Transformação digital no varejo automotivo: automação com pouco investimento

E-commerce

15 de fevereiro de 2021

Você que já trabalha com a venda online deve saber da importância de ferramentas para facilitar a operação. No varejo automotivo não é diferente. Embora seja um mercado com despertar tardio para o ambiente online, ele está passando por uma grande transformação digital.

Seja pensando na venda de veículos, no varejo de autopeças ou mesmo na oferta de serviços como manutenções e reparos, todos os pilares desse mercado podem se beneficiar da tecnologia - tanto para se comunicar com clientes por meio de publicidade quanto para gerir a operação financeira e fiscal.

Se você é um empreendedor que já atuou ou atua no comércio físico, está acostumado a vender no balcão da loja. Logo, você sabe como é importante utilizar da comunicação direta e assertiva para convencer seu cliente na hora de apresentar o produto. No caso da venda de carros, autopeças e acessórios, a interação entre vendedor e consumidor cara a cara permite que o cliente veja, toque e teste as mercadorias.

Entretanto, na operação online você não contará com essa proximidade. Por isso, seus anúncios, imagens, informações técnicas, formas de pagamento, prazos de entrega e atendimento ao cliente precisam ser bem planejados e eficientes, a fim de garantir bom resultados em vendas e em fidelização dos clientes.

Mesmo com um time pequeno, existem rotinas diárias que impactam nos resultados da empresa. Ela pode se beneficiar das tecnologias disponíveis como a Inteligência Artificial, o Big Data, o armazenamento na nuvem e muito mais.

A seguir você saberá mais sobre a transformação digital do varejo online automotivo. Continue lendo para descobrir como explorar melhor estas possibilidades!

A transformação digital do setor automotivo

Nos últimos anos a maioria dos mercados passou por uma acelerada transformação digital. Na mobilidade vimos a popularização dos elétricos e da realidade aumentada, o surgimento de veículos autônomos e carros altamente conectados, a popularidade do transporte compartilhado e do aluguel de carros por aplicativos.

Mas não foram só os veículos que mudaram. A forma de produzi-los, divulgá-los e vendê-los também passou por transformações.

Sobretudo, a grande magnitude dos modelos mais digitais de venda trouxe para o mundo automotivo possibilidades de expansão do alcance de suas ofertas. Bem como a diversificação dos canais de venda, incluindo aplicativos comuns à população como o WhatsApp e o Instagram. Por fim, permitiram manter a loja aberta 24h, por meio do ambiente online.

A influência dessas mudanças, principalmente com os showrooms digitais e e-commerces, provoca a necessidade de se preocupar ainda mais com o relacionamento com o cliente.

Neste contexto, os assistentes de atendimento virtual (bots) agora permitem que o consumidor tire dúvidas e realize quase todas as etapas de compra de um veículo pela internet - ou todas as etapas, como são os casos das marcas Renault, Ford e Nissan.

Para garantir que, mesmo com um time reduzido, a gestão de processos da sua empresa seja eficiente, abaixo citamos 3 tipos de ferramentas nas quais vale a pena investir para garantir maior controle na gestão da loja.

Estes softwares otimizam o fluxo de trabalho, a gestão de inteligência de negócios, a gestão fiscal, a gestão financeira, a gestão de estoque e muitas outras partes da operação.

Conheça abaixo algumas ferramentas indispensáveis para o empreendedor do setor de veículos e autopeças!

Sistemas de gestão: ERP

Primeiramente, o ERP (Enterprise Resource Planning) é uma ferramenta comum em concessionárias, montadoras e e-commerces de autoparts.

Este sistema de gestão automatiza o gerenciamento de estoques e facilita o controle de operações financeiras e fiscais, bem como contábeis. Em resumo, o dia a dia de seus funcionários e o seu pode ser muito mais fácil e produtivo, utilizando um sistema de gestão que integra diversas áreas da empresa.

Outra vantagem é que ele permite integrar todos os canais de uma companhia, criando uma experiência de compra muito mais coesa e personalizada para o cliente digital.

Do mesmo modo, ele proporciona funcionalidades para gestão de equipes e processos, como workflows (fluxos de trabalho), relatórios personalizados, avisos e formas de comunicação automáticas.

O investimento depende do tamanho da empresa e das necessidades com a implantação do ERP. O mercado já oferece opções gratuitas. Também há softwares com mensalidade abaixo de R$ 100,00 para micro e pequenos empresários, como o Conta Azul.

No setor automotivo, principalmente em concessionárias e montadoras, os ERPs que dominam o mercado são a Dealernet e a Linx. A Totvs é também uma boa solução nacional de ERP.

Agora, conheça uma solução para automatizar sua publicação de anúncios.

Leia também: Como o Pagar.me ajudou a Ford a conectar mecânicos e concessionárias na compra de autopeças

Plataformas integradoras de anúncios ou Hubs integradores

Ao vender pela internet, todo dono de loja se depara com a possibilidade de colocar seus produtos nos grandes marketplaces: Americanas.com, Magazine Luiza, Ponto Frio, MercadoLivre, Submarino, Amazon, entre outros.

Mas já pensou como seria ir de site em site criando seus anúncios? Pois é, um trabalho quase impossível!

Pensando nisso, o mercado surgiu com opções de plataformas integradoras, para que as empresas possam vender facilmente, tanto em seus e-commerces quanto em marketplaces, portais de classificados, redes sociais e outros.

A grande contribuição destas plataformas é possibilitar ações em massa para publicar e alterar anúncios, assim como integrar o estoque e disponibilizar funcionalidades de análise dos dados e gestão de preços.

Para executar a operação e a gestão de anúncios nos marketplaces, o segmento automotivo conta com o serviço especializado do HUB.MOB1.PARTS, uma plataforma integradora que conecta o estoque da loja física a um catálogo pronto de produtos , acabando com a necessidade de contratar fotógrafos e redatores.

Outras ferramentas comuns para a área são: Autoforce, DS AutoEstoque, Bomdapeste, Revenda Mais e algumas plataformas de e-commerce.

O investimento também dependerá do tamanho da sua operação e do quanto você deseja escalar seu negócio no futuro. As mensalidades partem de R$100,00. Portanto, vale a pena, pensando na economia de tempo que esse processo gera.

Chegou a hora de conferir uma outra ferramenta que vai mudar o trabalho do seu time de vendas.

Leia também: Como escolher o meio de pagamento online para o seu negócio

Gestão do relacionamento com o cliente: CRM

O CRM (Customer Relationship Management) é uma plataforma que concilia a Gestão de Relacionamento com o Cliente com diversas tarefas essenciais dos vendedores.

No universo do varejo automotivo online, a ferramenta permite o acompanhamento do lead no funil de vendas e a segmentação. Sendo assim, há um maior controle e maior número de dados que podem ser passados ao time de vendas para melhorar a conversão da equipe.

Um dos grandes benefícios é que o CRM contribui para a criação de um banco de dados de possíveis clientes (leads), potencializando o desempenho e a gestão destes contatos.

Salesforce, RD Station CRM, HubSpot CRM, Agendor, Pipedrive, TOTVS, Zoho e Agile são os principais sistemas oferecidos no mercado. O valor médio da licença de um CRM é de cerca de R$600, mas já existem ferramentas gratuitas no mercado.

Acima de tudo, a transformação digital teve grande impacto nas vendas, sendo o principal deles a captação e organização de informações. Elas podem ser usadas para análises preditivas e tomadas de decisão orientadas aos resultados das empresas.

Gostou das dicas sobre transformação digital e ferramentas para o varejo automotivo? Então, visite o MOB1.CLUB para ficar por dentro de outros assuntos do mercado de veículos!

Compartilhe esse conteúdo

  • Logo Facebook colorido
  • Logo Linkedin colorido
  • Logo Twitter colorido
  • Logo Whatsapp Colorido

Você também vai gostar..

01, março, 2021

Como encontrar fornecedores? 6 dicas para sua loja virtual!

Contar com bons parceiros é essencial para qualquer e-commerce. Confira 6 dicas para encontrar fornecedores para sua loja virtual!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

25, fevereiro, 2021

Registro de recebíveis: o que muda com as novas regras do Banco Central?

As novas regras do Banco Central aplicam mudanças regulatórias na antecipação e registro de recebíveis. Saiba tudo sobre a Registradora e como adaptar sua operação!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

24, fevereiro, 2021

[Ebook + Bônus] Guia definitivo de como montar um e-commerce

Descubra neste material completo e totalmente gratuito como montar um e-commerce do zero com sucesso + 7 tendências 2021!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo