Estoque máximo: o que é e como calcular esse indicador?

E-commerce

20 de fevereiro de 2024

Calcular a quantidade ideal de mercadorias para manter em estoque é um dos principais desafios para um varejista. Por isso, existem indicadores como o estoque máximo, que ajudam a fazer essa definição de forma estratégica.

Como o nome sugere, o estoque máximo mensura o volume total de produtos que podem ser estocados. Assim, evita-se ultrapassar a capacidade de armazenamento da operação e há menos chances de cenários de estoque parado.

Este conteúdo vai te ensinar como calcular o estoque máximo e como utilizar esse indicador para evitar prejuízos financeiros e perda de produtos no seu negócio!

O que é estoque máximo?

Estoque máximo é a quantidade limite de mercadorias que podem ser armazenadas por um negócio, sem comprometer a sua capacidade de armazenamento e o seu capital de giro.

O objetivo desse indicador é garantir que o empreendimento consiga atender às demandas dos clientes, sem sofrer com excesso de produtos em estoque — cenário que pode levar à perda de produtos, falta de capital de giro e mais custos com armazenamento.

Para calculá-lo, é preciso levar em consideração uma série de fatores, incluindo a capacidade de armazenamento, a previsão de demanda dos consumidores e o tempo de reposição necessário do estoque.

Qual a diferença entre estoque máximo e mínimo?

Ao contrário do estoque máximo, o estoque mínimo mensura a quantidade mais baixa de produtos que devem ser armazenados para que a empresa consiga atender à demanda dos clientes até a reposição das mercadorias.

Ele também é um indicador relevante para se considerar no planejamento do estoque, ajudando a reduzir os custos de armazenamento e a evitar a perda de vendas por falta de itens.

Esse último problema é chamado de ruptura de estoque e pode gerar insatisfação no consumidor e perda de importantes oportunidades comerciais para o negócio.

Como calcular o estoque máximo?

Há várias formas de calcular o estoque máximo, mas uma das mais comuns é a que considera a demanda média, o tempo de reposição e a margem de segurança desejada. Veja a fórmula abaixo:


Fórmula para calcular o estoque máximo

A demanda média é o número médio de produtos vendidos pela loja em um determinado período, enquanto o tempo de reposição é o prazo médio necessário para o fornecedor entregar um novo pedido.

Já a margem de segurança é um percentual adicional de mercadorias para proteger a empresa de atrasos e imprevistos, garantindo que ela não fique sem produtos em estoque nesses casos.

Vamos imaginar um e-commerce que vende uma média de 10 produtos por dia. O tempo médio de entrega do fornecedor é de 15 dias, e o empreendimento deseja manter um estoque de segurança que represente 10% da sua demanda média.

Considerando esse exemplo, o estoque máximo seria calculado da seguinte forma: (10 x 15) + 10% = 165.

Fatores que influenciam o cálculo do estoque máximo

No tópico acima, apresentamos um exemplo simplificado para ilustrar o cálculo do estoque máximo. No entanto, em uma empresa real, é importante ter em mente que há uma série de outros fatores que podem influenciar esse cálculo.

Conheça alguns dos principais fatores que devem ser considerados:

  • Sazonalidades: é preciso ajustar o estoque máximo em épocas de maior demanda, como datas importantes para o negócio (Black Friday, Natal, Dia das Mães, por exemplo), lançamentos de produtos e promoções;
  • Natureza do produto: para evitar a perda de mercadorias, também é recomendado considerar as suas características, como perecibilidade e risco de obsolescência, na hora de calcular o indicador;
  • Custos de armazenagem: deve-se ter atenção redobrada com produtos que demandam custos mais elevados de armazenamento, como itens perecíveis ou de grandes volumes.

Por que utilizar o indicador de estoque máximo?

Ao ajudar a evitar o excesso de produtos disponíveis, o cálculo do estoque máximo contribui para a gestão financeira e o controle de estoque do negócio. Dentre as vantagens do acompanhamento desse indicador, estão:

  • prevenção de cenários de ruptura de estoque e consequente perda de vendas;
  • menor risco de perda de produtos por vencimento ou obsolescência;
  • otimização do espaço físico e redução dos custos de armazenagem, a partir da limitação da quantidade de produtos estocados;
  • maior capital de giro e melhor gestão financeira em função de um planejamento de reposições mais assertivo;
  • maior satisfação e fidelização dos clientes, ao conseguir atender às suas demandas.

Por outro lado, para utilizar o estoque máximo de forma eficiente, é fundamental considerar as particularidades do seu negócio e os fatores que mencionamos anteriormente, na hora de calculá-lo.

Além disso, o controle de estoque deve ser realizado com bastante precisão. Nesse sentido, mantenha um registro atualizado e rigoroso de todas as entradas e saídas de produtos, acompanhando periodicamente o giro e as características de cada mercadoria para não ter problemas com falta ou excesso de itens.

Se você quer conhecer outras estratégias para fazer um planejamento de estoque ainda mais estratégico, leia nosso conteúdo sobre a Curva ABC!

Compartilhe esse conteúdo

  • Logo Facebook colorido
  • Logo Linkedin colorido
  • Logo Twitter colorido
  • Logo Whatsapp Colorido

Você também vai gostar..

10, abril, 2024

Content Commerce: conheça essa estratégia baseada em conteúdo

O Content Commerce é uma estratégia baseada em conteúdo para oferecer uma melhor experiência para os clientes e aumentar as vendas. Aprenda a implementá-la!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

08, abril, 2024

Dia do Frete Grátis: quando é e como vender na data? (2024)

Saiba quando é o Dia do Frete Grátis e como aproveitar essa data promocional de forma estratégica para aumentar as vendas do seu e-commerce!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo

04, abril, 2024

O que é o gatilho da reciprocidade e como usá-lo + exemplos

Confira este conteúdo para aprender como funciona o gatilho da reciprocidade e como aplicá-lo com exemplos práticos no seu negócio!

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo