Planos de assinatura: o que são e como criar os do seu negócio?

E-commerce

25 de maio de 2023

Em busca de previsibilidade de receita e maior praticidade para os clientes, muitos empreendimentos têm adotado modelos de negócio baseados na recorrência.

Uma das principais formas de implementar essa estratégia é criando planos de assinatura para os produtos ou serviços comercializados. Isso é muito comum em plataformas de streaming, academias, cursos online e clubes de assinatura, por exemplo.

Vamos nos aprofundar nesse assunto? Continue lendo e entenda o que são planos de assinatura e como criar os modelos ideais para o seu negócio!

O que são planos de assinatura?

Os planos de assinatura são um modelo de vendas no qual o consumidor realiza um pagamento recorrente para ter acesso a um determinado produto ou serviço, na periodicidade acordada em contrato.

Os planos podem ser oferecidos em diferentes formatos, de acordo com as soluções oferecidas, a periodicidade acordada e as necessidades de cada perfil de consumidor.

Na prática, essa modalidade de cobrança não é nenhuma novidade. Basta lembrar das assinaturas de jornais e revistas, por exemplo. Entretanto, a transformação digital tem impulsionado as vendas recorrentes nos últimos anos.

Com isso, cada vez mais produtos e serviços têm sido comercializados nesse modelo, como clubes de assinatura, serviços de streaming, infoprodutos e soluções de Software as a Service (SaaS).

Os benefícios são vários, tanto para os consumidores quanto para os negócios. Para os clientes, eles oferecem maior comodidade. Já para as empresas, há maior previsibilidade de fluxo de caixa, melhor controle financeiro e fidelização dos compradores.

Como criar planos de assinatura estratégicos?

Os planos de assinatura são extremamente flexíveis, podendo ser personalizados de acordo com os objetivos do seu negócio e as necessidades do seu público-alvo.

Confira algumas dicas de como criar planos de assinatura estratégicos para o seu empreendimento!

1. Entenda as necessidades dos seus clientes

Para criar planos que sejam atrativos para o seu público, é preciso entender a fundo as suas necessidades, hábitos, comportamentos e preferências.

Com qual frequência os seus clientes consomem ou precisam das soluções oferecidas? Quais são os produtos que eles costumam adquirir em conjunto? Qual é o valor médio gasto por cliente?

Essas são algumas das perguntas que você deve investigar. As respostas ajudarão a guiar a criação dos produtos e valores ideais para cada plano oferecido pela empresa.

Uma dica é definir as suas buyer personas, ou seja, os perfis de clientes ideais para o seu negócio. Se você tiver diferentes personas, é possível oferecer planos distintos para melhor atender às necessidades de cada perfil.

2. Monte os planos de assinatura

Levando em conta o perfil dos seus potenciais clientes e os objetivos estratégicos do seu negócio, é hora de elaborar os planos de assinatura que serão oferecidos.

Você pode utilizar diferentes critérios para montar os planos, como periodicidade, produtos e benefícios incluídos, número de acessos e uso das soluções.

A periodicidade é bastante utilizada, baseando-se na frequência que os clientes serão cobrados para receber ou ter acesso aos produtos. Geralmente são disponibilizados planos mensais, semestrais e anuais, sendo que, quanto maior o tempo de fidelização, mais vantajoso é o valor do plano.

Também é interessante oferecer planos com diferentes benefícios e valores. Com um plano básico e um premium, por exemplo, os clientes podem escolher aquele que melhor atenda à sua realidade.

Um ponto importante é que o plano mais caro deve apresentar um maior valor agregado para o cliente, com benefícios que sejam relevantes e/ou exclusivos. Alguns exemplos são brindes, atendimento especial, acesso ilimitado e produtos premium.

3. Calcule o preço ideal para cada plano

O preço dos planos oferecidos é determinante para a decisão de compra dos clientes. Alguns pontos essenciais que você deve considerar para a precificação dos planos de assinatura são:

  • custos e despesas de produção;
  • custo de aquisição de cliente (CAC) — todos os investimentos necessários para conquistar um novo cliente;
  • margem de lucro desejada;
  • valor agregado de cada plano;
  • lifetime value (LTV) ou valor do tempo de vida do cliente — valor médio gasto por um consumidor enquanto permanece um cliente ativo.

Uma técnica de precificação muito utilizada em planos de assinatura é a ancoragem de preço. A estratégia consiste basicamente em criar pontos de referência para que o cliente tenha a percepção de que um determinado preço é mais vantajoso que os demais.

Além dos preços, lembre-se de definir as condições de cada plano, como a possibilidade de cancelamento, a entrega dos produtos e as opções de pagamento — vamos falar mais sobre esse último ponto no próximo tópico.

Confira também: O que é MRR e como calcular a receita recorrente do seu negócio?

4. Conte com uma plataforma de pagamentos

Para viabilizar a oferta dos planos de assinatura criados, é preciso contar com uma tecnologia que ofereça a funcionalidade de pagamento recorrente.

Assim, você pode cobrar os seus clientes de forma automática, facilitando a gestão financeira do negócio e reduzindo os índices de inadimplência e cancelamento involuntário.

Com as soluções de pagamento digital do Pagar.me, é possível criar e gerenciar planos personalizados para o seu negócio, realizando a cobrança automática dos clientes, por cartão de crédito ou boleto bancário.

Nossa funcionalidade de avisos inteligentes ainda permite notificar os consumidores por e-mail sobre atualizações importantes, como status das assinaturas, boletos pendentes ou confirmação de pagamentos.

Além disso, caso um cartão de crédito cadastrado expire, disponibilizamos o recurso de Card Updater, que atualiza automaticamente os cartões expirados que foram reemitidos, evitando o cancelamento involuntário dos planos.

Para criar planos de assinatura customizados com a tecnologia do Pagar.me, é só se cadastrar na nossa plataforma ou, em caso de dúvidas, entrar em contato com o nosso time de especialistas. Aproveite!


Cadastre-se no Pagar.me!

Compartilhe esse conteúdo

  • Logo Facebook colorido
  • Logo Linkedin colorido
  • Logo Twitter colorido
  • Logo Whatsapp Colorido

Você também vai gostar..

30, maio, 2023

Como vender livros na internet? 8 dicas para seu negócio

O Brasil tem o maior mercado de livros da América Latina. Se você quer investir no setor, confira nossas dicas de como vender livros na internet!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

29, maio, 2023

O que é gateway e como funciona essa tecnologia?

Confira este conteúdo para descobrir o que é gateway, como funciona essa tecnologia e quais são as suas principais aplicações.

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

26, maio, 2023

10 ideias de ações para vender no Dia dos Namorados 2023

A data mais romântica do ano é uma ótima oportunidade para aquecer suas vendas. Confira ações e ideias para vender no Dia dos Namorados 2023!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo