No segundo dia de programação do VTEX Day 2018, Bruno de Oliveira, fundador do Ecommerce na Prática, apresentou ao público os “Cinco princípios para ajudar a tornar seu e-commerce imbatível e criar seu próprio mercado”.  

Bruno mostrou aos empreendedores presentes no evento estratégias que podem ser mais lucrativas e importantes do que trabalhar a venda de forma imediata. Para ele, mais do que criar uma audiência, o e-commerce deve desenvolver uma base de fãs. “A gente acaba renegando o médio e longo prazo, assim como a criação de mercado”, disse.   

E, se não há o desenvolvimento do próprio mercado, a loja virtual está fadada a competir com seus concorrentes na base do preço, sem ter diferenciais atrativos. E, ainda por cima, pagando muito mais caro pela aquisição de clientes, com publicidade inflacionada.  

“Você pode estar tentando vender para o cliente no momento errado”, disse o fundador do Ecommerce na Prática. Não adianta tentar fazer a venda se o cliente não está consciente que tem um problema, e se o produto oferecido não resolve a dor específica dele.  Criar um mercado é entender a jornada de compra do consumidor, entregando o que ele precisa, quando ele precisar.  

Mas não é só isso: o funil de vendas tem que ir além do fechamento da compra. Tem que abranger as etapas de fidelização e advocacia, momentos em que o cliente começa a falar bem de sua empresa, curte sua página e compartilha com os amigos; tornando-se um defensor da marca. 

Confira os cinco princípios compartilhados por Bruno de Oliveira no VTEX Day 2018 para criar seu próprio mercado e tornar seu e-commerce imbatível:  

Audiência:

Ao falar sobre a construção de audiência de uma loja virtual, Bruno destacou a importância da estratégia de pessoalização. Ou seja, de desenvolver uma sinergia com o consumidor, dando uma “cara” para a marca. Seja mostrando você e a equipe que faz parte do seu e-commerce; ou abraçando, de forma transparente, uma causa que faça sentido com seu modelo de negócio e o conecte com seus clientes.

“É preciso entender a sua persona para atingí-la no momento certo”, disse. Dessa forma, também será possível determinar os canais de audiência que estão alinhados com a sua empresa e seus consumidores. Alguns exemplos de canais de audiência são:  

Canais de massa (fanpage, canal no Youtube, Instagram)

Canais quentes (e-mail, bot, whatsapp)

Canais mornos (browser push)

Canais específicos (Pinterest, Twitter)

Canais próprios (blog)

Conteúdo:

“Para as pessoas continuarem acompanhando a sua marca, elas precisam ter acesso a conteúdo de qualidade”, disse Bruno de Oliveira. E, se você quiser que o conteúdo engaje sua audiência, ele precisa ser relevante, resolver problemas ou dores específicas e dar um direcionamento para o público que você deseja atingir.

Os formatos que podem ser utilizados para organizar esse conteúdo variam de artigos e vídeos até estudos de caso, manuais e guias. Importante: para que seu conteúdo tenha o impacto planejado, ele precisa estar focado na sua persona, e não no seu produto.

Tráfego:

Para o fundador do Ecommerce da Prática, não adianta você produzir o melhor conteúdo do mundo se ninguém vir isso.  Por isso, é necessário divulgá-lo por meio de anúncios, impulsionamentos, otimização orgânica, parceiros, influencers ou de campanhas específicas.

Conversão:

Se você prepara e engaja o seu mercado, é bem provável que 20% dos seus clientes estejam dispostos a gastar até 500% mais no momento da compra. “Se você tiver o produto ideal, 20% dos seus clientes irão comprar na hora, pagando até 500% mais”, disse Bruno.

Invista em estratégias de upsell e cross-sell imediatos. Outras dicas para aumentar sua conversão podem ser a recuperação de carrinhos abandonados, captação de leads por e-mail. Além disso, invista em um modelo de vendas omnichannel, oferecendo mais possibilidades para seu cliente adquirir produtos da sua loja.

Retenção:

Não esqueça que a etapa de retenção é tão importante quanto as etapas apresentadas anteriormente. De acordo com Bruno de Oliveira, é 70% mais fácil e barato fazer uma segunda venda para um cliente do que captar um novo comprador.

Por isso, algumas estratégias a serem adotadas para reter seu cliente são o investimento em satisfação e considerar ampliar seu portfólio de produtos, sempre pensando no próximo passo lógico que seu cliente irá tomar e se antecipando a ele.

Bruno lembra que os cinco princípios apresentados são intermináveis, e têm que passar por um processo de readaptação sempre. Que tal começar a colocar em prática as cinco dicas imbatíveis em seu e-commerce?

Receba dicas de especialistas para melhorar seu negócio online.

Confira dicas, reportagens e conteúdos especiais de especialistas em E-commerce e Marketing Digital. Digite seu email abaixo:


You have Successfully Subscribed!