O que é e qual a importância da análise SWOT para o seu negócio?

E-commerce

25 de novembro de 2022

Uma das ferramentas mais importantes na hora de fazer o planejamento estratégico do seu negócio é a análise SWOT. Também chamada de análise FOFA, ela consiste na avaliação do cenário atual do empreendimento.

Em outras palavras, a análise SWOT faz um diagnóstico do ambiente interno e externo da organização. Assim, é possível adotar uma melhor tomada de decisão e colocar em prática planos de ação mais estratégicos.

Quer aplicar essa ferramenta no seu negócio? Separamos os principais pontos que você precisa saber sobre a análise SWOT antes de implementá-la!

O que é a análise SWOT?

A análise SWOT é uma ferramenta de gestão utilizada no planejamento estratégico das empresas. Ela serve principalmente para a análise de cenários antes da implementação de novos projetos ou negócios.

A sigla SWOT é uma abreviação dos termos strenghts, weaknesses, opportunities e threats (forças, fraquezas, oportunidades e ameaças, em tradução livre), que são os aspectos analisados pela ferramenta. Em português, ela é chamada de análise FOFA.

Em suma, o objetivo da análise SWOT é realizar um diagnóstico dos ambientes internos e externos de uma empresa, de forma a embasar as decisões de negócios e reduzir os riscos da organização.

Isso é útil para inúmeros processos empresariais, como a criação de novos produtos, campanhas e demais iniciativas de marketing e gestão.

Como funciona a análise SWOT de uma empresa?

A análise SWOT é feita por meio do preenchimento de uma matriz formada por quatro quadrantes, que abrangem fatores positivos e negativos, do ambiente interno e externo da organização. A seguir, entenda mais a fundo cada um dos aspectos analisados!


Matriz da análise SWOT

Ambiente interno

A análise do ambiente interno consiste na identificação das forças e fraquezas da empresa. Esses aspectos geralmente estão sob controle do negócio, que pode atuar e intervir neles. É o caso de tecnologia, processos administrativos e cultura organizacional, por exemplo.

Forças

As forças são as vantagens competitivas do negócio, ou seja, as características, recursos, processos e aptidões que fazem a empresa se diferenciar da concorrência.

Esses são pontos positivos da empresa, que devem ser reforçados e potencializados no planejamento estratégico.

Pensando em uma loja virtual de roupas, algumas forças possíveis seriam atendimento ao cliente personalizado, alta qualidade da matéria-prima utilizada, rapidez da entrega, responsabilidade social e preços competitivos, por exemplo.

Fraquezas

Já as fraquezas são os elementos que podem prejudicar o desempenho da empresa no mercado. É essencial ser bastante sincero na hora de identificar esses pontos, traçando a raiz de cada problema para encontrar soluções que as minimizem ou resolvam.

Exemplos de fraquezas para a loja virtual de roupas do tópico anterior poderiam ser custos logísticos elevados, baixo valor percebido pelo consumidor, alto índice de abandono de carrinho e falta de segurança do site.

Ambiente externo

Diferentemente das forças e fraquezas, os fatores do ambiente externo não podem ser controlados pela organização — eles são compostos pelas oportunidades e ameaças.

São aspectos relacionados tanto ao micro quanto ao macroambiente, envolvendo desde o poder de negociação dos fornecedores e a alta concorrência até crises econômicas, mudanças na legislação e desastres ambientais.

Oportunidades

As oportunidades são fatores externos que impactam o negócio de forma positiva, podendo ser aproveitadas pela empresa para potencializar os seus resultados.

Para identificar esses aspectos, é essencial estudar a fundo as tendências de mercado e o comportamento do consumidor — sempre se embasando em pesquisas e dados reais, é claro.

Oportunidades para o e-commerce do nosso exemplo poderiam ser ampliação de crédito ao consumidor, digitalização dos hábitos de consumo e datas comemorativas como Black Friday, Natal e Dia das Mães.

Ameaças

As ameaças, por sua vez, são acontecimentos e eventos que influenciam negativamente a empresa. É fundamental mapear essas possíveis conjunturas com antecedência, para conseguir lidar com elas de forma mais eficaz, caso se tornem realidade.

Ameaças comuns para uma loja virtual de roupas podem ser o surgimento de novos concorrentes no mercado, a retomada das compras presenciais, alta da inflação e greves dos Correios, por exemplo.

Qual a importância da análise SWOT?

A análise SWOT pode ser utilizada por empresas de todos os portes, segmentos e tempo de mercado. Ao fazer um diagnóstico preciso do panorama atual do negócio, essa ferramenta funciona como um guia para a tomada de decisões.

Na prática, a partir da análise SWOT, os empreendedores e gestores podem elaborar estratégias para potencializar as forças, corrigir as fraquezas, aproveitar as oportunidades e minimizar as ameaças do negócio.

Dessa maneira, a ferramenta pode proporcionar os seguintes benefícios para o empreendimento:

  • maior segurança na tomada de decisão e elaboração de planos de ação;
  • entendimento da posição da empresa no mercado;
  • identificação de pontos de melhoria nos processos e produtos;
  • antecipação de tendências e oportunidades para a criação de novas soluções;
  • planejamento para situações de risco para o negócio;
  • definição de metas e objetivos mais estratégicos.

Como fazer a análise SWOT do seu negócio?

Agora que você entende o funcionamento e a importância da análise SWOT para a sua empresa, confira alguns passos essenciais para colocar essa ferramenta na prática:

  • Levante dados: reúna informações internas da empresa, como os resultados dos principais indicadores-chave de desempenho, e colete dados dos concorrentes e do mercado como um todo;
  • Reúna percepções: também é importante considerar as percepções de funcionários, clientes, fornecedores e outros parceiros da empresa. Para isso, vale fazer sessões de brainstorming, entrevistas e pesquisas;
  • Monte a matriz SWOT: a partir dos dados e percepções coletados, preencha a matriz SWOT com as principais forças, fraquezas, oportunidades e ameaças identificadas;
  • Mantenha a análise atualizada: refaça a análise SWOT periodicamente, para garantir que as estratégias e planos de ação mantenham-se assertivos e coerentes com o cenário atual da empresa.

Agora é a hora de colocar a mão na massa! Comece a reunir as informações necessárias e envolva as suas equipes para fazer uma análise SWOT completa da sua empresa. O resultado levará a insights muito importantes para o seu planejamento estratégico.

Quer continuar otimizando os processos de gestão do seu empreendimento? Então, leia também nosso conteúdo sobre como manter o controle financeiro do seu negócio!

Compartilhe esse conteúdo

  • Logo Facebook colorido
  • Logo Linkedin colorido
  • Logo Twitter colorido
  • Logo Whatsapp Colorido

Você também vai gostar..

05, dezembro, 2022

8 estratégias para disparar suas vendas de Natal (2022)

Quer potencializar as vendas de Natal da sua loja? Confira as principais tendências de consumo e estratégias para lucrar na data este ano.

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

01, dezembro, 2022

Venda casada: o que é e o que diz a lei sobre essa prática?

Confira o que é venda casada, por que essa prática é considerada um crime pela legislação e como evitá-la no seu negócio.

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

30, novembro, 2022

Unboxing: o que é e como investir nessa estratégia?

Você sabe o que é unboxing? Saiba mais sobre esse processo de desempacotar uma compra e como aproveitar essa tendência na sua loja!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

O que é e qual a importância da análise SWOT para o seu negócio?

E-commerce

25 de novembro de 2022

Uma das ferramentas mais importantes na hora de fazer o planejamento estratégico do seu negócio é a análise SWOT. Também chamada de análise FOFA, ela consiste na avaliação do cenário atual do empreendimento.

Em outras palavras, a análise SWOT faz um diagnóstico do ambiente interno e externo da organização. Assim, é possível adotar uma melhor tomada de decisão e colocar em prática planos de ação mais estratégicos.

Quer aplicar essa ferramenta no seu negócio? Separamos os principais pontos que você precisa saber sobre a análise SWOT antes de implementá-la!

O que é a análise SWOT?

A análise SWOT é uma ferramenta de gestão utilizada no planejamento estratégico das empresas. Ela serve principalmente para a análise de cenários antes da implementação de novos projetos ou negócios.

A sigla SWOT é uma abreviação dos termos strenghts, weaknesses, opportunities e threats (forças, fraquezas, oportunidades e ameaças, em tradução livre), que são os aspectos analisados pela ferramenta. Em português, ela é chamada de análise FOFA.

Em suma, o objetivo da análise SWOT é realizar um diagnóstico dos ambientes internos e externos de uma empresa, de forma a embasar as decisões de negócios e reduzir os riscos da organização.

Isso é útil para inúmeros processos empresariais, como a criação de novos produtos, campanhas e demais iniciativas de marketing e gestão.

Como funciona a análise SWOT de uma empresa?

A análise SWOT é feita por meio do preenchimento de uma matriz formada por quatro quadrantes, que abrangem fatores positivos e negativos, do ambiente interno e externo da organização. A seguir, entenda mais a fundo cada um dos aspectos analisados!


Matriz da análise SWOT

Ambiente interno

A análise do ambiente interno consiste na identificação das forças e fraquezas da empresa. Esses aspectos geralmente estão sob controle do negócio, que pode atuar e intervir neles. É o caso de tecnologia, processos administrativos e cultura organizacional, por exemplo.

Forças

As forças são as vantagens competitivas do negócio, ou seja, as características, recursos, processos e aptidões que fazem a empresa se diferenciar da concorrência.

Esses são pontos positivos da empresa, que devem ser reforçados e potencializados no planejamento estratégico.

Pensando em uma loja virtual de roupas, algumas forças possíveis seriam atendimento ao cliente personalizado, alta qualidade da matéria-prima utilizada, rapidez da entrega, responsabilidade social e preços competitivos, por exemplo.

Fraquezas

Já as fraquezas são os elementos que podem prejudicar o desempenho da empresa no mercado. É essencial ser bastante sincero na hora de identificar esses pontos, traçando a raiz de cada problema para encontrar soluções que as minimizem ou resolvam.

Exemplos de fraquezas para a loja virtual de roupas do tópico anterior poderiam ser custos logísticos elevados, baixo valor percebido pelo consumidor, alto índice de abandono de carrinho e falta de segurança do site.

Ambiente externo

Diferentemente das forças e fraquezas, os fatores do ambiente externo não podem ser controlados pela organização — eles são compostos pelas oportunidades e ameaças.

São aspectos relacionados tanto ao micro quanto ao macroambiente, envolvendo desde o poder de negociação dos fornecedores e a alta concorrência até crises econômicas, mudanças na legislação e desastres ambientais.

Oportunidades

As oportunidades são fatores externos que impactam o negócio de forma positiva, podendo ser aproveitadas pela empresa para potencializar os seus resultados.

Para identificar esses aspectos, é essencial estudar a fundo as tendências de mercado e o comportamento do consumidor — sempre se embasando em pesquisas e dados reais, é claro.

Oportunidades para o e-commerce do nosso exemplo poderiam ser ampliação de crédito ao consumidor, digitalização dos hábitos de consumo e datas comemorativas como Black Friday, Natal e Dia das Mães.

Ameaças

As ameaças, por sua vez, são acontecimentos e eventos que influenciam negativamente a empresa. É fundamental mapear essas possíveis conjunturas com antecedência, para conseguir lidar com elas de forma mais eficaz, caso se tornem realidade.

Ameaças comuns para uma loja virtual de roupas podem ser o surgimento de novos concorrentes no mercado, a retomada das compras presenciais, alta da inflação e greves dos Correios, por exemplo.

Qual a importância da análise SWOT?

A análise SWOT pode ser utilizada por empresas de todos os portes, segmentos e tempo de mercado. Ao fazer um diagnóstico preciso do panorama atual do negócio, essa ferramenta funciona como um guia para a tomada de decisões.

Na prática, a partir da análise SWOT, os empreendedores e gestores podem elaborar estratégias para potencializar as forças, corrigir as fraquezas, aproveitar as oportunidades e minimizar as ameaças do negócio.

Dessa maneira, a ferramenta pode proporcionar os seguintes benefícios para o empreendimento:

  • maior segurança na tomada de decisão e elaboração de planos de ação;
  • entendimento da posição da empresa no mercado;
  • identificação de pontos de melhoria nos processos e produtos;
  • antecipação de tendências e oportunidades para a criação de novas soluções;
  • planejamento para situações de risco para o negócio;
  • definição de metas e objetivos mais estratégicos.

Como fazer a análise SWOT do seu negócio?

Agora que você entende o funcionamento e a importância da análise SWOT para a sua empresa, confira alguns passos essenciais para colocar essa ferramenta na prática:

  • Levante dados: reúna informações internas da empresa, como os resultados dos principais indicadores-chave de desempenho, e colete dados dos concorrentes e do mercado como um todo;
  • Reúna percepções: também é importante considerar as percepções de funcionários, clientes, fornecedores e outros parceiros da empresa. Para isso, vale fazer sessões de brainstorming, entrevistas e pesquisas;
  • Monte a matriz SWOT: a partir dos dados e percepções coletados, preencha a matriz SWOT com as principais forças, fraquezas, oportunidades e ameaças identificadas;
  • Mantenha a análise atualizada: refaça a análise SWOT periodicamente, para garantir que as estratégias e planos de ação mantenham-se assertivos e coerentes com o cenário atual da empresa.

Agora é a hora de colocar a mão na massa! Comece a reunir as informações necessárias e envolva as suas equipes para fazer uma análise SWOT completa da sua empresa. O resultado levará a insights muito importantes para o seu planejamento estratégico.

Quer continuar otimizando os processos de gestão do seu empreendimento? Então, leia também nosso conteúdo sobre como manter o controle financeiro do seu negócio!

Compartilhe esse conteúdo

  • Logo Facebook colorido
  • Logo Linkedin colorido
  • Logo Twitter colorido
  • Logo Whatsapp Colorido

Você também vai gostar..

05, dezembro, 2022

8 estratégias para disparar suas vendas de Natal (2022)

Quer potencializar as vendas de Natal da sua loja? Confira as principais tendências de consumo e estratégias para lucrar na data este ano.

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

01, dezembro, 2022

Venda casada: o que é e o que diz a lei sobre essa prática?

Confira o que é venda casada, por que essa prática é considerada um crime pela legislação e como evitá-la no seu negócio.

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

30, novembro, 2022

Unboxing: o que é e como investir nessa estratégia?

Você sabe o que é unboxing? Saiba mais sobre esse processo de desempacotar uma compra e como aproveitar essa tendência na sua loja!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo