncios de Black Friday: 7 dicas de campanhas de marketing digital

Produza conteúdos relacionados à Copa

Complementando a dica anterior, uma boa estratégia para manter os consumidores engajados durante a Black Friday é investir na produção de conteúdos sobre a Copa do Mundo.

Segundo o estudo da Meta, 55% dos torcedores pretendem acompanhar conteúdos relacionados à Copa em plataformas como Facebook e Instagram. Além disso, 54% devem interagir com marcas nessas redes sociais durante o evento.

Dessa maneira, uma dica é compartilhar conteúdos divertidos e informativos sobre a Copa, sempre relacionando-os ao seu setor e público-alvo. Assim, será possível aumentar a visibilidade da marca e levar também à geração de vendas na Black Friday.

Ofereça uma boa experiência mobile

Como mencionamos anteriormente, a estreia da seleção brasileira na quinta-feira pré-Black Friday deve influenciar a forma como os consumidores fazem suas pesquisas e compras na ocasião.

Se o mobile commerce já era uma tendência observada nas últimas edições da Black Friday, o uso dos dispositivos móveis deve se intensificar ainda mais este ano, para que os clientes acompanhem as promoções enquanto assistem às partidas.

Logo, é imprescindível garantir uma boa experiência mobile para o usuário, verificando a responsividade do site e do checkout de pagamento a tempo da virada do evento.

Invista em estratégias de diferenciação

Para garantir uma alta conversão em vendas na semana de Copa e Black Friday, é preciso encontrar formas de se destacar da concorrência. Para isso, busque entender as motivações de compra dos seus consumidores.

O estudo do Google mostra que os critérios mais importantes para os clientes optarem por uma loja na última Black Friday foram:

  • preços baixos (17%);
  • cupons de desconto (13%);
  • custo do frete (11%);
  • confiança na loja/site (10%);
  • qualidade dos produtos (7%);
  • tempo de entrega (7%);
  • descontos para pagamento à vista (7%).

Dessa forma, se você quiser realmente se destacar para os consumidores, vale realizar ações promocionais diferenciadas, considerando os fatores listados acima.

Nesse ponto, muitos empreendedores têm dúvidas de como calcular o preço ideal de venda dos seus produtos para fazer promoções atrativas, sem ter prejuízos, na Black Friday.

Para te ajudar nisso, nós disponibilizamos uma calculadora de preços totalmente gratuita e online! Assim, você poderá planejar ofertas mais estratégicas para se destacar no período de Copa do Mundo e Black Friday. Acesse já!


Acesse a calculadora de preços do Pagar.me!

Compartilhe esse conteúdo

  • Logo Facebook colorido
  • Logo Linkedin colorido
  • Logo Twitter colorido
  • Logo Whatsapp Colorido

Você também vai gostar..

05, dezembro, 2022

8 estratégias para disparar suas vendas de Natal (2022)

Quer potencializar as vendas de Natal da sua loja? Confira as principais tendências de consumo e estratégias para lucrar na data este ano.

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

01, dezembro, 2022

Venda casada: o que é e o que diz a lei sobre essa prática?

Confira o que é venda casada, por que essa prática é considerada um crime pela legislação e como evitá-la no seu negócio.

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

30, novembro, 2022

Unboxing: o que é e como investir nessa estratégia?

Você sabe o que é unboxing? Saiba mais sobre esse processo de desempacotar uma compra e como aproveitar essa tendência na sua loja!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo