A grande preocupação dos e-consumidores é o cuidado com os seus dados pessoais, dentre eles CPF e endereço, mas principalmente dados bancários. É preciso cuidado ao inserir os dados pessoais até mesmo para realizar pagamentos com boletos bancários, que eram vistos pelos consumidores como um meio mais seguro. Hoje em dia existem diversos tipos de vírus que podem alterar os dados do boleto, causando impactos negativos para o consumidor e lojista. Um deles é o bolware nas fraudes de boleto, entenda o que é o bolware e como evitá-lo em seu e-commerce!

Mas, o que é o bolware?

Esse malware altera a linha digitável dos boletos bancários, ou seja, os dados da conta recebedora e até mesmo o valor. O valor pago no boleto é transferido para a conta dos fraudadores ou de laranjas (terceiros que recebem por outros) e muitas vezes o preço é alterado.

Além disso, desabilita os plugins impedindo que os bancos identifiquem fraudes. Esse malware funciona no Internet Explorer, mas quando percebe que o usuário esta utilizando Mozilla ou Google Chrome, acaba forçando o fechamento desses navegadores para que o usuário utilize o Internet Explorer.

Como contamina os usuários?

Ao realizar o download de um arquivo infectado, esse vírus se instala no computador e quando o usuário solicita um boleto, o malware modifica o código de barras. Uma outra forma de atuação é por um adware.

Quais as consequências para o e-commerce?

Ao alterar o número do boleto, o destino do dinheiro também é alterado para uma conta laranja ou de um fraudador. Como consequência, o lojista não recebe o valor pago e não envia o produto comprado, ou seja, o lojista não recebe e o consumidor perde o dinheiro.

O recebimento do produto não acontece, o consumidor se aborrece e acaba perdendo a confiança no e-commerce. O vírus pode infectar qualquer consumidor que acessar a loja virtual e os pagamentos serão redirecionados para outra conta. A loja fica com a reputação de falta de segurança e de fraudulenta, e para recuperar é extremamente difícil.

 Como evitar o bolware nas fraudes de boleto?

O consumidor que opta pelo boleto, tem dois motivos: ou ele tem medo de inserir seus dados bancários ou o processo é muito lento e ele acaba optando pela facilidade do boleto bancário.

  • Utilizar antivírus no computador pode evitar a ação dos malwares e impedir que o bolware altere os dados do boleto;
  • Antes de pagar, conferir se os seus dados e o do lojista que foram emitidos no boleto estão corretos;
  • Utilizar outros métodos de pagamentos que sejam seguros, como Checkout  Transparente, por exemplo. Esse método é intuitivo, rápido e seguro, e não o redireciona para nenhuma outra página para finalizar o pagamento;
  • Demonstrar que seu site é seguro para inserção de dados. Caso o cliente tenho medo de inserir os dados, ele precisa saber que seu site é livre de brechas de segurança e que pode confiar para preencher suas informações. Para isso, você pode utilizar de percepções de segurança, como selos de segurança e certificados digitais EV (que deixam a barra de navegação verde).

Ambas ações tranquilizam o consumidor e podem ser usadas para evitar bolware nas fraudes de boleto, além de trazer mais segurança para o consumidor e o lojista.

Receba dicas de especialistas para melhorar seu negócio online.

Confira dicas, reportagens e conteúdos especiais de especialistas em E-commerce e Marketing Digital. Digite seu email abaixo:


You have Successfully Subscribed!