Antifraude para e-commerce: o que é e qual a importância?

E-commerce

15 de março de 2021

Cuidar da segurança do seu e-commerce é um passo primordial para quem vende online. Afinal, as transações digitais são mais arriscadas que no mundo físico, e o Brasil é o segundo país da América Latina com mais fraudes no comércio eletrônico, segundo dados levantados pela Visa.

Com isso, vemos a importância de contar com um antifraude para ajudar a proteger a sua loja virtual de operações suspeitas, evitando prejuízos para o seu negócio e para os seus clientes.

Para te ajudar a entender melhor o que é o antifraude e sua importância para os e-commerces, preparamos este artigo completo. Confira!

O que é antifraude?

O antifraude é um sistema que aumenta a segurança das lojas virtuais contra transações fraudulentas. Por meio de mecanismos de inteligência artificial, a ferramenta analisa os dados das compras, identificando e bloqueando possíveis tentativas de fraudes e golpes.

Como funciona o antifraude?

Em toda transação digital, quando o usuário faz uma compra, suas informações pessoais e de seu cartão de crédito são enviadas para a bandeira e para a instituição emissora do cartão, que verificam os dados. Caso as informações sejam validadas, a transação é autorizada.

Porém, quando seu e-commerce conta com um serviço de antifraude, ainda há mais uma camada de verificação para as compras realizadas na sua loja. Após a aprovação do emissor do cartão, o antifraude faz uma análise detalhada do comportamento da transação para identificar se a operação é suspeita.

Isso é feito por meio de tecnologias de inteligência artificial, que cruzam dados como informações cadastrais do usuário, histórico de compras e de navegação, padrões de comportamento e geolocalização.

A partir dessa análise, o antifraude atribui um grau de risco para a compra, autorizando-a ou não. Se a transação for identificada como suspeita, ela será bloqueada automaticamente.

Vale ressaltar que o antifraude não protege o seu negócio de todas as tentativas de golpe. Porém, é uma ferramenta indispensável para reduzir a ocorrência de fraudes, contribuindo para a segurança das suas vendas.

Quais os tipos de fraudes no e-commerce?

Para entender melhor o funcionamento do antifraude, é importante conhecer os tipos de fraudes mais comuns no e-commerce. Veja!

Fraude deliberada

A fraude deliberada acontece quando uma compra é realizada por meio do roubo de dados — quando uma pessoa tem suas informações pessoais vazadas ou quando seu cartão de crédito é roubado ou clonado, por exemplo.

O fraudador utiliza os dados dessa pessoa para fazer uma compra online. E, assim que o titular do cartão percebe que há uma cobrança indevida em sua fatura, ele contesta a compra e solicita a devolução do valor diretamente ao seu banco emissor — é o chamado chargeback.

Porém, até o portador do cartão notar a transação em sua fatura, o pedido já pode ter sido entregue para o fraudador, gerando um grande prejuízo financeiro para a loja virtual.

Fraude amigável

A fraude amigável se dá quando uma pessoa próxima do dono do cartão, como um amigo ou um familiar, utiliza seus dados para realizar uma compra, sem o seu consentimento. Uma situação comum, por exemplo, é quando um filho faz um pedido com o cartão de crédito dos pais, sem a sua autorização.

Esse tipo de fraude não é necessariamente realizada com a intenção de falsificação, mas o titular do cartão pode contestar a compra, gerando despesas para o lojista.

Autofraude

A autofraude acontece por má-fé do próprio portador do cartão. A pessoa faz uma compra com seus dados, mas, após receber o pedido, faz a contestação da transação, afirmando que não fez a compra ou que não recebeu os produtos. Então, ele solicita o chargeback ao banco emissor, mesmo tendo realizado e recebido o pedido.

Quais as vantagens do antifraude para o e-commerce?

O antifraude ajuda a aumentar a segurança do e-commerce, protegendo tanto o empreendimento quanto os clientes de fraudes e golpes. Confira a seguir as principais vantagens dessa ferramenta para as lojas virtuais!

Redução de prejuízos financeiros

O principal benefício do antifraude é a redução de prejuízos financeiros para o seu negócio.

Imagine, por exemplo, uma pessoa que tem seus dados roubados e só percebe uma cobrança indevida em sua fatura após o fraudador já ter realizado e recebido a compra. Nesse caso, o lojista perde os produtos e ainda precisa devolver o valor cobrado para o dono do cartão, tendo que arcar com o prejuízo.

Ao evitar a ocorrência de fraudes na sua loja, o antifraude ajuda a reduzir essas despesas, contribuindo para a saúde financeira do seu e-commerce.

Diminuição do seu índice de chargeback

As fraudes no comércio eletrônico geralmente geram chargeback, que, como vimos, é o processo de contestação de uma compra — quando o titular de um cartão não reconhece uma transação em sua fatura e solicita ao banco a devolução do valor cobrado.

Se o volume de chargebacks recebidos por um e-commerce for muito alto, há o risco de advertências, multas e descredenciamento junto às bandeiras de cartão de crédito.

A Visa e a Mastercard, por exemplo, têm programas que acompanham de perto empresas que ultrapassam um determinado número de contestações por mês, penalizando-as caso os índices se mantenham acima dos limites aceitáveis.

Portanto, ao ajudar a prevenir fraudes no seu e-commerce, o antifraude contribui para a diminuição da sua taxa de chargeback, evitando maiores complicações para a sua operação.

Segurança para seus consumidores

Além de proteger o seu e-commerce, o antifraude também oferece mais segurança para os consumidores. Afinal, o sistema bloqueia transações suspeitas que possam usar os seus dados pessoais em tentativas de fraude.

Isso contribui para uma melhor experiência dos consumidores na sua loja e para a percepção do seu negócio como uma marca segura e confiável no mercado.

Mais praticidade para o seu negócio

Por fim, as análises automáticas do antifraude também garantem mais praticidade, eficiência e agilidade para a rotina de trabalho do seu e-commerce.

Afinal, você não terá que fazer análises manuais de cada transação para encontrar atividades suspeitas, além de ter que lidar com menos burocracias e problemas decorrentes de fraudes e pedidos de chargeback.

Agora que você sabe o que é o antifraude e a sua importância para a segurança de uma loja online, é hora de escolher a melhor solução para o seu negócio.

O Pagar.me é um meio de pagamento que já conta com um antifraude integrado, oferecendo uma camada extra de proteção para o seu e-commerce e garantindo a saúde das suas transações.

Nosso sistema faz análises automáticas baseadas em dados e padrões, como as últimas compras feitas pelo usuário, os últimos sites acessados, o perfil de compra atrelado ao cartão e ao portador, entre diversas outras variáveis.

Assim, você vende de forma simples, eficiente e segura, sem precisar se preocupar em contratar e integrar um antifraude terceirizado.

Quer saber mais sobre o Pagar.me e nossas funcionalidades? Entre em contato com a gente!


Cadastre-se no Pagar.me!

Compartilhe esse conteúdo

  • Logo Facebook colorido
  • Logo Linkedin colorido
  • Logo Twitter colorido
  • Logo Whatsapp Colorido

Você também vai gostar..

23, setembro, 2021

Como fazer um lançamento de loja virtual de sucesso?

Descubra o passo a passo para fazer um lançamento de loja virtual bem-sucedido e começar o seu e-commerce com o pé direito!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

22, setembro, 2021

Formas de pagamento para Black Friday: quais são as melhores para oferecer?

Conheça as formas de pagamento mais estratégicas para oferecer na Black Friday e aumentar as conversões do seu e-commerce na ocasião.

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

20, setembro, 2021

Gestão financeira: o que é e quais são as melhores práticas?

Entenda o que é gestão financeira e conheça as melhores práticas para garantir a saúde financeira e o crescimento sustentável da sua empresa.

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo