Gestão de estoque: 7 dicas para vender com controle na Black Friday

E-commerce

5 de novembro de 2020

A Black Friday está chegando - e, em 2020, o evento promete ser mais digital do que nunca, com altas em vendas no e-commerce: a ABComm já estima um crescimento de 77% em vendas online no evento este ano, se comparado a 2019. Pensando nisso, como está a sua gestão de estoque? Preparado para vender muito?

A gestão de estoque é um cuidado indispensável para o sucesso do seu e-commerce.

Você precisa saber quantos e quais produtos estão atualmente guardados, para identificar o que a sua loja virtual pode vender, quando e o quê deve comprar nas reposições e quais promoções são interessantes para liberar o estoque parado e aumentar o capital de giro.

Portanto, de todas as ações de planejamento e preparação para a data, talvez a gestão de estoque seja a mais importante. Isso porque ela:

  • garante que você tenha a quantidade de produtos necessária para as vendas no maior evento do varejo;
  • permite que você acompanhe os produtos sendo vendidos para não correr o risco de disponibilizar produtos que já esgotaram;
  • possibilita a redução de custos com armazenagem;
  • evita a perda de receita com roubos, deterioração e devoluções.

Gerenciar um estoque não é uma tarefa tão simples. É preciso ter muita organização e um planejamento bem elaborado para garantir o fluxo perfeito para a Black Friday.

Para te ajudar nessa missão, separamos 7 dicas valiosas para uma gestão de estoque de excelência para o seu e-commerce. Confira!

1. Estude as demandas do seu público

A gestão de estoque na Black Friday está diretamente relacionada com o seu planejamento de compras.

O objetivo deve ser adquirir os produtos certos - ou seja, o que seu público tem mais interesse em comprar na data - na quantidade certa, sem gerar excedentes.

Portanto, o primeiro passo é estudar as demandas do seu público para o maior evento do varejo digital.

Observe, analise dados e faça pesquisas para entender quais produtos eles mais gostam, qual é a recorrência de compra e em quais épocas do mês ou do ano costumam comprar.

Avalie, também, o histórico da sua loja na Black Friday: quais produtos e seções, em geral, possuem mais saída? Se um determinado produto parou de ser fabricado, mas ainda é muito procurado, qual é o similar/substituto ideal para ter em estoque?

Dessa forma, você consegue fazer um planejamento de compras mais eficiente para obter os níveis ideais cada produto em estoque.

2. Faça um inventário de estoque

Este é um hábito que deve ser incorporado nas tarefas anuais do seu e-commerce, e que beneficia e muito a gestão de estoque na Black Friday.

Um inventário é necessário para fins fiscais e comerciais, permitindo que você saiba quanto estoque ou bens você tem em mãos.

Busque fazer um inventário no início de cada ano fiscal da sua empresa. Isso informará quanto de estoque ou produto você está começando. Refaça um inventário no final do seu período fiscal.

O inventário de estoque serve para certificar que o seu de controle de estoque está correto. Ou seja, se a sua empresa realmente possui o estoque que acredita.

O inventário consiste em listar os bens e materiais disponíveis em estoque que são armazenados pela sua empresa.

Essa rotina deve ser padronizada para ser efetiva e confiável, a fim de identificar, classificar e contar todas as mercadorias de uma empresa.

Para começar, sua loja precisa definir classificações e então classificar todos os produtos e materiais no estoque. O ideal é usar grupos e conjuntos para otimizar essa tarefa.

Crie um código de SKU (Stock Keeping Unit) para facilitar o gerenciamento do estoque. O SKU também é útil para quem vende em vários marketplaces, pois permite ao lojista um melhor controle sobre a saída de produtos nos diferentes canais de vendas.

O próximo passo é definir qual a rotatividade do seu estoque. Ou seja, é preciso saber quando um estoque é utilizado e precisa ser reposto em um período determinado.

Estipule um intervalo em que o seu estoque precisa ser reposto e assim sua equipe conseguirá trabalhar de forma muito mais assertiva.

Lembrando, que o ideal é conferir cada contagem com pelo menos dois colaboradores. Dessa forma, se ambos chegarem ao mesmo número, quer dizer que a contagem foi feita com sucesso.

Curva ABC

Além do inventário de estoque, há outras estratégias que te orientam com o que você deve rechear seu estoque para a Black Friday. Esse é o caso da curva ABC.

Esse modelo é baseado no Princípio de Pareto, que aponta que, em geral 80% das consequências são influenciadas por 20% das causas.

Representação da Curva ABC | Fonte: gdoor.com.br

A curva ABC aplicada à gestão de estoque, aponta que:

  • 80% dos produtos mais vendidos da sua loja representam, em média, 20% do total de produtos disponibilizados em catálogo. Esses são os produtos da curva A.
  • 15% dos produtos mais vendidos representam, em média, 30% do total de produtos disponibilizados em catálogo. Esses são os produtos da curva B.
  • Os 5% restantes representam 50% dos seus produtos disponibilizados em catálogo. Esses são os produtos da curva C.

A curva ABC, portanto, fornece a informação sobre quais produtos você precisa comprar com prioridade para o período de promoções da Black Friday.

Dessa forma, os itens da curva A não podem faltar no seu estoque, já que representam o carro-chefe da sua loja. Os produtos das curva B e C, por fim, não configuram uma prioridade imediata.

Com o estoque inventariado regularmente, sua loja consegue atender melhor os pedidos de seus clientes, evitando atrasos e problemas com o estoque. Além disso, seu estoque fica mais organizado, o que reduz avarias e desperdícios!

3. Mantenha fornecedores de confiança

Se você tem um e-commerce e faz uma má escolha no momento de definir os fornecedores, isso pode significar desde altos custos até escassez de produtos em momentos importantes da sua operação.

Em geral, o caminho mais prático é comprar os produtos pela internet, na forma de atacado.

No entanto, antes de fazer uma grande compra de um fornecedor online, certifique-se que o site é de confiança e que os lojistas que compraram antes de você ficaram satisfeitos.

Então, se você trabalha com um fornecedor que atrasa entregas ou fura algum serviço contratado, todo o seu planejamento fica prejudicado e pode respingar no mais importante: na experiência do cliente com a sua loja.

Não adianta levar apenas o preço em consideração: é necessário saber se os produtos vendidos têm qualidade e poderão ser revendidos por você com tranquilidade.

Por isso, é importante trabalhar com fornecedores confiáveis, que sejam parceiros do seu negócio. Certifique-se também de que ele será capaz de atender o seu negócio em épocas de grande volume de vendas, como a Black Friday.

4. Tenha um espaço físico adequado

Com uma quantidade maior de produtos em estoque, em virtude da Black Friday, pode ser necessário um espaço maior de armazenamento e/ou condições especiais para guardar os produtos.

Além disso, localização da sua loja, armazém, galpão ou centro de distribuição precisa estar em um ponto estratégico em relação ao comportamento de vendas do seu e-commerce, de forma a reduzir o tempo de entrega e o valor do frete.

Lembre-se, também, que seus produtos precisam estar guardados de maneira correta e confortável, para que a qualidade não seja comprometida.

Portanto, esteja esteja preparado para expandir ou reduzir suas instalações, caso seja necessário.

Outra solução, caso você não conte com espaço hábil para guardar todos os produtos do estoque, é buscar empresas de self storage, já que esses espaços permitem o armazenamento de qualquer tipo de material.

5. Adote uma plataforma ERP

Toda e qualquer movimentação no seu estoque - seja de entrada de mercadorias ou de venda de produtos - deve ser registrada.

Do contrário, pode acontecer de você vender um produto no e-commerce e, quando for separá-lo para entrega, perceber que ele está em falta. O resultado? Frustração e insatisfação do seu cliente com a sua loja.

Portanto, uma boa alternativa para facilitar a gestão de estoque é buscar softwares e sistemas de ERP.

O importante é que a solução ofereça a possibilidade de executar um cadastro completo dos produtos, o registro automático de entrada e saída de itens, o controle do valor total investido em estoque, entre outras funções.

Os ERPs, isso é, sistemas integrados de gestão, são a melhor ferramenta para controlar estoque.

Além de automatizar os processos que citamos aqui, eles são imunes a falhas de lançamento e ainda integram diferentes setores da empresa, o que otimiza a rotina do seu negócio.

6. Tenha critérios de endereçamento

Um estoque, normalmente, pode ser divididos em endereços - assim como as casas, com “ruas” e “números” nas prateleiras.

Neste sentido, o ideal é que os produtos mais vendidos sejam organizados em posições mais acessíveis do que os produtos de baixa saída, que, por sua vez, podem ficar armazenados em endereços mais altos.

Deixar em destaque os produtos mais vendidos facilita o processo de separação e embalagem.

Também é importante armazenar cada item em seu devido lugar, para que não haja perda de tempo ao procurar o produto, aumentando assim a produtividade e evitando atrasos no envio do pedido do cliente.

7. Avalie oportunidades de “desencalhar” produtos

Durante o inventário, uma boa estratégia de gestão de estoque é listar os itens que estão encalhados, comprometendo o capital de giro da empresa, para fazer promoções e liquidações.

Smartphones desatualizados, algumas garrafas de vinho que não foram sucesso ou roupas de outra estação: a lista de produtos que se tornaram obsoletos ou menos atrativos com o passar tempo é longa.

Por isso, a Black Friday é um excelente momento para liberar espaço no estoque, “desencalhando” itens ultrapassados. Invista em promoções atraentes para “queimar” o seu estoque de produtos antigos e utilize a receita obtida para renovar o catálogo da sua loja virtual.

Pense na possibilidade, também, de investir em descontos progressivos (quanto mais o cliente leva, maior o desconto que ele ganha), kits e benefícios como “leve 2 e pague 1”.

Lembrando que, caso você tenha produtos com poucas unidades disponíveis, é importante deixar isso claro para o cliente. Ao acabar o estoque de qualquer produto durante a Black Friday, é imprescindível que ele conste no site como esgotado para não frustrar o cliente.

Viu como é importante manter uma boa gestão de estoque? Essa é uma prática que beneficia sua loja durante o ano todo e não só na Black Friday.

Uma gestão adequada dos fluxos de entrada e saída permite prever necessidades de compras, reduzir perdas por roubo ou vencimento dos produtos e obter condições de negociação melhores com fornecedores.

Se você gostou dessas dicas de gestão de estoque, acesse sempre o blog do Pagar.me, onde você encontra novos conteúdos sobre vendas, pagamentos e empreendedorismo toda semana. Nas próximas semanas, você ainda poderá acompanhar uma série de conteúdos especiais para preparar sua operação para a Black Friday 2020. Boas vendas!

Compartilhe esse conteúdo

  • Logo Facebook colorido
  • Logo Linkedin colorido
  • Logo Twitter colorido
  • Logo Whatsapp Colorido

Você também vai gostar..

26, novembro, 2020

7 estimativas para a Black Friday mais digital de todos os tempos

Estamos nas vésperas da Black Friday 2020, que promete ser a maior da história do e-commerce, mercado que teve amplo crescimento durante a pandemia. Confira 7 estimativas para aumentar as expectativas da sua loja para o evento!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

25, novembro, 2020

4 dicas para ter uma Black Friday mais leve (e mais produtiva)

O dia da Black Friday não precisa ser estressante! Faça da sexta-feira uma festa e aproveite para gerar engajamento interno e motivar seus colaboradores. Veja 4 dicas para viver uma Black Friday leve e produtiva!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

18, novembro, 2020

Por que vender com o Pagar.me?

Se você ainda não é cliente do Pagar.me, não perca tempo: escolha o meio de pagamento que vai impulsionar suas vendas na Black Friday e durante o ano todo! A gente explica por que você deveria escolher a nossa tecnologia bem aqui. Leia e entenda!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo