Melhore a experiência do comprador para aumentar sua conversão

Venda Mais

Se você tem uma loja virtual ou pensa em começar a vender online, já deve ter se deparado com a palavra “conversão”, já que esse é um dos…

Como melhorar a experiência do comprador para aumentar sua conversão

9 de Setembro de 2019

Se você tem uma loja virtual ou pensa em começar a vender online, já deve ter se deparado com a palavra “conversão”, já que esse é um dos principais índices utilizados na hora de analisar o desempenho de um e-commerce. De forma simples, a conta para calcular a conversão de vendas é feita dividindo a quantidade de compras realizadas pela quantidade total de visitas do seu site.

Fazendo isso é possível ter uma ideia da performance da sua loja, além de identificar possíveis problemas no meio do caminho. Por exemplo, se você tiver um número elevado de visitas, mas poucas vendas finalizadas, isso pode indicar que as ofertas não estão aderentes ao público ou que a experiência de navegação tem muitos obstáculos.

Antes de começar a olhar mais a fundo para o problema, no entanto, é bom deixar claro algumas diferenças importantes. Apesar dessa palavra ser bastante usada no e-commerce, você sabia que existe mais de um índice de conversão dentro do seu site? Nesse texto, vamos falar de dois deles.

A conversão de vendas mostra de forma geral o percentual de pessoas que entraram na loja e finalizaram uma compra, já a conversão de pagamentos é um pouco mais específica e mostra o percentual de compradores que iniciaram o pagamento e conseguiram finalizar com sucesso. Entender essas diferenças é fundamental para saber como agir para aumentar esses números.

Pronto, agora que você já conhece dois índices de conversão do seu site, que tal ver algumas dicas simples que podem ajudar a melhorar a performance da sua loja hoje mesmo?

Conversão de vendas: transformando visitantes em compradores

Se você pesquisar sobre conversão de vendas, vai encontrar inúmeras dicas e materiais falando sobre o assunto. É algo que todo lojista precisa prestar atenção e que pode elevar o seu faturamento no final do mês. No entanto, se você está começando e não tem tempo de estudar a fundo o assunto, algumas dicas rápidas já podem fazer bastante diferença.

1) Construa a confiança

Quando alguém decide comprar pela internet, uma das principais preocupações antes de finalizar o pedido é “Será que eu vou receber meu produto?”, principalmente ao comprar em lojas menos conhecidas. Coloque-se no lugar do cliente e sempre pense em como você pode aumentar a confiança dele para incentivá-lo a tomar a decisão de comprar.

Coloque formas de contato bem visíveis no site para que o cliente possa falar com você rapidamente e ver que existe alguém real do outro lado da tela. Se possível, coloque também depoimentos reais de pessoas que já compraram na sua loja, isso pode incentivar novos compradores ao perceberem que outras pessoas já receberam seus produtos.

Outro detalhe que pode fazer bastante diferença é usar fotos próprias do produto sempre que possível, e não uma imagem genérica. Por exemplo, se você vende camisetas estampadas e puder tirar fotos de pessoas reais usando-as, isso tende a converter mais vendas do que simplesmente fazer a montagem da estampa em uma imagem pronta de uma camiseta, já que o comprador tem mais ideia do caimento e tamanho real do produto.

2) Guie a jornada

Depois de construir a confiança é hora de se preocupar em deixar a jornada de compra o mais clara possível: isso é feito facilitando o acesso do comprador de um passo para o outro.

Comece por deixar seus produtos bem visíveis no site, com categorias fáceis de navegar e uma caixa de busca que permita encontrar rapidamente qualquer produto, sem precisar de muitos cliques. Pense que se o comprador não encontrar rapidamente o que ele deseja, pode simplesmente buscar em outro lugar, e aí você terá perdido a oportunidade dessa venda.

Promoções precisam também estar bem claras na página inicial, para chamar a atenção, mas não tente enganar o consumidor com ofertas que parecem boas demais e possuem algum tipo de pegadinha. Se você for honesto, pode evitar que o comprador se frustre e abandone a compra mais pra frente.

Outro detalhe fundamental é a descrição dos produtos: quanto mais informações você fornecer, mais chances do cliente se decidir pela compra. Não precisa escrever um textão para cada item, mas pense nas principais dúvidas que podem surgir e tente respondê-las de antemão.

Depois de encontrar e decidir comprar o produto, o caminho para o pagamento deve ser o mais claro possível. Pense que seu cliente está em uma loja física e não encontra o caixa, ele pode simplesmente abandonar o produto na prateleira e ir embora. Em um e-commerce o mesmo pode acontecer, então use botões visíveis para direcionar para o checkout.

3) Encante o cliente

Você já construiu a confiança e já guiou o cliente para o carrinho, agora é a hora de encantá-lo. Uma maneira de fazer isso é oferecer no checkout um cupom para a primeira compra, buscando quebrar a barreira do primeiro pedido.

Além disso, melhorar a experiência de pagamento faz toda a diferença para o sucesso da compra, afinal, se for difícil finalizar o pagamento, todo o trabalho até aqui pode ter sido em vão.

Conversão de pagamentos: descomplique para aumentar as vendas

Já vimos que a conversão de pagamentos é a porcentagem de pessoas que começaram o processo de pagamento e de fato finalizaram a compra. Ou seja, quando o seu cliente entra no checkout, insere os dados e o pedido é criado. Toda a experiência de compra precisa ter o mínimo possível de interrupções e obstáculos, e isso é especialmente importante na hora de concluir o pagamento.

Um checkout transparente ajuda a aumentar a confiança do comprador, já que ele não é redirecionado para outras páginas, enxerga apenas a sua loja durante o pagamento e não precisa sair do seu site para concluir a compra. Além disso, a estabilidade é fundamental: no Pagar.me você conta com retentativas automáticas para que as vendas não sejam perdidas por falhas de comunicação no meio do caminho.

Outra forma de oferecer uma boa experiência de pagamento para o cliente é ter uma alternativa proativa para eventuais compras negadas. Com o Pagar.me, você pode identificar na sua Dashboard qual foi o motivo da recusa e então oferecer por e-mail uma solução adequada para a situação. Por exemplo, se a compra foi recusada por falta de saldo, você pode enviar um boleto com desconto para não perder essa venda.

Viu como existem várias formas de melhorar a experiência do visitante do seu site para transformá-lo em um comprador fiel da sua marca? Se você aliar isso a uma boa estratégia de atração, pode conseguir resultados expressivos no final do mês.

Para saber se os seus investimentos estão dando o resultado esperado, nós preparamos essa ferramenta que calcula o ROI e o ROAS do seu e-commerce e ajuda a sua loja a aumentar o faturamento sem precisar pagar a mais por isso.

Se interessou? Clique aqui para baixar.

Compartilhe esse conteúdo

  • Logo Facebook colorido
  • Logo Linkedin colorido
  • Logo Twitter colorido
  • Logo Whatsapp Colorido

Você também vai gostar..

Marketing digital para e-commerce

02/09/19Venda Mais

Marketing digital para e-commerce

Saiba como o Marketing Digital pode aumentar as vendas do seu e-commerce, maximizando o desempenho da sua loja virtual. Você tem ou pretende…

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo
Gateway de pagamento: tire todas as suas dúvidas

15/04/19Venda Mais

Gateway de pagamento: tire todas as suas dúvidas

Um gateway de pagamento pode ser definido da seguinte maneira: uma interface que busca facilitar a vida de lojistas em crescimento ao…

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo
Como aumentar a conversão do seu e-commerce com o Link de Pagamento

25/06/18Venda Mais

Como aumentar a conversão do seu e-commerce com o Link de Pagamento

O mercado de pagamento está em constante evolução diante do avanço da tecnologia e dos novos modelos de venda que estão surgindo. Com os…

Compartilhe esse conteúdo

  • logo
  • logo
  • logo
  • logo