10 vantagens de ter CNPJ e formalizar o seu negócio

E-commerce

19 de setembro de 2022

Você conhece as vantagens de ter CNPJ? Formalizar o seu negócio é o primeiro passo para regularizar o seu empreendimento e começar a sua expansão.

Em 2021, foram abertas cerca de 4 milhões de empresas no Brasil, segundo o Ministério da Economia. O valor representa o recorde de organizações criadas no país no período de um ano.

No entanto, ainda há muitos empreendedores que acreditam que tirar um CNPJ é um processo demorado e burocrático demais. Por isso, estamos aqui para explicar para que serve e por que profissionalizar o seu negócio. Vamos lá!

Para que serve o CNPJ?

O CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica) é um registro de identificação que regulariza o seu negócio perante o Governo. Ele tem uma função similar a que o CPF (Cadastro de Pessoa Física) desempenha para um indivíduo.

Há uma série de informações sobre o empreendimento que ficam contidas no registro do CNPJ, como nome da empresa, data de abertura, natureza jurídica, endereço e descrição da atividade econômica exercida.

Dessa forma, é por meio do CNPJ que você valida a existência da sua empresa e comprova que ela funciona legalmente, mantendo-se em dia com suas obrigações com a Receita Federal.

Além disso, como veremos mais adiante, ter um CNPJ também abre várias possibilidades para o crescimento do negócio a longo prazo.

Quem deve abrir um CNPJ?

É recomendado que toda empresa tenha um CNPJ, independentemente do seu porte e setor de atuação, para se manter regularizada perante o Governo.

Isso inclui desde microempreendedores até grandes organizações, sejam do varejo físico, do comércio eletrônico, de restaurantes ou prestadores de serviços, por exemplo.

Mas, se você já tem o seu negócio e ainda não tem um CNPJ registrado, não se desespere! Muitos empreendedores iniciam a sua jornada dessa forma. O mais importante é se informar o quanto antes para começar o processo de formalização.

Quais as vantagens de ter CNPJ para o seu negócio?

Agora que você sabe os pontos básicos sobre formalizar sua empresa, entenda mais a fundo as vantagens de ter CNPJ!

1. Formalização do negócio

Como já adiantamos, esse é o benefício mais importante de abrir um CNPJ. Com o negócio formalizado, você pode exercer as suas atividades econômicas regularmente.

Assim, você garante a legalidade jurídica e fiscal do empreendimento, transmitindo também mais credibilidade para potenciais clientes e parceiros.

2. Emissão de nota fiscal

Com um CNPJ, é possível emitir notas fiscais para seus clientes. Esse é um documento muito importante para o consumidor, funcionando como um comprovante de compra que pode ser utilizado para trocas, devoluções e garantias de produtos e serviços, por exemplo.

Além disso, é por meio da nota fiscal que você garante o pagamento dos impostos sobre as vendas e prestações de serviços, evitando a sonegação fiscal.

3. Recolhimento adequado de impostos

Toda empresa com um CNPJ deve optar por um regime tributário que determina a carga de impostos que o negócio deve pagar ao longo do ano fiscal. Isso garante o recolhimento adequado das tributações devidas.

A partir do porte da empresa e da atividade comercial desempenhada, ainda é possível escolher o regime mais vantajoso para o seu negócio, ou seja, que permite que você pague o mínimo de impostos dentro da legislação.

No caso de um Microempreendedor Individual (MEI), o recolhimento dos impostos é ainda mais simples e fácil, com o pagamento de uma guia mensal única e com valor fixo — é o chamado DAS (Documento de Arrecadação do Simples Nacional).

4. Acesso a linhas de crédito especiais

Uma grande vantagem de ter CNPJ é o acesso a soluções diferenciadas que contribuem para o crescimento do negócio. Esse é o caso de linhas de crédito e financiamentos exclusivos para empresas formalizadas.

Essas soluções geralmente apresentam condições mais vantajosas para o empreendedor, como juros mais baixos, permitindo a realização de investimentos estratégicos para a ampliação do negócio.

5. Aceitação de mais formas de pagamento

Além de linhas de crédito e financiamentos especiais, o seu negócio também tem acesso a soluções de pagamento diferenciadas quando abre um CNPJ.

Com o Pagar.me, por exemplo, os e-commerces podem aceitar pagamentos via Pix, cartão de crédito, boleto bancário e voucher online (vale-refeição, vale-alimentação e outros cartões de benefícios), com segurança e praticidade.

Assim, os consumidores finais têm uma melhor experiência de pagamento, tendo mais chances de fazer uma compra no site.

6. Melhores condições com fornecedores

Se você trabalha com a venda de produtos físicos, os fornecedores são parceiros essenciais para o bom funcionamento da sua operação.

Nesse sentido, há muitos fornecedores que somente vendem para empresas com CNPJ ou que oferecem descontos, prazos especiais e condições especiais de pagamento para empreendimentos regularizados.

7. Contribuição com a Previdência

O empreendedor com CNPJ tem a possibilidade de contribuir com a Previdência Social, podendo ter acesso à aposentadoria. Para isso, é só realizar o pagamento da Guia da Previdência Social (GPS).

Vale destacar que, no caso do MEI, a contribuição é realizada automaticamente por meio do pagamento do DAS.

8. Registro de funcionários

Com a empresa formalizada, é possível registrar os seus funcionários, mantendo-os sob o regime de CLT. Dessa forma, você assegura os benefícios trabalhistas da sua equipe, mantendo-a mais motivada e engajada com a operação.

9. Participação em licitações públicas

Outra vantagem de ter CNPJ é a possibilidade de participar de licitações públicas para fechar contratos de venda de produtos ou serviços para órgãos governamentais.

Como esses contratos geralmente envolvem transações volumosas, é interessante manter essa oportunidade aberta para o seu negócio.

10. Agilidade do processo

Ao contrário do que muitos pensam, o processo de abertura de um CNPJ tem se tornado cada vez mais simples e rápido, especialmente para micro e pequenos empreendedores.

Para se ter uma ideia, em 2022, o prazo médio para a abertura de uma empresa no Brasil caiu para 23 horas, segundo o Ministério da Economia.

Dessa maneira, agora que você conhece as vantagens de ter CNPJ, é hora de iniciar o processo de formalização da sua empresa. Aqui no nosso blog, temos um passo a passo completo para tirar o CNPJ do seu negócio. Confira!

Compartilhe esse conteúdo

  • Logo Facebook colorido
  • Logo Linkedin colorido
  • Logo Twitter colorido
  • Logo Whatsapp Colorido

Você também vai gostar..

30, setembro, 2022

Como preparar sua loja virtual para a Black Friday? Checklist

Garantir o sucesso da sua loja virtual na Black Friday exige uma preparação de vários aspectos da operação. Veja nosso checklist para não deixar nada para trás!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

28, setembro, 2022

Sell in e sell out: o que são e quais as diferenças?

Sell in e sell out são importantes processos que compõem a cadeia de suprimentos. Entenda o conceito de cada um e como fazer a melhor gestão deles!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

27, setembro, 2022

Avaliação de produtos: por que e como incentivar no seu e-commerce?

A avaliação de produtos é um recurso que fornece uma prova social para os clientes, incentivando-o a fazer uma compra. Entenda como utilizá-la na sua loja!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

10 vantagens de ter CNPJ e formalizar o seu negócio

E-commerce

19 de setembro de 2022

Você conhece as vantagens de ter CNPJ? Formalizar o seu negócio é o primeiro passo para regularizar o seu empreendimento e começar a sua expansão.

Em 2021, foram abertas cerca de 4 milhões de empresas no Brasil, segundo o Ministério da Economia. O valor representa o recorde de organizações criadas no país no período de um ano.

No entanto, ainda há muitos empreendedores que acreditam que tirar um CNPJ é um processo demorado e burocrático demais. Por isso, estamos aqui para explicar para que serve e por que profissionalizar o seu negócio. Vamos lá!

Para que serve o CNPJ?

O CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica) é um registro de identificação que regulariza o seu negócio perante o Governo. Ele tem uma função similar a que o CPF (Cadastro de Pessoa Física) desempenha para um indivíduo.

Há uma série de informações sobre o empreendimento que ficam contidas no registro do CNPJ, como nome da empresa, data de abertura, natureza jurídica, endereço e descrição da atividade econômica exercida.

Dessa forma, é por meio do CNPJ que você valida a existência da sua empresa e comprova que ela funciona legalmente, mantendo-se em dia com suas obrigações com a Receita Federal.

Além disso, como veremos mais adiante, ter um CNPJ também abre várias possibilidades para o crescimento do negócio a longo prazo.

Quem deve abrir um CNPJ?

É recomendado que toda empresa tenha um CNPJ, independentemente do seu porte e setor de atuação, para se manter regularizada perante o Governo.

Isso inclui desde microempreendedores até grandes organizações, sejam do varejo físico, do comércio eletrônico, de restaurantes ou prestadores de serviços, por exemplo.

Mas, se você já tem o seu negócio e ainda não tem um CNPJ registrado, não se desespere! Muitos empreendedores iniciam a sua jornada dessa forma. O mais importante é se informar o quanto antes para começar o processo de formalização.

Quais as vantagens de ter CNPJ para o seu negócio?

Agora que você sabe os pontos básicos sobre formalizar sua empresa, entenda mais a fundo as vantagens de ter CNPJ!

1. Formalização do negócio

Como já adiantamos, esse é o benefício mais importante de abrir um CNPJ. Com o negócio formalizado, você pode exercer as suas atividades econômicas regularmente.

Assim, você garante a legalidade jurídica e fiscal do empreendimento, transmitindo também mais credibilidade para potenciais clientes e parceiros.

2. Emissão de nota fiscal

Com um CNPJ, é possível emitir notas fiscais para seus clientes. Esse é um documento muito importante para o consumidor, funcionando como um comprovante de compra que pode ser utilizado para trocas, devoluções e garantias de produtos e serviços, por exemplo.

Além disso, é por meio da nota fiscal que você garante o pagamento dos impostos sobre as vendas e prestações de serviços, evitando a sonegação fiscal.

3. Recolhimento adequado de impostos

Toda empresa com um CNPJ deve optar por um regime tributário que determina a carga de impostos que o negócio deve pagar ao longo do ano fiscal. Isso garante o recolhimento adequado das tributações devidas.

A partir do porte da empresa e da atividade comercial desempenhada, ainda é possível escolher o regime mais vantajoso para o seu negócio, ou seja, que permite que você pague o mínimo de impostos dentro da legislação.

No caso de um Microempreendedor Individual (MEI), o recolhimento dos impostos é ainda mais simples e fácil, com o pagamento de uma guia mensal única e com valor fixo — é o chamado DAS (Documento de Arrecadação do Simples Nacional).

4. Acesso a linhas de crédito especiais

Uma grande vantagem de ter CNPJ é o acesso a soluções diferenciadas que contribuem para o crescimento do negócio. Esse é o caso de linhas de crédito e financiamentos exclusivos para empresas formalizadas.

Essas soluções geralmente apresentam condições mais vantajosas para o empreendedor, como juros mais baixos, permitindo a realização de investimentos estratégicos para a ampliação do negócio.

5. Aceitação de mais formas de pagamento

Além de linhas de crédito e financiamentos especiais, o seu negócio também tem acesso a soluções de pagamento diferenciadas quando abre um CNPJ.

Com o Pagar.me, por exemplo, os e-commerces podem aceitar pagamentos via Pix, cartão de crédito, boleto bancário e voucher online (vale-refeição, vale-alimentação e outros cartões de benefícios), com segurança e praticidade.

Assim, os consumidores finais têm uma melhor experiência de pagamento, tendo mais chances de fazer uma compra no site.

6. Melhores condições com fornecedores

Se você trabalha com a venda de produtos físicos, os fornecedores são parceiros essenciais para o bom funcionamento da sua operação.

Nesse sentido, há muitos fornecedores que somente vendem para empresas com CNPJ ou que oferecem descontos, prazos especiais e condições especiais de pagamento para empreendimentos regularizados.

7. Contribuição com a Previdência

O empreendedor com CNPJ tem a possibilidade de contribuir com a Previdência Social, podendo ter acesso à aposentadoria. Para isso, é só realizar o pagamento da Guia da Previdência Social (GPS).

Vale destacar que, no caso do MEI, a contribuição é realizada automaticamente por meio do pagamento do DAS.

8. Registro de funcionários

Com a empresa formalizada, é possível registrar os seus funcionários, mantendo-os sob o regime de CLT. Dessa forma, você assegura os benefícios trabalhistas da sua equipe, mantendo-a mais motivada e engajada com a operação.

9. Participação em licitações públicas

Outra vantagem de ter CNPJ é a possibilidade de participar de licitações públicas para fechar contratos de venda de produtos ou serviços para órgãos governamentais.

Como esses contratos geralmente envolvem transações volumosas, é interessante manter essa oportunidade aberta para o seu negócio.

10. Agilidade do processo

Ao contrário do que muitos pensam, o processo de abertura de um CNPJ tem se tornado cada vez mais simples e rápido, especialmente para micro e pequenos empreendedores.

Para se ter uma ideia, em 2022, o prazo médio para a abertura de uma empresa no Brasil caiu para 23 horas, segundo o Ministério da Economia.

Dessa maneira, agora que você conhece as vantagens de ter CNPJ, é hora de iniciar o processo de formalização da sua empresa. Aqui no nosso blog, temos um passo a passo completo para tirar o CNPJ do seu negócio. Confira!

Compartilhe esse conteúdo

  • Logo Facebook colorido
  • Logo Linkedin colorido
  • Logo Twitter colorido
  • Logo Whatsapp Colorido

Você também vai gostar..

30, setembro, 2022

Como preparar sua loja virtual para a Black Friday? Checklist

Garantir o sucesso da sua loja virtual na Black Friday exige uma preparação de vários aspectos da operação. Veja nosso checklist para não deixar nada para trás!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

28, setembro, 2022

Sell in e sell out: o que são e quais as diferenças?

Sell in e sell out são importantes processos que compõem a cadeia de suprimentos. Entenda o conceito de cada um e como fazer a melhor gestão deles!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

27, setembro, 2022

Avaliação de produtos: por que e como incentivar no seu e-commerce?

A avaliação de produtos é um recurso que fornece uma prova social para os clientes, incentivando-o a fazer uma compra. Entenda como utilizá-la na sua loja!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo